Município já realizou todos os procedimentos necessários à obra e aguarda DER licitar e iniciar serviços

Jardim nova europa - Hortolândia (SP)

O prefeito de Hortolândia Antônio Meira (PT) assinou, na quarta-feira, dia 17, um convênio com o governo do Estado para construção do viaduto ente os bairros Jardim Nova Europa, em Hortolândia, e Parque Bandeirantes, em Sumaré. A obra será executada pelo DER (Departamento de Estradas e Rodagem) e tem custo estimado de R$ 12 milhões. O convênio com a Prefeitura de Hortolândia, no entanto, é de R$ 1,605 milhão, uma vez que o trecho de obras que será executado na cidade é de 360 metros. O projeto completo do viaduto compreende mais 2,33 quilômetros de sistema viário na cidade de Sumaré. A partir da assinatura do convênio, o DER deve licitar a obra.

De acordo com o secretário de Planejamento Urbano de Hortolândia, Marcelo Zanibon, a obra em solo hortolandense abrange parte do viaduto de transposição da linha férrea, alça de acesso ao viaduto e rotatória na altura do jardim Nova Europa. “Há muitos anos a Administração Municipal esperava por esta obra. Desde 2005, a Prefeitura de Hortolândia se prepara para a construção do viaduto, com as desapropriações necessárias e assinaturas de convênio. Tudo já está regularizado. Resta agora, efetivamente, o início do serviço”, destacou Zanibon.

No histórico da luta do município pela construção do viaduto, há a aprovação de leis autorizativas para o convênio com o Estado e mesmo outros convênios de cooperação técnica já assinados. Isso porque aos municípios de Hortolândia e Sumaré cabe o acompanhamento da obra e a realização de desimpedimentos à execução do projeto. Com a implantação deste viaduto,os municípios terão facilidade de acesso aos bairros próximos e à Rodovia Anhanguera.

Do ponto de divisa entre Hortolândia e Sumaré até a Rodovia, são apenas 2,5 quilômetros. Atualmente, quem sai de Hortolândia e quer acessar a rodovia, precisa tomar rotas alternativas, como a Estrada Municipal Valêncio Calegari, conhecida como estrada da Honda, ou a SP-101 até o trevo da Bosch. “A implantação deste viaduto, além de ser importante via de escoamento de produção das empresas instaladas na região, servirá ainda para a consolidação de um futuro projeto de interligação das Rodovias Anhanguera, Bandeirantes e SP-101”, enfatizou o secretário de Planejamento.

A proposta, ainda em estudo, é que o acesso ao viaduto pelo Jardim Nova Europa tenha ligação com o Corredor Metropolitano Noroeste, outra obra de responsabilidade do Governo Estadual. Pelo Corredor, será possível entrar na SP-101, de onde o motorista também acessa a Rodovia dos Bandeirantes. “Este viaduto será a primeira ligação direta de Hortolândia com a Rodovia Anhanguera. As possibilidades que ele nos dá de melhorias e aperfeiçoamento do sistema viário são importante para toda a região”, avalia Zanibon.