25 de junho de 2024
Policial

Mulher é presa com aproximadamente R$ 40 mil em produtos furtados

A operadora de caixa M. R. M., de 24 anos, foi presa na tarde de quinta-feira com aproximadamente R$ 40 mil em produtos furtados em condomínios residências de Hortolândia e Campinas. A Polícia Civil, em trabalho conjunto com a Polícia Militar, apreendeu televisores, computadores, roupas e diversos aparelhos eletrônicos. Os produtos foram reconhecidos por vítimas da quadrilha, que continua sendo investigada pelos agentes.

roubo2

Segundo relatos da Polícia Civil, durante a tarde, os policiais militares foram acionados através do Copom (Comando de Operações da Polícia Militar), sendo informados que na Rua Benedito Arten, no Jardim Adelaide, um homem estaria descarregando televisores de um Fiat Palio.

Em ação rápida, os policiais foram até o local e acionaram apoio da Polícia Civil. De acordo com os agentes, a porta de entrada da residência estava entreaberta, sendo assim, os policiais entraram na casa e encontraram diversos objetos no chão, como se tivessem acabado de descarregar.

Os policiais perceberam que havia uma pessoa no banheiro, tomando banho. Os policiais aguardaram a pessoas sair do banho e constataram se tratar da operadora de caixa.

A suspeita afirmou aos policiais desconhecer a origem dos produtos, que estavam espalhados por toda a residência. No entanto, afirmou que, possivelmente, seria de seu marido, o averiguado M. R. M., de 32 anos, que segundo ela faria “rolos” com os produtos.

A operadora foi levada para o Plantão Policial de Hortolândia, assim como os produtos. No local, duas pessoas reconheceram diversos produtos, que teriam sido furtados de suas residências, em condomínios de Campinas e Hortolândia. A Polícia Civil ainda aguardava o reconhecimento por parte de outras vítimas.

Devido ao reconhecimento dos produtos furtados, a operadora recebeu voz de prisão em flagrante por receptação. Entretanto, o delegado plantonista Fernando Bueno de Castro, arbitrou fiança criminal no valor de R$ 2 mil. O dinheiro foi apresentado e a indicada responderá pelo crime em liberdade.

O marido da indicada, que está sendo averiguado pela Polícia Civil, não havia sido encontrado até o fechamento desta edição. A Polícia investiga os envolvidos como integrantes de uma quadrilha especializada em furto e receptação.

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98