Coral Vozes em Sintonia cantará na quinta-feira (30/11), às 19h30, no auditório da Câmara Municipal de Hortolândia

O Coral Vozes em Sintonia, mantido pela Prefeitura de Hortolândia, se prepara para a Cantata de Natal. A apresentação será no auditório da Câmara Municipal de Hortolândia, localizado na rua Joseph Paul Julien Burlandy, 250, Parque Gabriel, na quinta-feira (30/11), às 19h30. O evento é realizado pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia. O grupo musical é composto por 200 pessoas, entre alunos da rede municipal, funcionários públicos e a comunidade. A entrada é gratuita e aberta ao público.

Pela primeira vez, a abertura do coral terá a apresentação de sapateado promovida pelos alunos da EMEF (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Viva Mais, Jardim Santa Clara do Lago II. Eles serão embalados com músicas do Jazz Afro-americano. Na sequência, os alunos da EMEF Dayla Cristina, Jardim Santiago, realizam um show de fanfarra.

De acordo com a Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, durante a atividade serão cantadas um mix de músicas clássicas e de rock. Com a temática “Tempo de bem querer”, o coral de canto também fará um pout pourri (trechos de músicas que são transformadas em uma única música). Haverá ainda espaço para músicas natalinas regionais. 

Os ensaios foram feitos durante quatro meses no auditório do Centro de Formação dos Profissionais em Educação “Paulo Freire”, onde os integrantes do coral aprenderam a trabalhar a respiração, dicção e o controle de voz. 

 Sob a regência da coordenadora pedagógica de arte e música, Selma Epifânia, o conjunto de vozes cantará músicas do Tempo de bem querer, Linda estrela, o Natal é tempo de amar, O que posso te dar, Feliz navidad, Hallula (aleluia), entre outros.

O Coral Vozes em Sintonia foi criado há 14 anos com o objetivo de elevar diversas culturas, além de oferecer aprendizado musical, integração e inclusão social para crianças, adolescentes, jovens e adultos de Hortolândia.

 “A música tem a função de socializar, integrar e incluir socialmente as pessoas na sociedade. Ela também atua na formação de público e eleva a auto-estima das pessoas”, observa Selma.

O secretário de Educação, Ciência e Tecnológia, Fernando Gomes de Moraes, disse que a Cantada de Natal desperta todo o significado desta data do ano. “Na minha visão, o grupo de coral sai da sua função de apresentação simbólica para ter o papel de despertar a solidariedade e respeito ao próximo. Isso somente é possível, graças ao trabalho desenvolvido por uma equipe da Prefeitura comprometida com a família, a comunidade escolar e a essência da humanidade”, destaca. 

 

 

Artigo anteriorFesta das Nações em Sumaré acontece nos dias 1º, 2º e 3 de dezembro
Próximo artigoHortolândia recebe espetáculo de dança contra violência doméstica Destaque