Acompanhamento do índice de Umidade Relativa do Ar ocorre até setembro deste ano

Hortolândia, inicia neste mês o Plano de Contingência para o período de Estiagem. Até o dia 30 de setembro deste ano, serão adotadas medidas de prevenção às queimadas. Além disso, o plano prevê a promoção e recuperação da saúde da população, com base no acompanhamento dos índices de Umidade Relativa do Ar (URA). A ação acontece também em outras cidades da Região Metropolitana de Campinas.

Segundo o coordenador da Defesa Civil, Iluide Carbonero, a prática da queimada é crime e proibida por lei, além de prejudicar a saúde. “Orientamos o munícipe a evitar tal ação pois as queimadas contribuem para a baixa Umidade Relativa do Ar, trazendo danos perigosos a saúde pública”, diz Iluide.

De acordo com a Defesa civil, é essencial que terrenos baldios e sem construção passem por limpeza e manutenção. “Em locais de média e grande extensão, orientamos que seja feita a manutenção e construção, junto às cercas, de aceiros, isto é, espaços limpos, por meio de roçagem e retirada de materiais, que ficam entre a propriedade e a cerca e impedem que fogo se alastre, podendo chegar ao asfalto. Esta medida pode minimizar a ação da queimada, caso ela ocorra na área”, ressalta Iluide. “Tais ações são de extrema importância para a diminuição da prática de queimadas em nosso município”, explica o coordenador.

Em 2014, foram registradas pela Defesa Civil de Hortolândia 259 ocorrências de queimadas no município.

Denúncias

Ao se deparar com queimadas em qualquer área da cidade, os moradores têm agora duas opções para denunciar a ação: a comunidade pode entrar em contato com a Defesa Civil, por meio do telefone 3897-6050, ou diretamente com o Corpo de Bombeiros de Hortolândia, no número 193.

O atendimento da corporação de bombeiros da cidade ocorre 24h por dia. A sede provisória do grupo fica na Rua Luís Arten, nº 43, no Jardim Terras de Santo Antônio.

Artigo anteriorNova Odessa/SP celebra 110 anos com grandes shows
Próximo artigoNatiruts em Americana