Profissionais do Centro de Zoonoses visitam as casas para explicar sobre ação, que promove remoção de entulho e outras ações de melhoria urbana

 

Agentes do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) estão percorrendo, nesta semana, residências de sete bairros da região do Jardim Santa Izabel, levando informações sobre a ação Agenda Verde – Mutirão de Limpeza e Zeladoria, que leva serviços de limpeza, remoção de resíduos e educação ambiental à todas as regiões da cidade. Os moradores são orientados sobre a Operação Cata Bagulho, que acontece sempre na semana seguinte às visitas dos agentes. A mobilização é uma iniciativa da Prefeitura de Hortolândia, com a participação de nove secretarias municipais, além do apoio da população.

O objetivo da Agenda Verde é envolver toda a comunidade numa parceria construtiva, para que praças, ruas e avenidas, áreas de lazer e outros espaços públicos recebam manutenção permanente, com equipamentos e pessoal trabalhando em todos os bairros. A Prefeitura acredita que, mobilizando a população, será mais fácil resolver, em conjunto, questões ambientais que se tornam problemas de saúde pública, como o descarte irregular de entulhos e volumosos nas calçadas, terrenos baldios e áreas verdes, situações que favorecem a proliferação do mosquito Aedes aegypti. As ações buscam despertar no munícipe o sentimento de participação, responsabilidade e atenção para com os próprios hábitos em relação à cidade.

Atualmente, a ação está na sua segunda etapa. Os bairros em visitação nesta semana são Jardim Santa Izabel, Jardim Ricardo, Núcleo Santa Izabel, Jardim Nossa Senhora da Penha, Jardim Viagem, Jardim Santa Cândida e Jardim Santo Antônio, locais onde a Operação Cata Bagulho inicia na próxima segunda-feira (24/04). Já os bairros da região do Jardim Nossa Senhora de Fátima, locais que já tiveram a visita dos agentes do CCZ, recebem, nesta semana, a Operação Cata Bagulho.

Na primeira etapa, 22 bairros foram abrangidos pela Agenda Verde, contemplando 16 mil residências com a Operação Cata Bagulho. Além da remoção de resíduos, a Agenda Verde promove plantio de mudas, palestras de educação ambiental e de divulgação dos equipamentos públicos de descarte correto de entulhos e demais recicláveis (como PEVs e LEVs). Há, ainda, roçagem, limpeza e manutenção de bueiros, varrição, lavagem de rua e pintura de guias, bem como intervenções na área da mobilidade, como revitalização da sinalização de ruas e avenidas, e operação, em caráter experimental, do ônibus elétrico, menos poluente e mais econômico que o movido a diesel.

 

Descarte

A Prefeitura chama a atenção da comunidade para um fato importante: após o mutirão passar pelos bairros, o descarte irregular de resíduos estará sujeito a fiscalização e multa que varia de R$ 160,43 a R$ 32.086,00. É que, segundo a legislação vigente, todo proprietário é responsável pela conservação do próprio terreno. E todos os moradores têm um papel fundamental para que a cidade volte a ser acolhedora e atrativa, inclusive para novos empreendedores. Em caso de flagrante de desrespeito ambiental, basta acionar os agentes da fiscalização pelo WhatsApp (19) 99976-1840, enviando texto, foto ou vídeo em que seja possível comprovar o crime e seus responsáveis. Denunciantes serão mantidos em sigilo.