A Guarda Municipal de Campinas estará com um efetivo reforçado nas ruas próximas ao estádio Moisés Lucarelli, a partir do início da tarde desta quarta-feira, 5 de maio, para ações visando garantir a segurança e evitar aglomeração de pessoas no dérbi entre Ponte Preta e Guarani. A partida está marcada para as 21h, com portões fechados ao público como medida preventiva para contenção da pandemia do coronavírus (Covid-19).

Segundo o secretário de Cooperação nos Assuntos de Segurança Pública, Christiano Biggi Dias, por causa das medidas restritivas do Plano São Paulo, a GM atuará em conjunto com a Setec (Serviços Técnicos Gerais) e a Secretaria de Planejamento e Urbanismo (Seplurb) para evitar aglomeração de torcedores nas ruas e praças próximas ao estádio.

A medida visa também inibir a presença de ambulantes no local e, ainda, notificar o comércio do entorno a fechar as portas às 20h. Serão montados bloqueios na região dos estádios para monitorar o trânsito de veículos e pessoas.
Além da GM, a Polícia Militar dará apoio à operação.

Trânsito

A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) fará uma operação de trânsito no entorno do estádio para evitar a circulação de veículos. Serão oito pontos de bloqueios totais. As interdições começam a partir das 18h.

Os fechamentos ocorrem nos acessos para a Rua Casper Líbero, pelas vias Afonso Pena, Frei José de Monte Carmelo, Salvador Caruso e Fernando Costa. Também no cruzamento da Rua Capitão Pedro de Alcântara com a Rua Luzitana; e Rua Fernando Costa com a Rua Thomaz Ortale.  

A expectativa da Emdec é de encerrar os bloqueios viários por volta das 23h30. Serão sete agentes da Mobilidade Urbana em atuação, em campo. Dúvidas sobre circulação podem ser esclarecidas pelo telefone 118, o “Fale Conosco Emdec”.