A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) alerta que vêm sendo veiculadas mensagens e áudios falsos, em aplicativo WhatsApp, sobre venda de veículos pela empresa, e esclarece que:

A Emdec nunca vende veículos; e mesmo os veículos não retirados do Pátio Municipal, pelos proprietários, são somente leiloados sob gestão do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran/SP). Em relação aos veículos no Pátio, a Emdec responde apenas pela guarda dos veículos apreendidos.

Se for informado da ocorrência de leilões, antes da compra de qualquer veículo, o interessado deve confirmar se o leiloeiro responsável é registrado na Junta Comercial do Estado de São Paulo (JUCESP), no site: http://www.institucional.jucesp.sp.gov.br/downloads/lista_leiloeiros.pdf. E, uma vez confirmado, o depósito somente pode ser feito no nome daquele leiloeiro. Não faça depósitos em nome de terceiros. Leiloeiro, também, não aceita depósito por meio de PIX. 

Antes de adquirir veículos via internet, procure antecedentes da página, leia comentários e avaliações de outros clientes e se informe com outras pessoas que adquiriram veículos, por meio de leiloeiro.

Sites como o “Reclame Aqui” podem ajudar nesta checagem. Caso esteja prestes a cair em um golpe, logo encontrará reclamações de outros internautas que foram enganados. 

Desconfie, também,  de preços baixos demais. Preços praticados fora da realidade do mercado sempre são armadilhas. Por fim, tome cuidado com a atuação de golpistas. E se for contatado, faça Boletim de Ocorrência (BO), na Polícia Civil, para contribuir para que os golpistas possam ser rastreados.

Algumas dicas devem ser seguidas, antes da compra de veículos: 

1. Verifique se o carro à venda existe. Golpistas usam fotos e vídeos para enganar compradores. E nunca fornecem as placas dos veículos, para evitar que sejam pesquisados. O ideal é marcar uma visita para ver pessoalmente o veículo.

2. Verifique toda a documentação do veículo, veja se está registrado no nome do vendedor e se há impedimentos, dívidas ou restrições.

3. Desconfie de ofertas muito vantajosas ou agressivas, como preços muito baixos e insistência do vendedor para fechamento imediato do negócio.

4. Não faça pagamentos antecipados, sob pretexto de “segurar o carro” e não pague boletos.

5. Evite pagamento antes de assinar o contrato de compra e venda do carro.

Caso receba mensagens desse tipo de venda, simplesmente desconsidere. Mas, se houver dúvida, ligue para a Emdec, no telefone 118.