O homem que teve o corpo incendiado pela companheira após uma discussão na última segunda-feira (08) no Residencial Maria de Lourdes, morreu hoje no Hospital Santa Casa de Limeira. 

Segundo o hospital, o homem que teve cerca de 60% do corpo queimado não resistiu aos ferimentos e faleceu por complicações das queimaduras. 

A mulher havia sido detida pela Guarda Municipal logo após o fato, ela foi conduzida ao plantão policial onde ficou presa por tentativa de homicídio.

Com a confirmação da morte do companheiro, a justiça deverá manter a mulher presa à disposição do judiciário.