16 de julho de 2024
Policial

Menor envolvido em morte de PM se apresenta à polícia

presidio cadeia grades
Adolescente de 17 anos participou do 2º latrocínio do ano; Gullit de Oliveira, autor dos disparos, foi transferido para Campinas sábado

O adolescente de 17 anos que participou do assassinato do policial militar Aristides Santos durante assalto a um posto de gasolina de Campinas no dia 12 de janeiro, se apresentou à Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Campinas, pouco depois das 14h desta segunda-feira (27), acompanhado de sua mãe.

O advogado do menor entrou em contato com a polícia pouco depois de Gullit Fernandes de Oliveira, ter sido transferido de Minas Gerais, onde foi preso, para Campinas, na noite do último sábado (25). Gullit reafirmou ter sido o autor do crime que ocorreu durante um assalto a um posto de gasolina na região do Ouro Verde, em Campinas, em depoimento que se estendeu até o início da madrugada deste domingo (26).

O latrocínio do policial de folga aconteceu horas antes da série de ataques que deixou 12 mortos em Campinas.

Segundo as primeiras informações, o adolescente foi apreendido na Bahia e transferido para Campinas nesta segunda (27).

Com informações de Shana Maria Pereira/AAN

Polícia e bombeiros procuram arma usada para matar PM

A Polícia Civil de Campinas e o Corpo de Bombeiros trabalham na busca da arma usada para matar o policial militar na manhã desta segunda-feira (27). Gullit informou à polícia que jogou a arma no córrego logo depois de cometer o crime. Segundo a polícia, a possibilidade de encontrar a arma é difícil, o crime aconteceu há há duas semanas, no domingo do dia 12 de janeiro.

Membro de facção é preso com lista dos mortos em chacinas

Foi encontrada uma lista com os 12 nomes das vítimas das chacinas ocorridas em Campinas entre 12 e 13 de janeiro, com um dos suspeitos de fazer parte de uma organização criminosa, que foi preso na manhã desta segunda (27), em uma operação do Grupo Especial ao Crime Organizado (Gaeco).

O Gaeco, em conjunto com a Polícia Militar, cumpriram cinco mandados de prisão e prenderam quatro suspeitos de fazer parte da facção que atua no estado.

Fonte: rac.com.br



Para mais notícias, eventos e empregos, siga-nos no Google News (clique aqui) e fique informado

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98