Que tal curtir um grande sucesso do cinema no conforto de sua casa? A dica é conferir o projeto online “Bate-Papo de Cinema”, realizado pelo Ponto MIS (Museu da Imagem e do Som) em parceria com a Prefeitura de Hortolândia. A atração desta semana do projeto é o filme “O Carteiro E O Poeta”. O longa-metragem integra a mostra “Ponto MIS Belas Artes”, em parceria com o serviço de streaming Belas Artes À La Carte. A mostra exibirá neste mês produções cinematográficas de diferentes países. O filme está disponível para o público até este sábado (17/07). Quem quiser assisti-lo, deve fazer inscrição por meio deste LINK.

O projeto também realiza no sábado (17/07) um bate-papo sobre o longa-metragem. Participará do debate a mestre e doutora em Comunicação e Semiótica, Sandra Nunes, com mediação da diretora e roteirista, Giuliana Monteiro. O bate-papo será transmitido ao vivo, às 18h, pelo canal do YouTube do Ponto MIS (CLIQUE AQUI), com interpretação em Libras (Linguagem Brasileira de Sinais) para deficientes auditivos. 

Um dos grandes filmes dos anos 1990, “O Carteiro E O Poeta” é inspirado no livro homônimo, do romancista chileno Antonio Skármeta. Diferente da obra literária, o longa-metragem é ambientado numa pequena ilha da Itália, onde o poeta Pablo Neruda viveu durante um período. Lá, Neruda recebe muitas correspondências a ponto de ser necessário contratar um carteiro. Quem aceita o trabalho é Mario, um morador da ilha desempregado. Aos poucos, Neruda e Mario se tornam amigos. A partir dessa relação de amizade, Mario se interessa por poesia e decide usar a arte dos versos para conquistar a bela Beatrice. 

O filme é estrelado pelo ator francês Philippe Noiret (1930-2006), que interpreta o poeta Pablo Neruda, e o ator italiano Massimo Troisi, que também é um dos autores do roteiro. O longa-metragem ganhou o Oscar de Melhor Música Original, composta pelo pianista argentino Luis Bacalov (1933-2017). O filme tem direção do cineasta britânico Michael Radford, que também já fez outra adaptação literária para o cinema, “1984”, inspirado no romance de mesmo título de George Orwell.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Artigo anteriorPrograma “Hortolândia Empreendedora” está com inscrições abertas para seis cursos online
Próximo artigoOnda de solidariedade em meio à pandemia cresce em Hortolândia