Connect with us

Nossa Cidade

Greenbrier Maxion desenvolve projeto de descarte de resíduos sólidos

Publicado

em

A Greenbrier Maxion tem como premissa promover o desenvolvimento empresarial considerando os aspectos econômicos, sociais e ambientais e está engajada em projetos e programas de qualificação profissional, qualidade de vida e preservação ao meio ambiente.


A empresa também investe para melhorar a gestão de resíduos, efluentes líquidos e emissões atmosféricas e, em sua unidade em Hortolândia, no interior de São Paulo, implantou o projeto de redução de resíduos, com coleta seletiva, segregação e gestão de novos produtos e serviços (matérias-primas e seus possíveis subprodutos e resíduos).

O projeto consiste no descarte de resíduos orgânicos para transformação de alimentos para suínos, que tem como objetivo tratar os resíduos com a melhor tecnologia existente, reduzindo o impacto ambiental e combinando com a melhor destinação. Implantado em 2019, tem como foco tratar cada resíduo da saída do processo como um possível matéria-prima de outro processo, denominada “Economia Circular”.

O projeto depende diretamente da eficácia comportamental, engajando e conscientizando os funcionários sobre a importância de descartarem os resíduos do refeitório nos recipientes corretos (coleta seletiva), garantindo assim qualidade do material entregue, sem desvios e sem contaminantes. A participação do nosso fornecedor de refeições foi essencial para a implantação na parte operacional, onde o time da cozinha realiza a separação dos resíduos gerados na preparação e dos remanescentes dos alimentos servidos.

Publicidade

Os resultados Socioambientais são impactantes, desde uma melhor destinação até a eliminação das despesas da empresa para a destinação. Desde a implantação, 151 toneladas de resíduos orgânicos foram transformadas em ração animal, com uma redução de custo de R$ 108 mil que seriam destinados para o aterro. Com essa e outras iniciativas da empresa, o descarte para o aterro industrial passou de 6% em 2018 para 1,65% em 2021, com meta de descarte ZERO para os próximos anos.

Sobre a Greenbrier Maxion

Nascida a partir da união entre as norte-americanas The Greenbrier Companies e Amsted Rail, e da brasileira Iochpe-Maxion, a Greenbrier Maxion, com sede em Hortolândia-SP, é a solução completa e integrada para o setor ferroviário e é considerada a maior operação ferroviária da América do Sul. Possui capacidade de produção acessível e eficiente, com expertise em projetos de vagões de carga, truques, serviços de reforma, adaptação e modernização de vagões e seus componentes.

Sempre atenta às mudanças e ao dinamismo do setor, desenvolve e produz todos os tipos de vagões, com tecnologia diferenciada e design inovador. Os vagões GBMX possuem tara reduzida, maior eficiência, confiabilidade, aumento na capacidade de carga, facilidade nas operações de carga e descarga e na sua manutenção.  Nossos truques ferroviários são produzidos com tecnologia de ponta para garantir o melhor desempenho dinâmico, aumento na vida útil de seus de seus componentes e redução do custo de manutenção.

Publicidade

Outro destaque da Greenbrier Maxion é a linha especializada em serviços ferroviários, que recebe vagões que necessitam de revisão, manutenção, reforma e transformação. Com isso, as operadoras concentram seus esforços no foco principal de seu negócio, diminuindo suas preocupações referentes à manutenção. Saiba mais sobre a Greenbrier Maxion em www.gbmx.com.br.

Nossa Cidade

Livro infantojuvenil “Diário de um banana – Rodrick é o cara” domina preferência dos leitores da Biblioteca Municipal

Publicado

em

Obra ficou em 1º lugar no ranking dos livros mais emprestados em junho; lista também traz os clássicos “Orgulho e preconceito” e “Quincas Borba”

A série infantojuvenil “Diário de um banana” segue no topo da preferência dos leitores cadastrados da Biblioteca Municipal Terezinha França de Mendonça Duarte, órgão da Prefeitura de Hortolândia. O volume “Rodrick é o cara” ficou na 1ª posição do ranking dos livros mais emprestados pela biblioteca, em junho. Outros dois títulos da série também estão na lista: “A verdade nua e crua” (9ª posição) e “Apertem os cintos” (20ª posição). Em junho, a biblioteca registrou um total de 999 empréstimos de livros.

Obras clássicas da literatura também têm atraído os leitores. Prova disso é que a 2ª posição do ranking ficou com o romance “Orgulho e preconceito”, um dos livros mais conhecidos da romancista inglesa Jane Austen. A obra já teve várias adaptações para o cinema. Uma delas é a de 2005, estrelada pela atriz Keira Knightley. Outro clássico literário que aparece no ranking é “Quincas Borba”, um dos títulos mais emblemáticos de Machado de Assis. 

“Embora os títulos da série ‘O diário de um banana’ continuem a ser os mais procurados, os leitores da biblioteca também estão se interessando pelos clássicos das literaturas brasileira e estrangeira e por títulos de outros gêneros literários, como mostra o ranking de junho”, destaca o coordenador da biblioteca, Rafael Antonio da Silva.

Séries literárias consagradas que foram transformadas em franquias cinematográficas igualmente bem sucedidas também continuam a atrair os leitores. Um exemplo é o romance “Jogos Vorazes”, que ficou em 3º lugar no ranking. 

Os best sellers também seguem em alta na biblioteca, com destaque para o romance “Estilhaça-me”, da escritora americana descendente de iranianos, Tahereh Mafi, que ficou na 5ª posição do ranking. 

Obras infantis também são entre as mais procuradas. Um dos destaques é “ Meu atlas pop-up das cidades”, obra que apresenta figuras tridimensionais em papel que se abrem em cada página. 

Outro segmento que tem atraído os leitores são os títulos didáticos. Um dos destaques do ranking é “Não erre mais – Língua portuguesa nas empresas”, que ensina e oferece dicas e orientações sobre como escrever corretamente. 

Consulta na internet

A Biblioteca Municipal Terezinha França de Mendonça Duarte está localizada na rua Luiz Camilo de Camargo, 581, região central, no piso inferior do Open Shopping. O funcionamento é de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h. Vale lembrar que é obrigatório o uso de máscara dentro da biblioteca durante o tempo de permanência no local.

O acervo da biblioteca está disponível para consulta na internet, por meio deste SITE. O acervo tem mais de 17.000 títulos. 

Para estimular o hábito da leitura, a biblioteca várias ações, como “Achei um livro”, “Gostou? Leva pra casa!” e a banca de troca de livros. 

Para mais informações, os usuários e o público podem entrar em contato com a biblioteca pelo telefone (19) 3887-1684, pelo BiblioZap, serviço de atendimento via WhatsApp no número (19) 98970-7332 ou pelo e-mail
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Confira abaixo o ranking dos livros mais emprestados em junho:

Ranking dos livros mais emprestados – Junho de 2022

Biblioteca Municipal Terezinha França de Mendonça Duarte

Título

Autor

Diário de um banana – Rodrick é o cara

Jeff Kinney

Orgulho e preconceito

Jane Austen

Jogos Vorazes

Suzanne Collins

Príncipe mecânico

Cassandra Clare

Estilhaça-me

Tahereh Mafi

A origem dos guardiões – Mundos fantásticos

O jogo do amor ódio

Sally Thorne

É assim que acaba

Colleen Hoover

Diário de um banana – A verdade nua e crua

Jeff Kinney

Obsessão

Maya Banks

Não erre mais – Língua portuguesa nas empresas

Maria Lúcia Elias Valle

O cérebro que se transforma

Norman Doidge

Química – Volume único

Teruko Y. Utimura e Maria Linguanoto

O jeito Disney de encantar os clientes

Disney Institute

Meu atlas pop-up das cidades

Jonathan Litton e Stephen Waterhouse

Quincas Borba

Machado de Assis

Isolados – O enigma

Bibi Tatto

A proposta

Katie Ashley

Os Vingadores – A chegada dos Vingadores e A vingança de Ultron

Kurt Busiek e George Pérez

Diário de um banana – Apertem os cintos

Jeff Kinney

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Rua da ETEC-Hortolândia ganha pavimento novo

Publicado

em

Prefeitura espera concluir serviço em cinco vias do Jardim Santana até sábado (02/07)

A Rua Capitão Lourival Mey, no Jardim Santana, conhecida por ser “a rua da ETEC-Hortolândia (Escola Técnica Estadual/Centro Paula Souza)”, está de pavimento novo. Após remoção da cobertura anterior e fresagem, equipes contratadas pela Prefeitura colocaram, nesta quinta-feira (30/06), a massa asfáltica. O trecho beneficiado vai desde o cruzamento com a Av. Olívio Franceschini até a Luiz Camilo de Camargo. Com isso, a Administração Municipal reforça a segurança viária de quem circula por importantes vias de Hortolândia.

Segundo a Secretaria de Obras, esta é uma das cinco vias que está sendo pavimentada pela Prefeitura no Jardim Santana. O trabalho na região começou no final de semana passado e tem previsão de término para este sábado (02/07). As outras vias atendidas são: Amélia de Camargo Blumer (da Av. Olívio Franceschini até a Euclides Pires de Assis), Wilson Vasco Mazin (da R. Amélia Blumer até a R. Capitão Lourival Mey), Carlos Roberto de Melo (da R. Cap. Lourival Mey até a R. 11) e Rua J (da Mário Léssio até a Av. Olívio Franceschini).

No início deste mês, aconteceram ações de pavimentação asfáltica tanto na Vila Real, em vias no entorno da Av. Thereza Ana, como a Rua Ernesto Bergamasco, quanto no Jd. Santa Rita. Neste último, foi refeito o pavimento de todo o trecho que vai da Rua Paulina Rosa até a Casemiro de Abreu, no entorno da Ponte da Esperança (Estaiada), na área que dá acesso ao Corredor Metropolitano. Além desta, houve pavimentação ainda na própria Av. Thereza Ana Cecon Breda, em trecho na Vila São Pedro, na saída para Sumaré, e na Rua Dr. Leandro Luiz Camargo dos Santos, em frente a agência dos Correios da Praça da Neusa, na Vila São Francisco. 

Desde o final de maio, a Prefeitura vem atuando em 17 frentes, em bairros como Remanso Campineiro, Parque Gabriel e Jardim Santana; Jardim das Colinas, Vila Real e Vila São Pedro; além do Jardim Santa Clara do Lago. Nos próximos meses, o serviço estará concluído, beneficiando toda a cidade.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Limite de velocidade para o tráfego é reduzido em trecho do Corredor Metropolitano, no Jardim Novo Ângulo

Publicado

em

Medida tem o objetivo de evitar acidentes de trânsito na região

Motoristas que trafegam pelo Corredor Metropolitano na avenida Antônio da Costa Santos devem ficar atentos à redução do limite de velocidade para o tráfego de 60 km/h para 50 km/h no trecho da via desde o cruzamento com a avenida Osvaldo de Souza (Posto Ipiranga) até a Estrada Municipal Sabina Baptista de Camargo (Presídio), na região do Jardim Novo  Ângulo. A medida contempla os dois sentidos da avenida e já está em vigor. De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana, o novo limite de velocidade permitida para o tráfego evita acidentes de trânsito.

“O trecho possui radares controladores de velocidade e, mesmo assim, é comum observarmos motoristas trafegando acima do limite de velocidade permitida na via, colocando a própria vida e a vida de terceiros em risco. Pedimos a colaboração da população para respeitar a nova medida adotada pela Prefeitura por mais segurança viária neste trecho do Corredor Metropolitano. A contribuição de todos é necessária para construirmos um trânsito cada vez mais seguro e sem mortes na cidade”, explica o diretor de operações da Secretaria de Mobilidade Urbana, José Eduardo Vasconcellos.

Melhoria dos dados de segurança viária em Hortolândia

As políticas públicas implementadas na cidade reduziram em aproximadamente 70% o número de acidentes de trânsito entre os anos de 2017 e 2021, e a redução de 79% dos acidentes com vítimas fatais nas vias municipais. “Além da redução de 1.265 para 404 acidentes no período que compreende entre estes anos, vale ressaltar que, paralelo ao trabalho para redução de acidentes, Hortolândia desenvolve a malha cicloviária, investe na melhoria do transporte público, nas ações educativas com a população e em diversos temas que abrangem o desenvolvimento da mobilidade urbana”, explica o secretário de Mobilidade Urbana, Atílio André Pereira.

Segundo a Secretaria de Mobilidade Urbana, entre os anos de 2017,  criação da secretaria até 2021, nas vias municipais houve a redução em 70% dos acidentes registrados na cidade. Neste mesmo período, o número de vítimas causadas por colisões no trânsito em ruas e avenidas dentro dos limites do município foi reduzido em 79%. Com isso, a cidade cumpriu a meta estipulada pela ONU (Organizações das Nações Unidas) na “Década de Ação pela Segurança no Trânsito”, regulamentada pela instituição  apontando que até 2030, governos de todo o planeta devem tomar novas medidas para prevenir os acidentes com vítimas.

Conjunto de ações para desenvolvimento da segurança viária

Para salvar vidas no trânsito, são desenvolvidas ações, que vão desde atividades educativas com motoristas e pedestres, reforço na sinalização, até a implantação de semáforos e radares controladores de velocidade, principal medida adotada pela Administração Municipal para a redução de mortes no trânsito. Os dispositivos começaram a funcionar em janeiro de 2019. Além disso, a cidade recebe, periodicamente, um mutirão de Tapa-Buraco em todas as regiões. Outra medida importante é a instalação dos painéis eletrônicos informativos nos portais de entrada e saída da cidade e investimentos na malha cicloviária, que, neste ano chegará a 50 quilômetros de um total de 100 quilômetros que serão implantados.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Populares