Objetivo do desafio é resgatar a cultura gastronômica de Hortolândia

A 2ª edição do Roteiro Gastronômico Sabores de Hortolândia, ação para fortalecer e fomentar o setor gastronômico da cidade, chegou trazendo novidades. A boa nova é o Prêmio Jacuba, criado pela Prefeitura com o objetivo de resgatar a cultura gastronômica local. O desafio para os estabelecimentos participantes é preparar o melhor prato utilizando na receita os ingredientes: farinha de mandioca, cachaça e mel. Além do Prêmio Jacuba, neste ano, os inscritos no roteiro também disputarão o Prêmio Excelência, dividido em seis categorias distintas no guia. 

Empreendedores interessados em participar do guia, que indicará aos moradores e turistas as diversas opções de alimentos da cidade, têm até às 23h59 do dia 05 de julho, para realizar a inscrição pelo  link www.hortolandia.sp.gov.br/saboresdehortolandia. A ação é realizada pela Prefeitura de Hortolândia, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação.

Além do Prêmio Jacuba, os participantes do Guia Gastronômico também disputarão o Prêmio Excelência nas categorias: restaurantes; pizzarias; bares e choperias; padarias, cafés e confeitarias; lanchonetes e hamburguerias; e culinárias orientais. O Prêmio Excelência será concedido aos três estabelecimentos mais votados, por categoria. Já o Prêmio Jacuba será concedido ao melhor prato executado com farinha de mandioca, cachaça e mel. 

RESGATE DA HISTÓRIA

Os primeiros capítulos da história de Hortolândia tiveram início entre os séculos XVIII e XIX, com o cultivo de café e algodão nas terras que, à época, eram conhecidas como bairro Jacuba. O nome, que em tupi-guarani significa “água quente” (y-acub), baseia-se em um pirão feito com farinha de mandioca, cachaça, açúcar e mel, muito apreciado por viajantes que passavam pela região.

De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, o foco do roteiro é a valorização da gastronomia da cidade, por meio da socialização sobre as melhores práticas em serviços de alimentação. Outro objetivo é criar a interatividade, sinergia e renda para todos, não só do ponto de vista econômico, como também social, cultural e turístico oportunizando mais uma forma de desenvolvimento sustentável. 

Para participar, o estabelecimento deve estar devidamente constituído e registrado na Junta Comercial do Estado de São Paulo, no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas da Receita Federal do Brasil, ter sede em Hortolândia,  atuar no ramo da gastronomia, aceitar as condições estabelecidas no edital n°556/2019 e inscrever pelo menos um  funcionário nos workshops de capacitação empreendedora gratuita disponibilizados pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, no mês de agosto deste ano, no Hortofácil, em data, horário e tema a definir.

PIC

O roteiro é uma ação que integra o PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), programa que prevê investimentos de cerca de R$ 400 milhões para promover o desenvolvimento urbano, ambiental, social, humano e econômico para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. O programa prevê mais de 100 obras, serviços e ações em todas as áreas.

Mais informações

Para mais informações sobre a 2ª edição do roteiro gastronômico, os interessados devem procurar o Departamento de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, localizado no 3º andar do Paço Municipal de Hortolândia Palácio das Águas, situado na Rua José Cláudio Alves dos Santos, 585 – Remanso Campineiro.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia