Nossa Cidade

Obra estrutura Luiz Camilo para receber fiação subterrânea

Prefeitura inicia segunda fase da retomada do serviço nesta sexta-feira (14/07), após às 21h

A retomada da obra de modernização da rua Luiz Camilo de Camargo, entre a Loja Marabraz (rua Zacharias Costa Camargo) até a rua Nelson Pereira Bueno (Supermercado Paulistão), no Remanso Campineiro, terá mais uma etapa iniciada nesta sexta-feira (14/07), a partir das 21h. Esta fase de intervenções prevê a criação de toda a rede subterrânea de fiação, com a colocação de caixas e dutos embaixo da terra, estruturas por onde passarão os cabos de energia elétrica e telecomunicações. O trânsito de veículos e pedestres ficará impedido, neste trecho, até a conclusão do serviço, prevista para o início de agosto.

De acordo com a secretaria de Obras e Serviços Urbanos, neste sábado e domingo (15 e 16/07), o trabalho no local consistirá em colocar embaixo do chão duas grandes caixas de concreto que vão proteger o cabeamento e direcionar os fios para caixas menores, que também serão colocadas no subsolo nos próximos dias. Cada caixa mede 1,5 metros de altura por 1 metro de largura e 1 metro de comprimento, sendo que uma ficará na altura da Caixa Econômica Federal e a outra na saída do estacionamento do Supermercado Paulistão. Conforme esta etapa avançar, a passagem de pedestres pelas calçadas será liberada gradativamente.

A partir de segunda-feira (17/07), a obra prossegue com novas intervenções. A partir do dia 21 até o final da obra, mais uma parte da rua Luiz Camilo de Camargo será interditada, desde o Banco Bradesco até a Loja Seller. Está previsto, ainda, o fechamento do cruzamento da rua Nelson Pereira Bueno, no final de semana entre os dias 21 e 23. O cruzamento será liberado na madrugada do dia 24.

Trabalho intensivo

Desde o início do ano, a Prefeitura se reúne com as empresas que farão as intervenções no local para planejar um cronograma que permita a realização do serviço no menor tempo possível. Inicialmente, as empresas apresentaram um cronograma que previa 180 dias para realizar o trabalho, que não foi aceito pela Administração. O compromisso do prefeito Angelo Perugini é terminar a obra em até 40 dias, contados a partir do dia 8 de julho. A previsão é que no dia 5 de agosto a obra esteja finalizada, com as calçadas concretadas e a via com novo asfalto, o que totaliza 29 dias de serviços. Há uma margem ainda de 11 dias para algum contratempo, como chuva.

Para cumprir o prazo de realizar as obras em até 40 dias, a Sadenco, empreiteira responsável pelo serviço, manterá equipes de trabalho em vários turnos, trabalhando 24h por dia, nos sete dias da semana. “Operários vão trabalhar dia e noite para executarmos essa obra com planejamento, clareza, com respeito aos comerciantes e as pessoas que circulam diariamente pelo Centro. É uma obra que tem dia para começar e dia para acabar”, garantiu o prefeito Angelo Perugini durante a reunião com comerciantes para apresentar o cronograma de trabalho.

Todas as etapas serão acompanhadas de perto por agentes de trânsito, que orientarão motoristas sobre rotas alternativas. Também haverá uma equipe da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) de plantão para atendimentos emergenciais, caso haja interferências na rede de água e esgoto.

Tempo recorde

 

A Prefeitura e a Sabesp concluíram, em 24 horas, a primeira fase das obras de retomada da modernização da rua Luiz Camilo de Camargo, com a adequação das instalações de água e esgoto, ação realizada do meio dia do sábado (8/07) até o meio-dia do domingo (9/07). Inicialmente, o tempo previsto para a conclusão deste trabalho era de 48 horas.

De acordo com a Secretaria de Obras, para finalizar essa etapa da obra em tempo recorde, operários da Sabesp e funcionários da Prefeitura trabalharam desde o meio-dia de sábado e vararam a noite. “Tudo foi planejado para a obra ser realizada com o máximo de agilidade, com o mínimo de impacto para o comércio e as pessoas que circulam no Centro”, disse o secretário de Obras, Sérgio Torrecillas.

Histórico

As obras em andamento fazem parte do projeto de modernização da rua Luiz Camilo de Camargo, desde o cruzamento com a rua João Blumer (Lanchonete Varandas), até o cruzamento com a rua Argolino de Moraes (Praça da Neusa). As duas primeiras quadras já foram executadas, no ano passado. No entanto, o serviço levou oito meses para ser concluído, o que gerou críticas de comerciantes e consumidores diante dos transtornos provocados na principal rua do comércio da cidade.

Para mais notícias, eventos e empregos, siga-nos no Google News (clique aqui) e fique informado

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98