12 de julho de 2024
Nossa Cidade

Vigilante passa mal e bandidos desistem de crime contra carro-forte em Hortolândia

Família de funcionário de Hortolândia foi feita refém pelos criminosos.
Tentativa de levar os malotes ocorreu na manhã desta terça-feira (13/08).

PROSEGUR

Um vigilante da Prosegur passou mal após ter sua família sequestrada em Hortolândia. Devido ao estado de saúde da vítima, os bandidos que planejavam extorquir a empresa de carro-forte, acabaram desistindo da ação criminosa. O caso aconteceu na manhã de ontem, dia 13, em Hortolândia.

A família do vigilante, segundo informações da Polícia Civil, havia sido sequestrada em Hortolândia e mantida refém até a consumação da prática criminosa. O sequestro teria acontecido na noite de segunda-feira (12/08). O local do crime não foi informado pela polícia.

Ainda segundo a PC, os bandidos, após o seqüestro, obrigaram a vítima atrabalhar normalmente na manhã de ontem, mas durante o crime, ele desmaiou e foi levado por colegas de trabalho até uma unidade de saúde.

A família acabou sendo liberada pelos criminosos, que não foram identificados pela Polícia Civil. A tentativa de assalto será investigada pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Campinas. Nenhum suspeito de ter participado da ação criminosa havia sido identificado até o fechamento da edição. Os criminosos também não levaram os malotes.

A Prosegur, empresa responsável pelos funcionários e transporte de malotes com dinheiro, informou por meio de nota que a ação criminosa não teve êxito e que está à disposição das autoridades policiais para ajudar no que for necessário durante as investigações, com o objetivo de identificar, o quanto antes, os responsáveis pelo ato.

Reportagem: Thiago Alves | Hortolândia


Para mais notícias, eventos e empregos, siga-nos no Google News (clique aqui) e fique informado

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98