Connect with us

Nossa Cidade

Projeto “Concertos Oficiais” apresenta obra de Astor Piazzolla e músicas conhecidas de pop e rock

Publicado

em

Projeto será com os grupos Madeira Brasil e Da Campana Pra Fora, nesta terça-feira (26/04), às 20h

Tango, pop e rock. É com essa mistura eclética de gêneros musicais que a Prefeitura de Hortolândia promove mais uma edição do projeto “Concertos Oficiais – Série Outono”, nesta terça-feira (26/04), às 20h, no Centro de Educação Musical Municipal de Hortolândia (CEMMH) Maestro Ronaldo Dias de Almeida, localizado na rua Vicente Palhão s/nº, Jardim Santa Cândida. O projeto terá apresentações dos grupos Madeira Brasil e Da Campana Pra Fora. Para assistir o projeto, o público deve retirar ingresso a partir das 19h até às 19h45.

O projeto terá ainda uma novidade. O público poderá conferir os programas por meio do QR code no card do evento acima. De acordo com a Secretaria de Cultura, a medida visa reduzir o consumo de material e energia elétrica necessárias para a impressão dos programas.

O Madeira Brasil, formado por clarinetas, fará uma apresentação especial em homenagem ao músico e compositor argentino Astor Piazzolla (1921-1992), artista que revolucionou o tango. Com seu bandoneón, instrumento popular na Argentina e no Uruguai que é parecido com a sanfona, Piazzolla provocou a ira dos puristas ao agregar influências do jazz ao tango.

Em sua apresentação, o Madeira Brasil tocará a obra “História do tango” (“Histoire du tango”), com arranjos de B. Edwards, que Piazzolla compôs nos anos 1980. A obra está dividida em quatro movimentos: “Bordel 1900”, “Café 1930”, “Night Club 1960” e “Concert D´Aujourd´Hui”.

Em seguida, será a vez do Da Campana Pra Fora. Formado por instrumentos da família dos metais, dentre os quais trompete, trompa, trombone e euphonium, o grupo apresentará um programa com músicas conhecidas de artistas brasileiros e internacionais do pop e rock. O projeto terá ainda as participações especiais dos músicos Tim Mendes (guitarra e violão), Davi Salgado (baixo) e Cariri Santos (piano e teclados), integrantes do grupo musical Quinteto Cultura, formado por servidores da Secretaria de Cultura.

CONCERTOS OFICIAIS

O projeto “Concertos Oficiais”, realizado pela Secretaria de Cultura, promove a difusão da música clássica e a formação de público por meio das apresentações dos grupos do CEMMH, cujos integrantes são alunos e músicos formados no próprio centro. A programação de concertos acontece durante o ano nas estações outono, inverno e primavera.

Confira abaixo os programas das apresentações dos grupos Madeira Brasil e Da Campana Pra fora:

Madeira Brasil:

“História do tango” (“Histoire du tango”), de Astor Piazzolla, arranjo de B. Edwards

– 1º movimento: “Bordel 1900”

– 2º movimento: “Café 1930”

– 3º movimento: “Night Club 1960”

– 4º movimento: “Concert D´Aujourd´Hui”

Da Campana Pra Fora:

– “A sombra de toda a maldade” (Cidade Negra)

– “Heaven is a place on Earth” (Belinda Carlisle)

– “Vento ventania” (Biquíni Cavadão)

– “O beco” (Paralamos do Sucesso)

– “My girl” (The Temptations)

– “Saideira” (Skank)

Solista: Rafael da Silva     Arranjos das músicas: Rafael da Silva

Nossa Cidade

Campanha do Agasalho realiza neste sábado Dia “D” de arrecadação drive-thru em Hortolândia

Publicado

em

Ponto de coleta será pátio da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos de Urbanos O Fundo Social de Solidariedade de Hortolândia realiza neste sábado, a partir das 8 horas, o Dia “D” de  arrecadação para a Campanha do Agasalho 2022. A ação, que conta com apoio da EPTV-Campinas, será realizada por meio do sistema drive-thru na Secretaria Municipal de Serviços Urbanos – rua Capitão Lourival Mey, 869, no Remanso Campineiro.

De acordo com a presidente do Fundo Social, Maria dos Anjos, o Dia de Mobilização é importante para impulsionar a campanha, funcionando como ferramenta de chamamento público em favor da solidariedade. “O Dia ‘D’ será um momento de grande mobilização e contamos com a participação de todos. Olhe em seu guarda-roupa, doe um agasalho que você não usa mais e que esteja em bom estado de conservação. Essa doação pode fazer a diferença na vida de uma pessoa”, explicou Maria. Para a campanha, podem ser doadas roupas masculinas e femininas, para todas as idades, cobertores, roupas de cama, meias, gorros, sapatos e toalhas. “O drive-thru funcionará até às 17 horas e contamos muito com a participação da nossa comunidade nesta edição de 2022. Neste ano o frio chegou mais cedo e atender as famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade é fundamental. Conto com o apoio de todos e tenho certeza que atingiremos nosso objetivo, afinal, nossa população sempre se mostrou solidária e vem aderindo em peso nas nossas campanhas”, destacou a presidente.A Campanha do Agasalho 2022 foi lançada oficialmente no dia 19 de maio, durante as comemorações pelos 31 anos de Hortolândia. Para facilitar a doação, o Fundo Social de Solidariedade espalhou caixas de coleta para entrega voluntária nos prédios públicos, como Prefeitura e Câmara, e em outros 36 pontos estratégicos do município. A doação também pode ser feita diretamente na sede do Fundo Social, na rua Benedito Francisco de Faria, 467, no Remanso Campineiro. CONFIRA OS LOCAIS DE COLETA

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura conclui ações do Maio Amarelo por um trânsito consciente com o 4º Seminário de Segurança Viária

Publicado

em

Evento foi realizado na manhã desta sexta-feira (27/05), na Câmara Municipal

Realizado na manhã desta sexta-feira (27/05) na Câmara Municipal, o  4º Seminário de Segurança Viária marcou o encerramento do ciclo de ações do Maio Amarelo por um trânsito mais seguro em Hortolândia. O encontro contou com a presença do prefeito Zezé Gomes e envolveu diversas secretarias da Prefeitura com debates, sobre variados temas,  além de sugestões e estudos que serão aplicados para contribuir com o desenvolvimento do novo Plano de Mobilidade Urbana. Também participam o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), Detran (Departamento Estadual de Trânsito), Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e as concessionárias CCR Autoban e Rodovias do Tietê, responsáveis por estradas que passam pela região.

“Em 2017, foi criada a Secretaria de Mobilidade Urbana para aumentar a segurança, eficiência do nosso transporte e um deslocamento ágil pela cidade trazendo mais qualidade de vida aos nossos cidadãos. Além das medidas implementadas que causaram impactos positivos na vida da população, ao longo do tempo, reduzimos os acidentes de trânsito na cidade. 

Estamos aqui para celebrar e pensar no futuro da mobilidade urbana em Hortolândia. Essa é a nossa principal missão,  cuidar das pessoas e construir uma cidade cada vez mais sustentável e inteligente e que cresça e partilhe este desenvolvimento entre todos os filhos da nossa terra”, comentou o prefeito Zezé Gomes na abertura da atividade.

“É importante esta troca de conhecimentos neste seminário para implementarmos a nova diretriz do Plano de Mobilidade Urbana para a cidade. O conjunto das ações realizadas durante todo este tempo também foi apresentado e, assim, juntos, vamos desenvolvendo novas formas de aplicar as ações no futuro para continuar salvando vidas no trânsito em meio ao crescimento da cidade”, explica o secretário de Mobilidade Urbana, Atílio André Pereira.

Maio Amarelo por um trânsito mais seguro

Neste mês, além da realização do 4º Seminário de Segurança viária, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana. ofereceu três edições do “Café na Passarela”, que orienta pedestres e motoristas sobre a necessidade do cuidado ao atravessar rodovias e sugerindo a utilização das passarelas contra acidentes; quatro etapas “Ação Bar”, para conscientização sobre os perigos de beber e dirigir; a “Operação Cavalo de Aço”; a ligação de novos semáforos; distribuição de folhetos informativos para motoristas nas principais vias da cidade e o passeio ciclístico “Vem de Bike”.

A meta é salvar vidas no trânsito de Hortolândia

Segundo a Secretaria de Mobilidade Urbana, além dos acidentes, Hortolândia diminui o número de vítimas causadas por colisões no trânsito. Na comparação entre 2017 e 2021, houve uma redução de 79% nos acidentes com vítimas nas ruas e avenidas dentro dos limites do município. Com isso, a cidade cumpre a meta estipulada pela ONU (Organizações das Nações Unidas) na “Década de Ação pela Segurança no Trânsito”, regulamentada pela instituição  apontando que até 2030, governos de todo o planeta devem tomar novas medidas para prevenir os acidentes com vítimas.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Obra na região do Parque Santa Fé ganha reforço no sistema de drenagem pluvial

Publicado

em

Prefeitura de Hortolândia implanta novo sistema viário próximo ao Pq. Socioambiental Lago da Fé 

A obra em execução pela Prefeitura de Hortolândia na região conhecida como “ocupação do Santa Fé” avança um pouco mais. Equipes da empresa contratada pela Secretaria de Obras trabalham, agora, na implantação dos sistemas de drenagem pluvial. Em alguns trechos, são implantados grandes tubos de concreto para captação de águas das chuvas; outros ganham bueiros e PVs (poços de visita). Também avança a construção da nova via e da ciclovia que integram o sistema viário. Ele oferecerá nova rota de acesso a quem vem do Jardim Novo Cambuí em direção à região do São Sebastião e do Jardim Interlagos.

Este novo viário está localizado nas imediações do Parque Socioambiental Lago da Fé, mais ao fundo do reservatório de contenção de enchentes. De acordo com o Departamento de Projetos e Orçamentação, está prevista a implantação de pista de caminhada com 1.644 metros de extensão; de ciclovia de 550 metros de extensão, integrada com a já existente no Lago da Fé e de viário com 970 metros de extensão, conectando o trecho com a ponte do São Sebastião. O trecho também ganhará iluminação em LED. As obras chegam a 50 por cento dos serviços executados, aproximadamente, segundo a Secretaria de Obras. 

A nova via em construção, entre a Rua Vitória da Conquista à rua sem nome, já conta com meios-fios da calçada e sarjetas, sendo preparada para receber pavimentação. O trecho já avança para se conectar com a Rua da Confibra, até a ponte do Residencial São Sebastião. Ao lado dela foi construída, com concreto pigmentado de vermelho, mais uma parte dos 550 metros de ciclovia que serão implantados no local. Além disso, acontece a terraplenagem no terreno próximo ao canal. 

O término da obra está previsto para junho deste ano. Segundo o Departamento de Obras, parte do viário será novo, feito agora, e parte será recapeada. As obras contemplam ainda o prolongamento da Rua da Confibra, no Jd. Santa Fé, até a rotatória da Avenida Joaquim Marcelino Leite, entre o São Sebastião e o  Jd. Interlagos.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Noticias

Publicidade

Populares