21 de maio de 2024
Nossa Cidade

Prova Brasil começa a ser aplicada aos alunos de Hortolândia

Alunos dos 5º anos das escolas municipais de Hortolândia participam, desde esta segunda-feira (16/11), da aplicação da Prova Brasil. A avaliação, realizada em todo País pelo governo federal, com apoio das prefeituras, é elaborada pelo INEP (Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais). Em Hortolândia, a prova será aplicada até o dia 19 de novembro, com a participação de 1.848 alunos. A média das proficiências de Língua Portuguesa e Matemática obtida no exame, bem como o rendimento escolar são indicadores que compõem o IDEB (Índice de Desenvolvimento do Ensino Básico).

“A Prefeitura de Hortolândia investe na formação continuada dos nossos professores para que eles preparem nossas crianças para um bom desempenho escolar e, consequentemente, na Prova Brasil. Um bom resultado nesta prova indica avanços pedagógicos e oferta de uma educação de qualidade”, afirmou a secretária de Educação, Cleudice Baldo Meira.

A prova foi idealizada para atender à demanda dos gestores públicos, educadores, pesquisadores e da sociedade em geral por informações sobre o ensino oferecido em cada município e escola. O objetivo da avaliação é auxiliar os governantes nas decisões e no direcionamento de recursos técnicos e financeiros, assim como a comunidade escolar, no estabelecimento de metas e na implantação de ações pedagógicas e administrativas, visando à melhoria da qualidade do ensino.

A avaliação da Prova Brasil, realizada em 2013, mostrou que Hortolândia avançou para a média 5,9 na rede municipal. A previsão era de 5,6. O Ideb mede a qualidade de cada Instituição e rede de ensino no Brasil, a cada dois anos, com objetivo de que o País atinja, até 2021, a nota 6,0, que corresponde à qualidade de ensino igual a de países chamados de desenvolvidos.

A Prova Brasil, ou ANRESC (Avaliação Nacional do Rendimento Escolar), faz parte do SAEB (Sistema de Avaliação da Educação Básica), ao lado das avaliação ANA (Avaliação Nacional de Alfabetização), ou Provinha Brasil, voltada a todos os estudantes de oito anos de idade, que cursam o 3º ano do Ensino Fundamental, e da ANEB (Avaliação Nacional da Educação Básica), aplicada a todos os alunos. As provas fazem parte do PNAIC (Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa), que começou a ser implementado em 2013.

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98