22 de maio de 2024
Nossa Cidade

Prefeito de hortolândia inaugura Base Comunitária da Guarda Municipal no Parque Santo André

prefeito antonio meira inaugura nova base da guarda comunitaria

Antonio Meira (PT) fez a entrega do local que abrigará a sede da Defesa Civil

A Guarda Comunitária iniciou, nesta segunda-feira, dia 27, as ações nos bairros que integram o setor da Região do Parque Santo André. A inauguração da Base Comunitária da Guarda Municipal e sede da Defesa Civil que aconteceu no domingo, dia 26. De acordo com o prefeito Antonio Meira (PT), a construção do espaço é uma vitória dos moradores. “Esta obra reflete diretamente na vida das famílias da comunidade. Neste ano, pretendemos inaugurar mais uma base comunitária no Jardim Rosolen ”, adiantou o prefeito, durante a cerimônia de inauguração.

Meira destacou obras executadas na cidade. “Cada obra social de infraestrutura contribui com a segurança pública. As trocas de iluminação, manutenção e instalação de asfalto, conservação das viaturas, novo carro para Defesa Civil fazem parte dos projetos de mobilidade urbana. Estamos planejando a cidade, com o máximo de cuidado em todos os setores, pois pretendemos avançar juntos”, disse.

Os atendimentos da Guarda Comunitária serão direcionados após o acionamento na sede da Guarda Municipal, pelo telefone 0800-111580. A operação humaniza a atuação da Guarda Municipal que, por meio de reuniões com os moradores e trabalhos diferenciados, torna-se parte do cotidiano do bairro. A permanência de uma mesma guarnição aproxima e aumenta a confiança da população nos mecanismos de Segurança da cidade.

O evento foi marcado pela aula inaugural da academia ao ar livre que integra o espaço de 150 m² , ao lado do campo de futebol do Jardim Santo André, localizado na rua Emily Cristianne Giovanini, s/n, Parque São Gabriel. A Guarda Municipal de Sumaré realizou uma apresentação com cães durante a inauguração.

AÇÕES

De acordo com o secretário de Segurança, Marcelo Borges, a filosofia comunitária baseia-se na análise de dados policiais de determinadas regiões. Diante das informações, as ações são discutidas pela Guarda Comunitária, em conjunto com os moradores. A partir dessas reuniões, são traçadas estratégias que podem, inclusive, abranger outras áreas de governo, como infraestrutura, educação, serviço social e trânsito.

“Antes, trabalhávamos com a reação, agindo depois que um conflito se instalava. Agora, partimos de um mapeamento, considerando as características do local e agindo preventivamente”, explicou o secretário.

Para Mariana Ribeiro, 27 anos, moradora do Parque São Gabriel, o cenário do bairro já mudou. “Quando estavam fazendo as reformas e mudanças no prédio, podemos perceber que a GM próxima da população inibe um pouco dos roubos e furtos. Temos um comércio na região e pretendemos integrar este projeto e colaborar com a realização, disse.

A Guarda Comunitária opera com duas guarnições intercaladas diariamente. Um ponto importante é a permanência dos mesmos guardas municipais no projeto, o que possibilita a aproximação e interação com a comunidade. Essa permanência permite também que os guardas conheçam os moradores do bairro e, assim, identifiquem com mais facilidade pessoas e veículos suspeitos. Os guardas contam, ainda, com o apoio e patrulhamento de motos da Guarda Municipal.

Além da interação diária com a comunidade, por meio de patrulhamento, os moradores são convidados a discutir, pelo menos, uma vez por mês, a operação e as estratégias utilizadas pelo projeto.

GUARDA COMUNITÁRIA

Estrutura: Duas viaturas, oito guardas comunitários
Atuação: Período diurno (À noite, o bairro é coberto pela ação setorial da Guarda Municipal)
Atuação: Patrulhamento comunitário (Vias públicas, escolas, comércios, praças), apoio em ações preventivas, trabalho voltado para ações sociais na comunidade (reuniões de moradores, palestras, etc).

Bairros Atendidos: Parque Santo André, Parque São Gabriel, Parque São Miguel, Jardim Everest, Campos Verdes, Jardim Santa Clara do Lago I.

DEFESA CIVIL

A Defesa Civil é um órgão ligado à Secretaria de Segurança. O gerenciamento dos trabalhos passa a ser realizado na sede própria. As principais ações da Defesa Civil são orientações preventivas à saúde e ao meio ambiente.

Segundo o coordenador da Defesa Civil, Iluide Carborneiro, as instalação da sede na região central facilita o acesso nos atendimentos. “Nossa equipe conta com 12 profissionais que receberam novos uniformes: blusas, calças e luvas antichamas auxiliam nos trabalhos executados”, valorizou.
Quem precisar de atendimento pela Defesa Civil pode entrar em contato pelo telefone 199.

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98