Connect with us

Nossa Cidade

Mais de 50 internautas participam de debate online sobre “Mulheres nas ações sociais”

Prefeitura

Publicado

em

O debate online, promovido pela Prefeitura de Hortolândia, sobre “Mulheres nas ações sociais” reuniu mais de 50 internautas, na noite da última sexta-feira (26/03). O evento, o penúltimo da série, integra a programação especial do Mês da Mulher, com temas relevantes para o fortalecimento do protagonismo feminino no município. O próximo está marcado para esta quarta-feira (31/03), às 19h, enfocando o “Fator pandemia para as mulheres”.

Todos os encontros acontecem de maneira online e remota, via plataforma Zoom, respeitando as medidas sanitárias vigentes, em razão da pandemia do Coronavírus. A programação foi elaborada pelo Setor de Políticas Públicas para Mulheres do Departamento de Direitos Humanos e Políticas Públicas para Mulheres da Secretaria de Governo. A iniciativa conta com a parceria do CMDM (Conselho Municipal dos Direitos da Mulher) e da ONG (Organização Não Governamental) “Mulher em Ação: na construção de uma sociedade melhor”.

A psicanalista clínica Judith Santos Monteiro, conhecida como Pastora Judy, que atua na área comportamental, iniciou a conversa, explicando como acontece o trabalho junto a dependentes químicos. A iniciativa surgiu em decorrência da ação social de entrega de marmitas. A “Casa de Apoio Mulheres de Fé”, que existe há quatro anos, busca oferecer auxílio a quem enfrenta o problema da adicção. Lá, após passarem seis meses, as atendidas voltam para as famílias – a maioria delas já recuperadas. As que não têm para onde ir contam com ajuda da instituição para conseguir trabalho e estrutura para um novo lar. Algumas das abrigadas são mulheres com crianças, que nascem na entidade, pois as mães lá chegaram grávidas. Apesar das grandes dificuldades para dar andamento ao projeto, que conta com a ajuda de parceiros voluntários, ela se sente feliz pela capacidade de superação e de realização das mulheres na sociedade.

Já a empreendedora social Cristiane Rocha, fundadora de uma entidade voltada a PCDs (Pessoas com Deficiência), contou como surgiu o Instituto “Pernas Voluntárias de Hortolândia”, que chegou à cidade no final de 2016. Na cidade, o projeto conta com triciclos e skate adaptados, promove desfile de modas e viagem dos inscritos à praia uma vez por ano para surfar. Cuida também da saúde mental das mães, com a ajuda de psicólogo e psicanalista voluntários. Durante a pandemia, disponibiliza também aulas online.

A terceira convidada da noite, Solange Cardozo, síndica profissional e gestora condominial, atua em um projeto social voltado a mulheres no conjunto habitacional Novo Estrela 2. Por meio da iniciativa, busca dar suporte a mulheres desempregadas e com dificuldades de manter a família em razão da pandemia do Coronavírus. Além disso, também por meio de parcerias, disponibiliza cursos para mulheres negras sobre futebol, informática, jurídico, dentre outros, com o objetivo de empoderar as mulheres.

Mês da Mulher

O Dia Internacional da Mulher é comemorado no dia oito de março. Segundo a revista Nova Escola, embora a data esteja associada ao protesto feito por milhares de operárias russas, em 1917, ao Czar Nicolau II, pelas longuíssimas jornadas de trabalho e baixíssimos salários, pela fome e em protesto pela participação do país na Primeira Guerra Mundial, o Século XX marca um período de intensas lutas feministas por melhores condições de vida, de trabalho e ampliação de direitos.

Veja abaixo como participar do último evento da programação:

quarta-feira, 31/03, 19h – “Fator pandemia para as mulheres”

Link da palestra: bit.ly/MulheresDia31

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Nossa Cidade

Ponte Estaiada é cenário do filme de motos “Tração”

Prefeitura

Publicado

em

A Ponte Estaiada, um dos cartões postais de Hortolândia, estará em breve nas telas de cinema. A ponte é um dos cenários do filme brasileiro “Tração”. Na noite desta segunda-feira (10/05), a equipe de produção do longa-metragem fez filmagens na estrutura. Em função disto, a Prefeitura interditou o trânsito de veículos no local no início da madrugada. O prefeito José Nazareno Zezé Gomes e o secretário de Cultura, Régis Athanázio Bueno, acompanharam a montagem dos equipamentos com o diretor do filme, André Luís Camargo. O prefeito destacou a escolha do município para ser cenário do longa-metragem. “A cultura nacional merece nosso apoio”, salientou Zezé.

De acordo com o cineasta, foram filmadas cenas de perseguição com dublês, que utilizaram três motos. André Luís Camargo ficou “encantado” com a ponte quando passou por ela de carro. Ele explicou que a ponte foi escolhida por ser toda iluminada, por sua beleza e extensão. O diretor destacou ainda que “Tração” é o primeiro filme de ação brasileiro com motos. Antes de se tornar cineasta, André Luís Camargo foi piloto de motocross, tendo disputado competições no Brasil e internacionais.

De acordo com o diretor, “70% do filme já foi gravado”. As gravações começaram no ano passado e foram suspensas em função da pandemia do Coronavírus. O filme é estrelado por artistas conhecidos, com destaque para Marcos Pasquim e Fiuk. O elenco conta ainda com André Ramiro, Maurício Meirelles, Nelson Freitas, Bruna Altieri e Paola Rodrigues. O próprio diretor também aparece no filme como o personagem Nivaldo. O filme ainda não tem data de estreia prevista. “Tração” é o terceiro longa-metragem de André Luís Camargo. Seus filmes anteriores são “Máscaras” e “Amor, Confuso Amor”.

Para o secretário de Cultura, Régis Athanázio Bueno, a gravação de cenas do filme mostra que a cidade é bem estruturada. “Estamos muito felizes com a escolha da cidade para a gravação de uma das principais cenas do filme. ‘Tração’ será o primeiro filme de ação sobre duas rodas brasileiro. Isto demonstra que o município pode acolher este tipo de obra que será exibida nacionalmente e até internacionalmente. Além disso, essa atividade movimenta a economia local, pois temos pessoas conhecendo o município. Outro ponto positivo é o grande incentivo para a nossa produção cultural. Hortolândia é reconhecida como um cenário interessante, com estética e valor agregado para produções, e um atrativo turístico importantíssimo. Um belo presente de aniversário para nossa cidade e nossa população, que se sente ‘empoderada’ por receber esse destaque cinematográfico”, destacou Bueno. Hortolândia completa 30 anos de emancipação política no próximo dia 19.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Moradores reclamam de falta de água alguns bairros de Hortolândia

Portal Hortolândia

Publicado

em

Alguns moradores de Hortolândia reclamaram de falta de água na manhã desta segunda-feira (10) em diversos bairros da cidade. Alguns residentes, inclusive, denunciaram a falta do serviço desde domingo (09).

Nota da Sabesp

A Sabesp informa que os casos pontuais ocorreram durante reparo na rede de água que abastece os bairros Jardim do Bosque e Jardim Santa Rita de Cássia e também na rede do Parque Ortolândia e Vila São Francisco.

Os serviços já foram concluídos e a normalização do abastecimento está ocorrendo de forma gradativa. Em relação à rua Maestrelo onde foi a primeira reclamação que chegou ao Portal Hortolândia, o abastecimento foi restabelecido por volta das 13 horas desta segunda-feira (10/5).

Continue Lendo

Nossa Cidade

Professor da rede municipal de Hortolândia realiza evento para as Mães

Portal Hortolândia

Publicado

em

Dia das Mães tem, por tradição, comemoração nas escolas, entretanto por conta da pandemia de Coronavírus, infelizmente este ano a EMEF Ana José Bodini Januário não pôde organizar uma comemoração presencial, mas o professor de educação básica, Rafael, não deixou que a pandemia diminuísse a importância do Dia das Mães e não deixou que a data “passasse em branco”.

O professor Rafael organizou na noite deste sábado, 08 de maio, uma comemoração on-line, em que as mães e alunos puderam assistir à apresentação de forma on-line, no conforto do seu lar com a família.
O programa iniciou pontualmente às 19h com as boas-vindas e a contação de história pelo professor. Os alunos entoaram uma canção em homenagem às mães e assistiram ao vídeo com as fotos dos desafios que cada mamãe e aluno realizaram durante a semana anterior ao evento.

Na oportunidade, mães e filhos foram convidados a participar das atividades interagindo em casa, além de um sorteio entre as mães presente na programação on-line.

O programa contou ainda com a participação da professora interprete de libras, Maiquele, esposa do professor Rafael, que apresentou uma canção em libras. Toda a ação foi acompanhada de perto com a presença on-line da coordenadora da EMEF Dona Ana José Bodini Januário, Marisa Capelassi .

O programa foi realizado por meio do Google Meet e teve grande participação dos pais.

Continue Lendo

Populares