Policial

Comerciante luta com bandido e consegue desarmá-lo

Comerciante luta com bandido e consegue desarmá-lo

O comerciante E. B. C., de 34 anos, reagiu a um assalto e conseguiu desarmar o bandido dentro de uma lanhouse no Jardim Amanda I, em Hortolândia. Durante a briga, houve um disparo da arma, um revólver calibre 38, que foi abandonado no estabelecimento. O criminoso fugiu levando R$ 300 e a bicicleta de um cliente. O caso aconteceu na noite de terça-feira.

Segundo o boletim de ocorrência, por volta das 20h30, a vítima foi surpreendida por um homem branco, louro, com 1,60m de altura, forte e armado de um revólver. O marginal anunciou o roubo e pegou R$ 300 do caixa da empresa.

Após pegar o dinheiro, o bandido virou para pegar os notebooks que estavam em outro lado do imóvel, quando foi surpreendido pela vítima, que o atacou por trás na tentativa de frustrar o roubo.

O criminoso estava com a arma na mão, momento em que ela disparou. A Polícia Civil não informou quem efetuou o disparo, se foi a vítima ou o bandido, no entanto, segundo o boletim de ocorrência, o comerciante passará por exame residuográfico nas mãos.

FUGA

O bandido se assustou com a atitude da vítima, abandonou os notebooks e fugiu. Antes de fugir, pegou uma bicicleta que estava parada na porta da lanhouse para agilizar a fuga. O dinheiro foi levado pelo criminoso.

Até o fechamento desta edição, o bandido não havia sido identificado pela Polícia Civil, que apreendeu o revólver, que será encaminhado para o IC (Instituto de Criminalística), em Americana. A arma estava com um cartucho íntegro e cinco deflagrados.

O caso foi registrado no plantão policial como roubo tentado e disparo de arma de fogo, sendo encaminhado para o 2º Distrito Policial do Município, que ficará encarregado de investigar o crime.

Reportagem: Thiago Alves | Hortolândia



Para mais notícias, eventos e empregos, siga-nos no Google News (clique aqui) e fique informado

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98