Connect with us

Nossa Cidade

Profissionais da Educação recebem formação sobre distúrbios de aprendizagem

Publicado

em

Curso reuniu 40 coordenadores pedagógicos na sede do CIER “Romildo Pardini”, no Jd. Santo André

Cerca de 40 coordenadoras pedagógicas, que atuam nas escolas da rede municipal de ensino, participaram, nesta sexta-feira (29/07), de formação sobre o PDA (Programa Distúrbio de Aprendizagem), promovido pela Prefeitura de Hortolândia. O programa que, atualmente, atende cerca de 280 alunos, é realizado dentro do CIER (Centro Integrado de Educação e Reabilitação) “Romildo Pardini”, unidade da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia localizada no Jd. Santo André. Foi lá que a formação aconteceu, em dois períodos, manhã e tarde, com as participantes divididas em dois grupos de estudos.

A formação buscou passar orientações sobre o Programa de modo que as coordenadoras tomem ciência das ações necessárias para encaminhar para ele um aluno com dificuldades acentuadas de aprendizagem. O PDA atende, no contraturno escolar, alunos da rede municipal que apresentam dificuldades que se estendam de modo tal a comprometer a aprendizagem. Em situações assim, a escola faz um relatório sobre a criança e a encaminha para a UBS (Unidade Básica de Saúde) de referência na região. Identificadas as dificuldades da criança pela equipe da saúde, esta é encaminhada para o tratamento necessário. Em alguns casos, parte dele inclui participar do Programa de Distúrbio de Aprendizagem. 

As crianças participantes são divididas em agrupamentos de no máximo três pessoas, atendidas uma vez por semana, por 60 minutos. Cada grupo reúne quem tem dificuldades semelhantes, a fim de que seja trabalhado o que se faz necessário para a melhor aprendizagem. 

Para a assistente de direção do CIER, Daniela Galvão Cayres Minardi, que dá apoio ao programa, a junção de todos os segmentos (a escola, a saúde, a família), é de vital importância para o tratamento das crianças com essas necessidades. No fim do ano, as responsáveis produzem um relatório de desenvolvimento de cada criança atendida que pode recomendar a manutenção desta no PDA ou a alta da criança, isto é, a saída dela do programa.

“O CIER é divido em CIER Educação – Programa de Distúrbio de Aprendizagem, e CIER Saúde. Como temos algumas coordenadoras novas na rede, a gente preparou essa formação para explicar a elas o que cada segmento faz e qual o objetivo de cada um. Também queremos mostrar nosso trabalho, como atendemos as crianças que têm dificuldade de aprendizagem da rede, do Ensino Fundamental I. Fazemos esses atendimentos de crianças que já passaram pela UBS, que não tem uma deficiência, mas que têm uma dificuldade acentuada de aprendizagem ou então um distúrbio mesmo de aprendizagem: uma dislexia, uma discalculia, um TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade), uma alteração no processamento auditivo. Fazemos esse atendimento com um serviço muito legal oferecido pela Prefeitura Municipal de Hortolândia. Temos bastante alunos atendidos nesse Programa e conseguimos dar uma atenção específica para essa criança, para trabalhar nessas dificuldades que ela apresenta lá na escola. Trabalhamos em conjunto com as professoras e com as coordenadoras para que esse aluno alcance o sucesso escolar, que é o nosso grande objetivo”, explica a Psicopedagoga no Programa, Daiane Barban, uma das formadoras.

“Eu acho que essa parceria entre as escolas e o CIER é de fundamental importância. Temos que primar sempre pelo melhor atendimento aos nossos alunos. Essa reunião de hoje veio abrilhantar um trabalho de qualidade desenvolvido por todas as escolas e principalmente pelo CIER, que nos apoia e auxilia no desenvolvimento desses alunos. Precisamos que essas reuniões aconteçam com mais frequência para que a gente consiga afinar esse trabalho. A iniciativa da gestão atual do CIER foi maravilhosa nesse sentido. O que a gente puder fazer para facilitar e melhorar a aprendizagem dos nossos alunos e o atendimento aos familiares é nossa obrigação”, afirma Sandra Regina Militão, coordenadora da Emeb Richard Chibim Naumann, no Jd. Interlagos, participante da formação.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Nossa Cidade

Temperatura em Hortolândia aponta fim de semana gelado

Publicado

em

frio

A previsão para o sábado (20) é de céu parcialmente nublado a nublado. Os ventos seguem fortes, com velocidades em torno de 30 km/h e rajadas devem ocorrer ao longo do dia. As Temperatura em Hortolândia fica entre 9 e 16ºC e não está descartada a ocorrência de chuva leve e isolada, mas as chances são baixas.

A tendência para o domingo (21) é de ventos um pouco menos intensos, soprando de forma moderada com velocidades de 20 km/h, céu parcialmente nublado a predomínio de sol e temperaturas entre 10 e 23ºC.

A próxima semana deve ser de predomínio de sol, com temperaturas em gradual elevação. Os primeiros dias ainda terão temperaturas um pouco abaixo da média para o mês, mas até o final da semana a expectativa é que as máximas superem a marca dos 28ºC.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Um dos vereadores suspeitos por rachadinha, TJ manda soltar

Publicado

em

Na noite dessa sexta-feira (19), o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) emitiu habeas corpus ao vereador Enoque Leal (MDB) preso na quinta-feira (18) suspeito da pratica de rachadinha.

O advogado Ralph Tortima Stettinger Filho, que representa o vereador, alegou que o parlamentar não teve tempo para para apresentar documentação ao Ministério Público. Documentos apresentados nos autos indicam que todas as transações bancárias foram realizadas por causa de um empréstimo e não houve prática de rachadinha.

A defesa tambem apresentou como argumento ao TJ que o vereador possui bons antecedentes e residência fixa, circunstâncias favoráveis para a concessão da liberdade provisória.

A 15ª Câmara de Direito Criminal optou por revogar a prisão preventiva por entender que o fato de o réu ser vereador não é suficiente para que ele represente perigo a ordem pública se estiver em liberdade.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Sinalização de solo é reforçada em ruas do bairro Residencial João Luiz

Publicado

em

Também contra acidentes, Prefeitura de Hortolândia pintou lombadas no Jardim Minda

Ruas do bairro Residencial João Luiz receberam o reforço e a pintura da sinalização de solo. A ação da Prefeitura de Hortolândia contempla ruas de bairros em todas as regiões da cidade. Desde o inicío do ano, a ação está intensificada e continua em vias no entorno de unidades de saúde, ensino e residênciais. De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana, ruas que dão acesso à grandes avenidas além das mais movimentadas da cidade, também recebem o mutirão. “Pedimos a colaboração dos motoristas para respeitar a sinalização. Além de organizar o trânsito, o trabalho evita estacionamento em locais que possam causar acidentes”, explica o diretor de operações da Secretaria de Mobilidade Urbana, José Eduardo Vasconcellos.

Nas ruas do bairro, foi realizada a repintura de linha amarela de proibição de estacionamento, faixas seccionadas amarelas, de retenção, duplas amarelas indicando o tráfego nos dois sentidos da via, zebradas amarela e legenda “PARE”. “No Jardim Minda foram concluídas pinturas de lombadas localizadas em frente ao Condomínio Residencial Bertioga. O objetivo do serviço é melhorar a visibilidade e evitar danos aos veículos e acidentes”, comenta Vasconcellos.

Para salvar vidas no trânsito, são desenvolvidas mais ações, que vão além do reforço e implantação da sinalização e a readequação do sentido do tráfego em ruas e avenidas. São atividades educativas com motoristas e pedestres  até a implantação de semáforos e radares controladores de velocidade, principal medida adotada pela Administração Municipal. Os dispositivos começaram a funcionar em janeiro de 2019.  Outra medida importante é a instalação dos painéis eletrônicos informativos nos portais de entrada e saída da cidade e investimentos na malha cicloviária, que, neste ano chegará a 50 quilômetros de um total de 100 quilômetros que serão implantados.

 

 

Fonte: Prefeitura

Continue Lendo

Populares