Com a ajuda da tecnologia, as atividades do programa escolar de prevenção às drogas, “Bem Me Quer, Paz Se Quer”, estão de volta. Desta vez, em razão da pandemia do Coronavírus, são disponibilizadas no “Espaço Educação na Rede”, na aba “Quer saber mais?”, do botão “Ensino Fundamental e Educação Integral”, existentes no portal oficial da Prefeitura de Hortolândia (https://ensinofundamentalhortolandia.blogspot.com/). A ação da Administração Municipal acontece por meio de parceria entre as secretarias de Educação, Ciência e Tecnologia e de Segurança.

Habitualmente, as atividades pedagógicas do programa eram conduzidas em sala de aula por GMs (Guardas Municipais), agentes de prevenção do Núcleo de Desenvolvimento/Setor de Projetos Sociais da corporação, especialmente capacitados para isso. Mas, deste o início da pandemia, o programa é realizado de maneira remota. Neste primeiro semestre, segundo dados da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, a ação beneficiará 1.260 alunos dos quintos anos, matriculados em 14 escolas municipais (veja abaixo). As crianças atendidas são estudantes do Ensino Fundamental, com faixa etária entre nove e 14 anos de idade.

“O projeto ‘Bem Me Quer, Paz Se Quer’ vem sendo trabalhado há muitos anos em nosso município, com temas como prevenção ao uso e abuso das drogas, levando o aluno a refletir sobre valores sociais, como respeito, autoestima, ética, amizade, dentre outros. O intuito é proporcionar o acesso às informações diversas, como seu preparo para o exercício da cidadania. Fico feliz em saber que, mesmo diante do quadro que estamos vivendo da COVID-19, desde o ano passado, o projeto continua de forma remota, por meio do Espaço Educação na Rede, na aba Quer Saber Mais. Lá, quinzenalmente, disponibilizamos os vídeos e as atividades do projeto. Assim, os alunos podem dar continuidade ao trabalho e ter acesso às informações passadas pelos guardas municipais”, afirma a coordenadora do projeto na Educação, Carla Borrego Varani.

“Nossos estudantes aprendem valores neste importante projeto. Respeito e estar ao lado da família, além de se afastar do mundo da criminalidade são diretrizes importantes para ajudarmos na formação dos nossos jovens”, afirma o secretário de Segurança, Joldemar Nunes Corrêa.

Sobre o “Bem Me Quer, Paz Se Quer”

No projeto, os alunos recebem informações e orientações sobre os riscos trazidos pelo uso e abuso de drogas, tanto lícitas (como álcool e cigarro), quanto ilícitas. Os agentes de prevenção também abordam outros temas delicados, como o perigo do uso do cerol na prática de empinar pipas, bullying e cyberbullying, violência doméstica, festas “rave”, beber e dirigir, assim como autoestima, autoconhecimento, respeito e importância da família.

Confira as escolas atendidas no 1º semestre de 2021: 

Emef Salvador Zacharias Pereira Júnior

Emef Jardim Primavera

Emef Jardim Amanda I – CAIC

Emeb Interlagos

Emef Tarsila do Amaral

Emef Boa Esperança José Roque de Moura

Emef Taquara Branca – Agenor Miranda da Silva

Emef D. Ana Bodini Januário

Emef Armelinda Espúrio da Silva

Emef Zilda Arns

Emef Fernanda Graziele Resende Covre

Emef João Calixto

Emeb Josias da Silva Macedo

Emef Profª Patrícia Mª Capelato Basso

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia