O comandante do ataque ao deposito central de uma rede de lojas foi preso por policiais do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais). O crime aconteceu no feriado de 1º de Maio em Louveira, região de Campinas. Integrantes da 2ª Patrimônio (Delegacia de Investigações de Crimes Patrimoniais de Intervenção Estratégica) detiveram o líder durante ação na madrugada de hoje (05) em Sorocaba. A equipe apreendeu um fuzil e grande quantidade de munições 7.62mm, fardas de combate, 18 celulares e dois veículos. Os investigadores também encontraram dois notebooks e um tablet, que o acusado guardou como “mimo” de outro grande roubo: a invasão a uma fábrica de eletroeletrônicos em Campinas, em julho do ano passado.

O ataque ao depósito da rede de lojas foi coordenado e executado por Albiazer Maciel de Lima, o Bia, de 38 anos. A prisão aconteceu no Jardim Trujillo, um bairro de classe média em Sorocaba. A ação rápida da equipe da 2ª Patrimônio não permitiu reações. Os policiais, além do fuzil, munições e fardas, também apreenderam uma picape Toyota Hillux e um Volkswagen Fox. Os 18 celulares eram utilizados para comunicação durante as invasões. Os três equipamentos de informática acabaram identificados como pertencentes ao lote roubado da fábrica em Campinas.

Lima é foragido. Tem passagens por roubos, inclusive de bancos. A equipe da 2ª Patrimônio apurava as atividades da quadrilha desde o ano passado. O próximo objetivo é identificar o restante dos envolvidos.

O vídeo mostra “Bia” na Samsung em 2014 de camiseta listrada andando no corredor

Artigo anteriorRaimundos em Campinas
Próximo artigoIPEM-SP realiza plantão de regularização de taxímetro para profissionais de Hortolândia