Connect with us

Nossa Cidade

Jd. Amanda será primeiro bairro de Hortolândia a ter 100% de iluminação LED

Publicado

em

No ano que vem começa a instalação de lâmpadas de LED nos postes do Jardim Amanda, que será o primeiro bairro de Hortolândia a contar com este tipo de iluminação em 100% das ruas. O anúncio foi pelo prefeito Angelo Perugini, durante o acionamento do novo sistema de iluminação pública na área das lagoas do bairro, na noite desta quarta-feira (20/11). A meta da Administração Municipal é que todos os 22 mil pontos de iluminação da cidade tenham lâmpadas LED, que conferem maior luminosidade, menor custo com energia elétrica e mais segurança.

“A inauguração do sistema de iluminação na área das lagoas é só uma amostra do que vai acontecer aqui no Jd. Amanda. Em 2020, vamos instalar luminárias LED nos postes de toda a cidade, e o Jardim Amanda será o primeiro bairro a receber o serviço. Será o primeiro bairro a ter 100% de iluminação LED”, afirmou Perugini.

“Em 2007, trocamos as lâmpadas antigas, que eram de mercúrio, pelas de vapor de sódio. Mas agora elas já perderam a luminosidade. A tecnologia mais avançada é a LED, que será utilizada para garantir uma cidade mais iluminada, com segurança para as pessoas”, destacou o prefeito.

A troca das lâmpadas na cidade será possível por meio da contratação de uma PPP (Parceria Público-Privada), promovida pela Prefeitura de Hortolândia, para as ações de modernização da rede de iluminação pública. Em setembro, dois consórcios foram considerados aptos a prosseguir na concorrência para assumir os serviços de monitoramento inteligente, expansão, operação e manutenção dos pontos de iluminação da cidade. De acordo com Perugini, nos próximos dias a contratação será homologada.

As ações de modernização da rede de iluminação pública garantirão eficiência energética e economia aos cofres públicos. Com a medida, a Secretaria de Planejamento Urbano e Gestão Estratégica estima que a Prefeitura reduza em até 50% os custos com iluminação pública. “Hoje, pagamos R$ 600 mil por mês em iluminação pública. Com as lâmpadas de LED, vamos pagar 200 mil. É com esta economia investiremos na troca das lâmpadas”, justificou o prefeito.

Além da troca da iluminação em todas as ruas da cidade, outra ação importante a ser implementada pela PPP é o monitoramento inteligente da rede de iluminação pública, ou telegestão. Este é um dos passos para implantar em Hortolândia o conceito de smart city (cidade inteligente). Por meio de transmissores de dados em cada luminária, este sistema possibilitará, por exemplo, reduzir o nível de luminosidade das lâmpadas nos horários em que há menos fluxo de pessoas nas avenidas e parques, colaborando para a economia de energia. Além disso, será possível monitorar falhas, como lâmpadas queimadas, o que garantirá manutenção mais rápida. 

“Garantir uma cidade mais iluminada gera impactos positivos no trânsito, na segurança pública e também na ocupação dos espaços no período noturno. Com a implantação das ações previstas na PPP, a população terá a oportunidade de utilizar parques e praças bem iluminados, além de ruas e avenidas com melhores condições de tráfego à noite”, destaca o prefeito Angelo Perugini.

Iluminação da área das lagoas do Jd. Amanda

Com o novo sistema de iluminação na área das lagoas do Jd. Amanda, a Prefeitura garante uma área melhor iluminada, com mais segurança para a população aproveitar o espaço para prática de atividades físicas ou lazer, mesmo à noite. Ao todo, são 28 postes decorativos com quatro metros de altura, 54 postes de 12 metros de altura, 24 projetores nas quadras, e 34 projetores de piso.

Os investimentos em iluminação pública fazem parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento) implantado pelo prefeito para incentivar o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. O programa prevê mais de 100 obras e serviços, em diversas áreas. Para estas intervenções, o município conta com apoio de recursos da iniciativa privada e dos governos estadual e federal, sendo que a principal fonte de recursos é um financiamento junto ao banco internacional CAF.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Nossa Cidade

IFSP oferece mais de 180 vagas para cursos técnicos gratuitos, para 2022, no Câmpus Hortolândia

Publicado

em

Inscrições até 14 de novembro; prova presencial acontece em 19 de dezembro

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP) oferece mais de 180 vagas para cursos técnicos no Câmpus Hortolândia. Em todo o estado de São Paulo, são ofertadas 6.080 vagas em 36 câmpus para o primeiro semestre de 2022.

Todos os cursos são gratuitos, sem cobrança de mensalidade. As inscrições estão abertas até o dia 14 de novembro. Para realizar a inscrição, os interessados devem ler atentamente o Edital nº 400/2021, realizar o cadastro, preencher o formulário eletrônico de inscrição e o questionário socioeconômico no Portal do Candidato, por meio do site processoseletivo.ifsp.edu.br.

É necessário pagar uma taxa de R$ 60, para os cursos técnicos integrados, ou de R$ 30, para os técnicos concomitantes ou subsequentes ao ensino médio.  Poderão solicitar isenção da taxa de inscrição, até o dia 21 de outubro, os candidatos que possuírem renda familiar per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo (renda menor ou igual a R$1.650) e tenham cursado o ensino fundamental em escola da rede pública ou com bolsa integral em escola da rede privada.

Neste ano, devido a uma determinação judicial, o IFSP volta a adotar a seleção por meio de provas. O processo seletivo abordará as disciplinas de Português e Matemática e será aplicado, de forma presencial, no dia 19 de dezembro, na mesma cidade, ou município da mesma região, da localização do câmpus escolhido pelo candidato no momento da inscrição.

Confira a relação de vagas ofertadas pelos Câmpus Hortolândia:

Técnico Integrado ao Ensino Médio:
Automação Industrial (35 vagas – período integral diurno)
Informática (37 vagas – período integral diurno)

Mecânica (32 vagas – período integral diurno)

Técnico Concomitante/Subsequente ao Ensino Médio:
Eletroeletrônica (40 vagas – período noturno)

Fabricação Mecânica (40 vagas – período noturno)

O IFSP reserva 50% de suas vagas a estudantes que tenham cursado integralmente o ensino fundamental em escolas públicas. Também têm direito às vagas reservadas candidatos em situação de vulnerabilidade econômica e social, pretos, pardos ou indígenas, e pessoas com deficiência.

Em caso de dúvidas, entre em contato pelo whatsapp: (11) 98781 0008 – somente por mensagem de texto.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Programa “Bolsa Empreendedor” recebe inscrições até este domingo (24/10)

Publicado

em

Programa é promovido pelo Governo do Estado em parceria com a Prefeitura de Hortolândia

A pandemia do Coronavírus causou dificuldades para empreendedores informais. Muitos estão em situação de vulnerabilidade. Para ajudar essas pessoas a retomarem suas atividades, estão abertas as inscrições para o programa “Bolsa Empreendedor”, iniciativa do governo do Estado que conta com o apoio da Prefeitura de Hortolândia.

O programa é para MEIs (Microempreendedores Individuais) e desempregados, com prioridade para mulheres, jovens, populações negra e indígena, e PCDs (pessoas com deficiência). As inscrições devem ser feitas no site do programa, por meio deste LINK. O prazo de inscrição termina neste domingo (24/10). De acordo com o governo estadual, no início de novembro os selecionados para o programa serão comunicados via SMS e e-mail.

O programa oferecerá curso de qualificação empreendedora, formalização para MEIs e bolsa-auxílio de R$ 1.000,00 dividida em duas parcelas de R$ 500,00. 

De acordo com o governo estadual, o curso será ministrado pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), com turmas em novembro e dezembro. O curso terá duração de uma semana, com total de 20 horas. O conteúdo abordará temas como empreendedorismo, ideias para abrir negócios, marketing, finanças e formalização.

Os participantes receberão certificado. As aulas serão ministradas em formatos on-line e presencial. As informações referentes ao curso, como datas, horários, local onde serão ministradas as aulas presenciais, entre outras, serão comunicadas pelo Sebrae aos participantes via SMS e e-mail até a primeira quinzena de novembro.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Mais bairros de Hortolândia recebem Operação Tapa-Buraco

Publicado

em

Ação busca evitar acidentes em vias onde há grande fluxo de veículos e circulação de ônibus, em Hortolândia

Outros seis bairros de Hortolândia receberam, nesta quarta-feira (20/10), a Operação Tapa-Buraco, realizada pela Secretaria de Serviços Urbanos. As equipes da Prefeitura de Hortolândia estiveram na Vila São Pedro, na Vila Real, na Vila Real Santista, Jardim Nova Hortolândia, no Parque Gabriel e no Jardim Everest.

Os trabalhos começaram bem cedo pela Vila São Pedro, onde os servidores fizeram reparo de buraco na Rua João Mendes. Em seguida, a equipe foi à Vila Real, para reparo do pavimento na Avenida Anhanguera. Depois, a ação aconteceu na Rua João Barreto da Silva, na Vila Real Santista; na Rua Frederico Alves da Costa, no Jardim Nova Hortolândia; e também na Rua dos Estudantes, entre o Jd. do Bosque e o Jardim Everest.

Na sexta-feira passada (15/10), a Operação Tapa Buraco passou por bairros da Região Central, seguindo em direção à Vila São Pedro, passado pelas seguintes ruas: Rua Carlos Roberto de Melo, no Parque Gabriel; Rua João Rodrigues Garajaú, no Parque São Miguel; Avenida Thereza Ana Cecon Breda, na Vila São Pedro; e Rua Cecília Pereira da Silva, no Jardim São Felipe.

De acordo com o secretário adjunto de Serviços Urbanos, Marcos Panício, o Mercadão, a Operação Tapa-Buraco é feita, periodicamente, priorizando as principais avenidas da cidade e ruas de circulação de ônibus, depois entrando pelo bairro. “Melhorar as vias significa dar mais segurança a usuários, veículos em geral, ambulâncias e munícipes, evitando acidentes”, afirma ele.

Continue Lendo

Populares