Connect with us

Nossa Cidade

Projeto Horta e Jardinagem é ferramenta pedagógica para estudantes da Educação Especial em Hortolândia

Publicado

em

Cerca de 150 alunos do Cier Romildo Pardini são beneficiados pelo projeto, em vigor desde 2017

Aprender a agir de forma colaborativa, participativa e interdisciplinar, envolvendo conteúdos de disciplinas básicas, como Ciências, Meio Ambiente, Geografia, Português e Matemática. Este é um dos objetivos do Projeto Horta e Jardinagem, voltado a estudantes do Cier (Centro Integrado de Educação e Reabilitação) “Romildo Pardini”, escola de Educação Especial da rede municipal de Hortolândia. A iniciativa acontece desde 2017 e beneficia, segundo a Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, 156 alunos com algum grau de deficiência.

Todos os sete agrupamentos pedagógicos da escola participam do Projeto Horta. Eles são organizados em salas específicas: Estimulação Sensorial, Vivências Pedagógicas, Oficinas Ocupacionais Assistidas, Oficinas Ocupacionais de Gerenciamento, Oficinas Ocupacionais de Capacitação e Padaria Artesanal e Vivências Pedagógicas TEA (Transtorno do Espectro Autista).

As atividades são realizadas diariamente, em regime de revezamento entre salas. Por meio delas os estudantes conhecem diversos tipos de plantas e sementes, objetos e utensílios de jardinagem e colheita, bem como aprendem a plantar e adotar os cuidados necessários para bem manter hortas e jardins.

“O projeto ensina nossas crianças a preparar e cuidar da terra, a plantar e a cuidar todos os dias dessa hortaliça. Isso motiva nossas crianças a aprender sobre alimentação saudável, de onde vem os alimentos e a respeitar a natureza. Eles se sentem envolvidos com a natureza, responsáveis em cuidar e aguar todos os dias aquela planta e ver ela crescer. Isso os ajuda muito. Quando elas crescem, geralmente fazem alguma receita lá no Cier com este alimento. Isso ensina a responsabilidade de cuidar. Tem desenvolvido muito as nossas crianças e ajudado bastante na conscientização sobre alimentação saudável”, afirma Margarete Baroni dos Santos, mãe da Yasmim Vitória Bezerra dos Santos, estudante da sala de Vivências Pedagógicas. 

“Nossa horta escolar tem como principal objetivo integrar os diversos tipos de recursos de aprendizagem, gerando momentos de troca e envolvimento de todas as partes: funcionários, professores, alunos e familiares. O projeto visa também proporcionar possibilidades e ações pedagógicas, por permitir práticas em equipe, explorando a multiplicidade das formas de compreender e aprender, criar possibilidades de aprendizagem em relação ao cuidado com o meio ambiente, alimentação saudável e o cultivo de diversos tipos de alimentos para alimentação familiar”, ressalta a coordenadora pedagógica, Juliane Massaro Goulart.

Conheça os objetivos do Projeto Horta e Jardinagem:

    • Possibilitar a vivência de conhecimentos com diferentes áreas do saber (Ciências, Meio Ambiente, Geografia, Português, Matemática, Alimentação Saudável, Culinária, etc.) integrando aos conhecimentos práticos de Horta e Jardinagem;

    • Desenvolver a capacidade do trabalho em equipe de forma colaborativa e participativa;

    • Conhecer e plantar diversos tipos de sementes ou plantas;

    • Reconhecer os cuidados necessários para manutenção de hortas e jardins, objetos e utensílios de jardinagem e colheita.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Nossa Cidade

Confira as vagas de emprego disponíveis no PAT de Hortolândia

Publicado

em

Há 2 vagas exclusivas para PCDs (pessoas com deficiência) para auxiliar de linha de produção e uma vaga para quem cursa Ensino Superior para assistente de engenharia civil

O PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador), órgão da Prefeitura de Hortolândia, está com vagas de emprego para pessoas de diferentes perfis e formações. No total, são 24 vagas disponíveis, sendo que duas são exclusivas para PCDs (pessoas com deficiência) para o cargo de auxiliar de linha de produção. Já para quem está cursando Ensino Superior, há uma vaga para assistente de engenharia civil. Há ainda oportunidades para auxiliar de linha de produção (5 vagas), operador de sala de controle (4 vagas), vendedor interno (3 vagas), serralheiro (2 vagas), pedreiro (2 vagas), detre outras funções.

O PAT solicita aos interessados para que se candidatem às vagas pelo aplicativo Sine (Sistema Nacional de Emprego) Fácil ou pelo site Emprega Brasil, ambos do governo federal.

O órgão ainda orienta os candidatos para que fiquem atentos às datas de disponibilidade de cada vaga. Em caso de vagas com data de disponibilidade no fim de semana, os candidatos podem se candidatar por meio do aplicativo Sine Fácil ou do site Emprega Brasil. O PAT informa que as vagas de emprego ficam disponíveis até a data limite ou até o número máximo de candidatos estabelecido pelo empregador for atingido.

Para quem preferir se candidatar presencialmente, o PAT fica dentro do HORTOFÁCIL, localizado na rua Argolino de Moraes, 405, Vila São Francisco. O atendimento é das 8h às 17h.

É necessário levar Carteira de Trabalho (digital ou impressa), Carteira de Identidade (RG) e CPF (Cadastro de Pessoa Física) e comprovante de endereço. Os candidatos também podem levar currículo e comprovante de endereço, mas de acordo com o PAT, a apresentação desses documentos não é obrigatória. Para mais informações e orientações, o telefone do órgão é 3965-1400, ramais 8912 e 8913.

Confira as 24 vagas de emprego disponíveis no PAT de Hortolândia:

Cargo PCDs
inclusos
Vagas Escolaridade Experiência Salário Limite de
candidatos
Data
limite
Serralheiro Não 2 Ensino Médio completo Preferencialmente Não divulgado 6 27/05
Masseiro Não 1 Ensino Médio incompleto Sim R$ 1.800,00 3 27/05
Ajudante de obras Não 1 Ensino Fundamental incompleto Não exigida Não divulgado 3 30/05
Assistente de engenharia civil Não 1 Ensino Superior incompleto Sim R$ 1.668,89 3 30/05
Motoboy Não 1 Ensino Médio completo Não exigida Não divulgado 3 30/05
Passador de roupa Não 1 Ensino Fundamental completo Sim Não divulgado 3 31/05
Auxiliar de linha de produção Sim 5 Ensino Médio incompleto Sim R$ 1.554,40 15 06/06
Operador de sala de controle Sim 4 Ensino Médio completo Sim Não divulgado 12 10/06
Pedreiro Não 2 Ensino Fudamental incompleto Sim R$ 2.030,00 6 13/06
Torneiro mecânico Não 1 Ensino Médio completo Preferencialmente R$ 2.018,08 3 15/06
Auxiliar de linha de produção Exclusivo 2 Não exigida Não exigida R$ 1.474,00 6 16/06
Vendedor interno Sim 3 Ensino Médio completo Sim Não divulgado 9 22/06

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Hortolândia recebe carreta do Via Rápida que terá curso de soldagem

Publicado

em

São 60 vagas disponíveis; inscrições podem ser feitas até esta sexta-feira (27/05)

Se você quer recolocar-se no mercado de trabalho ou iniciar em uma nova profissão, fique atento a esta oportunidade! Hortolândia recebe a carreta do programa estadual Via Rápida. A unidade móvel ministrará um curso de soldagem. Os interessados devem fazer inscrição por meio deste link. São 60 vagas disponíveis, sendo 20 para o período matutino, 20 para o período vespertino e 20 para o período noturno. O curso tem carga horária de 100 horas/aula. O prazo de inscrição termina nesta sexta-feira (27/05). O curso ainda oferece bolsa-auxílio de R$ 210,00. A vinda da carreta é uma parceria do governo do Estado com a Prefeitura de Hortolândia

O curso visa capacitar o aluno para a realização de processos de soldagem de peças em aço e ligas metálicas na indústria. De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, o curso está previsto para começar na próxima terça-feira (31/05). A carreta deve chegar à cidade nesta semana e ficará na Unidade Cultural Arlindo Zadi, localizada na rua Graciliano Ramos, 280, Jardim Amanda.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Curso gratuito de Solda Básica em Hortolândia

Publicado

em

solda

Mais oportunidade de qualificação profissional gratuita para os moradores de Hortolândia.

Estão abertas as inscrições para curso de Solda Básica, promovido pelo Via Rápida Emprego, órgão do Governo do Estado em parceria com a Prefeitura.

Além de promover qualificação para o mercado de trabalho, os cursos também contam com uma bolsa-auxílio de R$ 210,00.

As aulas começam no dia 31 de maio, na carreta móvel do programa, que ficará estacionada na Unidade Cultural Arlindo Zadi, localizada na rua Graciliano Ramos, 280, Jd. Amanda.

Os interessados podem se inscrever, até sexta-feira (27/5), no site do programa: www.cursosviarapida.sp.gov.br/cursos/7105/soldagem

Continue Lendo

Populares