Música e dança são o foco de três projetos que têm apoio da Prefeitura de Hortolândia contemplados com recursos da lei federal Aldir Blanc, que oferece subsídio para artistas, grupos, empresas e profissionais dos setores artístico-culturais do município afetados pela pandemia do Coronavírus.

Para quem gosta de música sertaneja, a dupla Camilla e Ludmilla (foto) fazem live nesta quarta-feira, às 19h, que será transmitida pelo canal do YouTube da Secretaria de Cultura (CLIQUE AQUI). A dupla será acompanhada pelo Quinteto Cultura, grupo formado por servidores da Secretaria de Cultura.

As cantoras farão uma homenagem ao prefeito Angelo Perugini, que faleceu neste ano em decorrência da COVID-19. Elas cantarão “Ave Maria No Morro”, uma das músicas prediletas de Perugini. Na live, a dupla também apresentará músicas conhecidas, como “Evidências” (Chitãozinho & Xororó), “Hackearam-me” (Marília Mendonça e Tierry) e “Facas” (Bruno & Marrone e Diego & Victor Hugo).

Se você já assistiu o filme “Moana Um Mar de Aventuras”, a dica é conferir o musical “Moana”, que será exibido nesta quinta-feira (15/07), às 10h, no canal do YouTube da Secretaria de Cultura. O musical é inspirado no filme, que conta a história de uma menina chamada Moana que vive em uma ilha distante. Escolhida pelo mar, ela embarca sozinha em uma aventura para recuperar uma pedra chamada Coração de TeFiti. Ao longo da jornada, ela conhece amigos que vão ajudá-la. O musical foi encenado por professores e alunos da escola de dança K.R. Ballet e gravado na Escola de Artes Augusto Boal, órgão da Prefeitura. Ainda na quinta-feira (15/07), às 19h, haverá um bate-papo com a participação de uma das participantes do musical, Solange Nazzi, que falará sobre o processo de gravação do musical. O bate-papo também será transmitido pelo canal do YouTube da Secretaria de Cultura.  

E para quem quer movimentar o corpo, a dica é se inscrever para a oficina de jazz lírico que acontecerá na academia DançArt, neste domingo (18/07). A oficina será presencial com duas turmas, às 9h e às 11h. Ainda há vagas disponíveis. Os interessados devem fazer inscrição pelo telefone (19) 98160-5919. A oficina das 11h também será exibida ao vivo pela plataforma Zoom. Quem quiser assistir, também deve fazer inscrição no telefone citado acima para receber o link para acompanhar a atividade de maneira remota.  

A academia recomenda aos participantes para que no dia da oficina utilizem roupas em malha confortáveis, sapatilhas ou meias nos pés e a trazer garrafa de água e toalha de rosto próprios. A atividade seguirá os protocolos sanitários, com o uso obrigatório de máscara, medição de temperatura e disponibilização de álcool em gel para higienização.

A oficina será ministrada pelo coreógrafo Edson Santos, que desenvolve um trabalho baseado em três pilares: o jazz e suas linhas, o balé clássico e as técnicas de dança contemporânea. De acordo com o coreógrafo, esses três pilares possibilitam ao bailarino um grande domínio corporal, estilo e expressividade. Edson Santos é bailarino, diretor, produtor de espetáculos de dança, professor e coreógrafo de lyrical jazz e contemporary jazz. Também ministra curso de metodologia para professores de jazz dance e suas linhas. É responsável pela direção artística e coreografias da Pariz Cia. de Dança e da Cia. Independente de Dança de São Paulo. É membro do corpo docente da plataforma “Laboratório da Dança” do Portal do MUD (Museu da Dança), jurado e avaliador técnico em festivais competitivos e escolas de dança no Brasil, Argentina e Paraguai.

Artigo anteriorParque D. Pedro Shopping terá arena olímpica para o público infantil
Próximo artigoReunião marca início da regularização da distribuição de energia elétrica para 240 famílias na Estrada do Furlan