Nossa Cidade

Ponte estaiada terá primeira etapa de obras finalizada até dezembro

Colocação dos estais entra na reta final, restando apenas quatro cabos de sustentação para serem instalados

Ponte estaiada terá primeira etapa de obras finalizada até dezembro

Até o final deste ano, a obra na ponte estaiada terá a fase de implantação dos estais concluída. Na quinta-feira (24/10), o prefeito Antonio Meira esteve no canteiro de obras, onde conversou com o engenheiro responsável pela ponte, Sebastião Ronquin. “Quem olha a ponte de longe vê o tamanho desta obra. Ela já é destaque no cenário da cidade. Mas para quem vê daqui, do local onde as obras acontecem, a impressão é de uma grandeza ainda maior”, comenta o prefeito. “As obras estão num ritmo bom e, até o final do ano, o eixo central da ponte terá encontrado com a base, formando a pista por onde passarão os carros”, disse o engenheiro.

Dos 16 estais que sustentarão a ponte, 12 já estão colocados. Cada estai leva 10 dias para ser colocado. A estrutura de sustentação é formada por dezenas de cabos de aço fixados na base e no mastro da ponte. Na medida em que eles são instalados, o mastro principal da ponte se eleva. No final da obra, ele terá 75 metros de altura. Já na base dos estais, em cada vão é concretada a pista.

Com a finalização desta etapa neste ano, em 2014 a equipe de operários finalizam a ponte, com pavimentação da pista e implantação de sistema viário ligando a ponte as regiões Leste e Oeste da cidade.

Quando finalizada, a ponte terá 700 metros de extensão, 16,9 metros de largura e 75 metros de altura. O eixo de integração tem início na rua João José da Silva, no Jardim Santa Rita de Cássia, e faz interligação com a Avenida Projetada, no Jardim Nova América. A estrutura fará a travessia sobre as lagoas de contenção de enchente, também em construção pela Prefeitura às margens do Ribeirão Jacuba, na região do Jardim Carmem Cristina.

O projeto da Ponte Estaiada é financiado pelo banco venezuelano CAF (Cooperação Andina de Fomento), que emprestou para a Prefeitura US$ 22,1 milhões. A operação financeira tem o aval do Governo Federal, avalista da Administração Municipal. O custo da obra é de R$ 67,9 milhões.

A Ponte Estaiada é uma das obras previstas no Plano Diretor de Sistema Viário, em implantação pela Prefeitura. O projeto completo, elaborado com a participação da comunidade, prevê pontes e viadutos em diversos pontos da cidade, além de avenidas marginais, rotatórias e ciclovias que vão integrar as regiões e facilitar o ir e vir das pessoas pelos próximos 20 anos.

“Esta obra não é somente grande em tamanho, mas também em importância. Esta ponte terá papel fundamental no futuro da cidade, servindo de porta de entrada para mais desenvolvimento. Trabalhamos hoje para criar condições de que, em alguns anos, nosso sistema viário seja modelo”, observou o prefeito.

Fonte: Assessoria de Comunicação / Prefeitura de Hortolândia.



Para mais notícias, eventos e empregos, siga-nos no Google News (clique aqui) e fique informado

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98