Connect with us

Policial

PM e jovens se confrontam em ‘batidão de Natal’

Publicado

em

PM e jovens se confrontam em ‘batidão de Natal’

Policiais Militares e jovens entraram em confronto durante um “batidão de Natal” na Avenida Brasil, no Jardim Amanda, em Hortolândia. O local registra um grande número de reclamações de perturbação de sossego. Durante o confronto, dois policiais foram feridos com rojões soltos por populares. O caso aconteceu na madrugada do dia 25. Em apenas uma semana, esse é o segundo confronto no mesmo local.

De acordo com o boletim de ocorrência, após denúncias de perturbação de sossego, os policiais foram até o local, um posto de combustíveis que reuni jovens aos finais de semana e feriados, e constatou que estava ocorrendo um “fluxo”.

De imediato, segundo o BO, os policiais foram recebidos com pedradas e garrafadas. Durante a ocorrência, o motorista P. S. G. M., de 28 anos, tentou agredir os policiais e acabou detido por desobediência, desacato e resistência. Com ele, os agentes ainda encontraram uma cápsula de cocaína e um cigarro de maconha, que seria de seu uso pessoal.

ROJÕES

Durante a ocorrência, um grupo de jovens disparou rojões contra a guarnição, ferindo dois policiais militares, que ficaram com escoriações evidentes. Um terceiro policial acabou torcendo o pé durante a confusão. Os agentes foram identificados como0 E. M., de 43 anos, R. L. S., de 23 anos, e M. A. S., de 23 anos.

O detido foi levado para o Plantão Policial de Hortolândia, onde o caso foi registrado e será encaminhado para o 2º Distrito Policial. Os agentes serão encaminhados para o IML (Instituto Médico Legal), em Americana, onde passarão por exames de corpo de delito.

Após o registro do BO, o indiciado foi liberado e responderá o crime em liberdade.

SEGUNDA_FEIRA

Na madrugada de segunda-feira também houve confrontos entre policiais e jovens. A confusão teria se iniciado após um dos jovens, identificado como o técnico J. I. L. S., de 23 anos, ter arremessado uma garrafa contra a viatura. Segundo a PM, foi necessário o uso de gás de pimenta para dispersar os envolvidos.

Segundo o boletim de ocorrência, durante um patrulhamento rotineiro pela região, os policiais foram acionados via Copom (Comando de Operações da Polícia Militar), a comparecer no local após denúncias de perturbação de sossego.

Ao chegar ao local, os policiais constataram que se trava de um posto de gasolina, que habitualmente é frequentado por jovens da cidade aos fins de semana. Segundo o BO, no local se reúnem apenas “baderneiros, usuários de drogas, traficantes e pessoas desocupadas”.

Ainda de acordo com a PM, após o jovem arremessar a garrafa contra a viatura, os agentes foram até ele para abordá-lo, momento em que ele se muniu de outra garrafa. De imediato, outros jovens se aglomeraram ao redor do autor, iniciando a confusão.

Para conseguir dispersar a multidão, os policiais usaram gás de pimenta. No entanto, os detidos, além do técnico, o ajudante geral L. P. S., de 24 anos, e o ajudante I. S., de 26 anos, tentaram resistir à prisão.

Os envolvidos foram levados para o Plantão Policial de Hortolândia, onde o caso foi registrado como dano (apesar de ser relatado que a garrafa não acertou a viatura), desobediência, resistência e desacato. Após o registro do BO, os detidos foram liberados e responderão o processo em liberdade. O caso será apurado pelo 2º Distrito Policial de Hortolândia.

Reportagem: Thiago Alves | Hortolândia



Policial

CPFL emite nota sobre o ocorrido na base em Sumaré

Publicado

em

policia

Em virtude de um áudio com informações relacionadas ao roubo ocorrido na base da CPFL em Sumaré, no dia 03/08/2022, que está em circulação em grupos de WhatsApp.

A CPFL esclarece que os funcionários que prestam serviços sempre comparecem devidamente identificados com crachás, uniformes, veículo com identificação da empresa e com ordem de serviço para a execução da atividade, contudo, caso o cliente ainda tenha dúvidas, pode entrar em contato por meio dos canais de atendimento, entre eles, o 0800 010 1010 (CPFL Paulista), e informar o número da nota de serviços e confirmar a autenticidade da mesma com o atendente.

Caso não seja possível realizar a confirmação no momento, a orientação da empresa é de que o cliente não permita a execução do serviço e não assine ou entregue qualquer documento.

Continue Lendo

Policial

Pediatra é preso em Monte Mor por suspeita de abusar de adolescente de Hortolândia 

Publicado

em

Por

Um médico pediatra de 65 anos foi preso na última sexta-feira (5) em Monte Mor por suspeita de abuso sexual a um adolescente de 14 anos durante o atendimento em Hortolândia. Ele foi conduzido à delegacia e após ser ouvido foi levado para uma penitenciária em Sorocaba. 

O médico foi alvo de um mandado de prisão preventiva expedido no último dia (3) pela 1ª Vara Criminal de Hortolândia, e foi localizado atendendo em uma clínica em Monte Mor. O advogado do pediatra informou que a prisão foi infundada e arbitrária, e destacou que irá se manifestar sobre o conteúdo das investigações somente no processo.

Foi instaurado um inquérito em 3 de janeiro pelo 1º Distrito Policial de Hortolândia. A Segunda Promotoria de Justiça da cidade acompanha o caso, que está em segredo de Justiça. 

O médico atuava em clínicas particulares nas cidades de Monte Mor e Hortolândia. A Justiça que fez o pedido de prisão preventiva, investiga o crime de estupro contra vulnerável. 

A Secretaria de Saúde em Hortolândia informou através de nota que o médico foi servidor da cidade, em junho e está aposentado desde então. “A administração municipal está à disposição das demais autoridades para colaborar com a investigação”, diz o texto.

Em Monte Mor o médico atendia na cidade, mas não atuava na rede pública.

Continue Lendo

Policial

LSD com mortadela: mercadoria foi enviada para o CDP de Hortolândia 

Publicado

em

LSD-mortadela

Mercadoria (LSD com mortadela) foi enviada por mãe de custodiado 

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa que policiais penais do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Hortolândia encontraram 275 micropontos de LSD dentro de uma mortadela.

O flagrante ocorreu neste quarta (03/08), durante o procedimento de revista das mercadorias enviadas por familiares de detentos.  

No caso desta ocorrência, a remetente está cadastrada no rol de visitas como mãe de um custodiado. O material apreendido foi encaminhado para a delegacia, onde foi feito o boletim de ocorrência.

O preso que receberia o alimento foi isolado preventivamente para procedimento disciplinar. A SAP informa que as pessoas flagradas tentando introduzir ilícitos no sistema prisional são suspensas do rol de visitas temporariamente. 

Continue Lendo

Populares