Connect with us

Nossa Cidade

Região do Jardim Santa Fé recebe nebulização para eliminar mosquito Aedes aegypti

Prefeitura

Publicado

em

Banner

A Prefeitura de Hortolândia continua com ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como Dengue, Chikungunya e Zika. Uma delas é a nebulização em diferentes regiões da cidade. Nesta semana, a Prefeitura executa a ação no Jardim Santa Fé.

A nebulização é realizada por agentes da UVZ (Unidade de Vigilância e Zoonoses), órgão da Secretaria de Saúde. Eles utilizam nebulizadores costais motorizados para espalhar o inseticida em forma de vapor. Durante a ação, os agentes visitam as residências e espalham o inseticida em áreas externas para eliminar o inseto. Por isto, a Prefeitura solicita para que os moradores recebam os agentes e os deixem entrar em suas casas para realizar o trabalho. De acordo com o veterinário da UVZ, Evandro Alves Cardoso, a nebulização é realizada em regiões onde foram confirmados casos suspeitos ou positivos de Dengue. Na semana passada, a UVZ executou nebulização na região do Jardim Santa Clara do Lago.  

O veterinário Evandro Alves Cardoso ainda salienta para a população também fazer sua parte e colaborar com a Prefeitura no combate ao Ades aegypti. Uma atividade útil é limpar a casa e, assim, eliminar possíveis focos de criadouros de larvas do Aedes aegypti. Os moradores podem fazer algumas tarefas simples, tais como manter tampados tonéis, barris e caixas d´água, colocar telas em ralos e mantê-los limpos, deixar garrafas com a boca virada para baixo e encher os pratinhos de vasos de plantas com areia até a borda. De acordo com a Secretaria de Saúde, 80% dos focos de Dengue estão nas casas.

Outra atitude que ajuda muito no combate ao mosquito é evitar de fazer o descarte irregular de resíduos em terrenos baldios. A Prefeitura reforça a orientação para que a população faça o descarte de resíduos e materiais reaproveitáveis nos 11 PEVs (Pontos de Entrega Voluntária de entulho e outros materiais recicláveis) existentes no município.

Até o momento, de acordo com a Vigilância Epidemiológica, órgão da Secretaria de Saúde, o município registra 20 positivos de Dengue. Outros 70 aguardam resultado de exames que comprove ou descarte a doença. 

ÍNDICE DE BRETEAU

A Prefeitura de Hortolândia também realiza outra ação importante de combate ao mosquito Aedes aegypti, que é a ADL (Análise de Densidade Larvária), por meio da qual é medido o Índice de Breteau. Em janeiro deste ano, a UVZ concluiu a análise e registrou o índice de 3,9 na cidade. O índice, que contabiliza a quantidade de criadouros do mosquito Aedes aegypti encontrados na cidade, é considerado médio. O índice é dividido em três escalas: de 0 a 1 é considerado um nível baixo; de 1 a 4, médio; e resultados superiores a 4, alto.

Por meio da ADL, é possível prever se, nos próximos meses, o nível de infestação do mosquito estará elevado, o que colabora para a Prefeitura traçar estratégias de prevenção. A ADL é feita três vezes ao ano: em janeiro, julho e outubro. De acordo com a UVZ, o índice registrado em janeiro de 2020 foi de 3,2.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Nossa Cidade

“Operação Cavalo de Aço” orienta motociclistas sobre segurança no trânsito

Prefeitura

Publicado

em

Banner

A Operação Cavalo de Aço, trabalho entre agentes da Prefeitura de Hortolândia e da Concessionária Rodovias do Tietê, com apoio da Polícia Militar Rodoviária, foi realizada, na tarde desta sexta-feira (14/05), na avenida da Emancipação, em frente a empresa Farmacêutica EMS. Motociclistas receberam dicas dos agentes para manter os itens e peças mecânicas das motos em dia, com a manutenção correta para garantir o tráfego seguro. Além disso, foi lembrado que todos os itens de segurança, como o capacete, devem ser usados corretamente, tanto pelo condutor quanto pelo garupa, para tranquilidade e preservação da vida de todos. A operação faz parte do “Maio Amarelo”, uma série de ações por um trânsito mais seguro e consciente.

Segundo a Secretaria de Mobilidade Urbana, durante a ação, foram entregues 90 antenas para motocicletas, item que evita, por exemplo, que linhas de pipas com cerol causem acidentes que possam ferir os motociclistas, além de 90 kits de higienização, para evitar a disseminação do Coronavírus. Panfletos educativos por um trânsito mais seguros também foram entregues. Onde a ação ocorria, eram exibidas placas para a conscientização no trânsito. Segundo a Secretaria de Mobilidade Urbana, as ações do programa de trânsito seguro continuam nos próximos dias.

SEGURANÇA VIÁRIA

O pacote de medidas adotado pela Prefeitura desde 2017 para aumentar a segurança viária tem o objetivo de reduzir o índice de acidentes e proteger a vida de motoristas e pedestres. Entre as ações estão reforço na sinalização, fiscalização por radar (que começou a funcionar no início deste ano), novos semáforos, Operação Tapa-Buraco, além de trabalhos educativos com apoio e participação da sociedade civil.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Vigas para construção de nova alça em obra do complexo viário sobre a SP-101 são içadas

Prefeitura

Publicado

em

Banner

O prefeito José Nazareno Zezé Gomes acompanhou, na tarde desta sexta-feira (14/05), mais uma etapa da obra do complexo viário sobre a rodovia Jornalista Francisco Aguirre de Proença (SP-101). A primeira das duas alças em construção começou a ganhar vigas de sustentação. As estruturas, com 32 metros de cumprimento, foram içadas por um guindaste e depositadas no vão central do viaduto, construído sobre a linha férrea da Rumo. De acordo com a Diretoria de Operações da Secretaria de Mobilidade Urbana, a ação continua neste sábado (15/05).

O primeiro dos três viadutos foi inaugurado em setembro passado. Agora, outros dois dispositivos, integrantes do complexo que permite acesso a Hortolândia na altura do km 5 da SP-101, são construídas pela EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos), em parceria com a Prefeitura.

As vigas agora içadas formarão as alças de entrada de quem vem de Campinas rumo ao centro de Hortolândia e, respectivamente, da saída de Hortolândia sentido Monte Mor. As duas alças darão acesso à SP-101 e comporão o complexo viário que conecta a rodovia ao Corredor Metropolitano, segundo a Secretaria de Mobilidade Urbana.

“Essa obra vai trazer crescimento a Hortolândia e desenvolvimento à nossa região. Ela também representa a continuidade do legado do Governo Perugini. A integração é um pilar da nossa administração e parte importante do projeto de cidade sustentável e inteligente. A obra avança e atinge mais uma importante fase, a de recebimento das vigas de sustentação da nova alça de acesso da SP-101 ao Corredor Metropolitano. É o trabalho de integração das regiões de Hortolândia ganhando mais um importante capítulo”, afirmou o prefeito.

O primeiro viaduto foi inaugurado pelo ex-prefeito Angelo Perugini, falecido em abril, vítima de COVID-19. A inauguração ocorreu em evento que contou com a presença do governador de São Paulo, João Doria. Este equipamento permite uma nova entrada para a cidade, na altura do Parque Perón, Jardim Nova América e Jardim Novo Ângulo, contribuindo para agilizar caminhos entre municípios da região e desafogar o trânsito em horários de pico.

Sobre a obra

A construção do primeiro viaduto foi conduzida pela concessionária Rodovias do Tietê, sob a regulação da Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo), com apoio da Prefeitura, que acompanhou todos os trabalhos executados na cidade. Segundo o Governo do Estado, o investimento total neste trecho foi de R$ 8,4 milhões. Já a construção dos outros dois viadutos, que servirão como alças de acesso, ficará a cargo da EMTU, com a participação da Prefeitura de Hortolândia.

O novo dispositivo de entroncamento, com elevado e alças de acesso, tem 130 metros de extensão e pista de sentido duplo, com faixas de rolamento com 3,50 metros, de acordo com o Governo do Estado. A média diária de tráfego pelo local é de 55 mil veículos.

Corredor Expresso

Além de criar uma nova entrada para Hortolândia, o corredor expresso integrará diversas cidades da região, desde Americana, passando por Santa Bárbara D’Oeste, Nova Odessa, Sumaré, Hortolândia, até Campinas. O novo acesso ajudará a reduzir o volume de tráfego rodoviário, amenizando a sobrecarga de trânsito nas principais vias da cidade.

Com o novo complexo viário, motoristas que seguem da Rodovia dos Bandeirantes, no sentido Hortolândia, poderão entrar na cidade com mais facilidade, desafogando o fluxo de veículos na Avenida da Emancipação, no km 9 da SP-101, atual acesso ao município.

 Para os motoristas que seguem de Campinas, no sentido Hortolândia, haverá também, neste mesmo trecho, um acesso, agora em construção pela EMTU, em parceria com a Prefeitura – o segundo viaduto do complexo. Esta intervenção evitará o gargalo de veículos que se forma na rodovia, principalmente em horário de pico, e agilizará o trajeto de quem precisa chegar a Hortolândia com rapidez.

Já no sentido inverso, na saída de Hortolândia pela região do Parque Perón, o primeiro viaduto servirá aos motoristas que vêm de diversas cidades, utilizando o Corredor Metropolitano rumo a Campinas; já o terceiro viaduto, em construção, será a alça que direcionará os veículos que saírem do Corredor Metropolitano e seguirem sentido Rodovia dos Bandeirantes/Monte Mor.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Projeto leva música na porta das casas de crianças com Síndrome de Down

Prefeitura

Publicado

em

Banner

A música pode ajudar a aliviar sentimentos de solidão provocados pelo isolamento social e alegrar a rotina em casa. É com este objetivo que a Prefeitura de Hortolândia levará música literalmente na porta da casa das pessoas. A ação, intitulada “Notas de Abraço – Canções Para A Minoria”, estreia, neste sábado (15/05), às 8h. A atividade integra a programação comemorativa aos 30 anos de emancipação do município.

De acordo com o secretário de Cultura, Régis Athanázio Bueno, a ação realizará apresentações musicais para públicos minoritários, tais como pessoas em situação de vulnerabilidade social, pessoas com deficiência ou com necessidades especiais, moradores em situação de rua, entre outros. O objetivo é acolher e diminuir o impacto causado pelo isolamento para essas pessoas. As apresentações serão com o grupo Quinteto Cultura (foto), formado por servidores da Secretaria de Cultura.

Neste sábado (15/05), a ação será para famílias que têm crianças com Síndrome de Down, que moram nas regiões do Jardim Amanda e Jardim Santa Clara do Lago. O grupo visitará as famílias e fará as apresentações na porta de suas residências. O repertório será de músicas escolhidas pelas crianças. “A proposta é oferecer uma forma de carinho e atenção para estas crianças. Abraçá-las com a emoção e o sentimento proporcionados pela arte”, explica Bueno.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Noticias

Youtube

 

PONTE DA ESPERANÇA

Populares