Autuação de veículos estacionados irregularmente começa na sexta-feira (07/04); medida atende à demanda da comunidade, apresentada em Plenária da Mobilidade Urbana

A Prefeitura, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana, estendeu um pouco mais o trabalho educativo no Jd. Interlagos. Pelo segundo dia consecutivo, agentes de trânsito estiveram no local, distribuindo informativo, conhecido como NET (Notificação Educativa de Trânsito), a motoristas que costumam estacionar na Rua Joaquim Marcelino Leite, na pista ao lado do condomínio Villa Flora. Na última terça-feira (04/04), equipes de sinalização instalaram placas de proibido estacionar, no trecho correspondente à Rua Adail Silvestre até a Rua Rio de Contas.

[ad id=”14221″]

Ficou para sexta-feira (07/04), o início da autuação de motoristas que insistirem em estacional em local indevido. Haverá também remoção de veículos abandonados ou indevidamente estacionados, bem como fiscalização mais intensa no local, que fica próximo a duas escolas municipais: a Emeb Interlagos (Escola Municipal de Educação Básica) e a Emei (Escola Municipal de Educação Infantil) Emiliano Sanchez.

O reforço da sinalização no local inclui revitalização de lombadas, lombofaixa, faixas seccionadas, zebradas, contínuas e de retenção, letreiro de “PARE” e pintura de faixa amarela neste trecho, que passa em frente à portaria. A medida atende a pedido da comunidade, encaminhado durante reunião plenária realizada pela Administração no bairro, no último dia 28 de março. Na ocasião, moradores do residencial alegaram que o estacionamento em local indevido, ao lado do empreendimento, dificulta a visão de quem entra no condomínio ou sai de lá, assim como de quem trafega no sentido Emeb Interlagos – São Sebastião e precisa fazer retornar na via, em frente à Rua Piracicaba

Outra preocupação da Secretaria é com eventuais carros abandonados na via, que representam tanto um problema de trânsito quanto de risco à saúde pública. Segundo o diretor do Departamento de Operações, José Eduardo Vasconcelos, se necessário, após a ação educativa, veículos indevidamente estacionados serão guinchados e removidos ao pátio de municípios parceiros.

 

Plenárias da mobilidade urbana

Ao todo, a Prefeitura promoverá mais de 20 reuniões sobre mobilidade urbana entre os meses de março e maio. O objetivo é ouvir sugestões, dúvidas e críticas da comunidade. Entre os pontos centrais a serem debatidos estão: a reestruturação do transporte coletivo urbano; tornar Hortolândia referência em segurança viária; e transformar o município em uma cidade “ciclável”, ou seja, em que as pessoas possam se deslocar de bicicleta com segurança e conforto.