A cada dia, a solidariedade gera novos frutos em Hortolândia. Nesta semana, graças à parceria com a sociedade civil, o Funsol-Hortolândia (Fundo Social de Solidariedade) captou mais 109 cestas de alimentos para a Campanha “Hortolândia Solidária: alimente uma vida”, promovida pela Prefeitura. Os gêneros vão auxiliar famílias em vulnerabilidade social, em situação agravada pela pandemia do Coronavírus, no município. 

Lançada oficialmente em abril deste ano, a campanha promove ações e eventos de modo a mobilizar a sociedade civil, igrejas de vários credos, empresas, entidades e associações com vistas à arrecadação de alimentos não-perecíveis. 

Do total arrecadado, 85 caixas vieram do evento de ciclistas “1º Pedal Solidário: Hortolândia e Monte Mor/SP”, 20 da Veccon Imobiliária e quatro da Associação Canaã. Os gêneros são encaminhados ao Banco de Alimentos, órgão da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, para triagem, contagem e posterior doação às famílias.  

“Estamos enfrentando a pandemia juntos para amenizar as dificuldades. Ações como essas nos dão a confiança de que estamos no caminho certo. Gratidão a todos que os contribuíram com nossas campanhas. Quem puder contribuir nos procure no Fundo Social ou vá a um dos pontos de coleta (veja abaixo) e faça sua doação para ajudar a vencer esses tempos difíceis”, convida a primeira-dama e presidente do Funsol-Hortolândia, Maria dos Anjos Assis Barros.

“Hortolândia Solidária”

Os gêneros doados diretamente à campanha, via Funsol-Hortolândia ou outros entes da Prefeitura participantes, são encaminhados ao Banco de Alimentos para triagem e posterior doação a quem mais precisa.

Em dois meses, a campanha “Hortolândia Solidária” já conseguiu levar alimento à mesa de 2.500 famílias em situação de vulnerabilidade social, muito afetadas pela pandemia do Coronavírus. A mobilização arrecadou, neste período, 45,5 toneladas de alimentos, dos quais 36 toneladas de mantimentos já foram distribuídas.

Entre as ações já realizadas está a #ConexãoSolidária, promovida pela EPTV, em parceria com a Administração Municipal. Outra é a campanha “Vacina contra a fome”, em parceria com o Governo do Estado, cujo objetivo é sensibilizar quem será vacinado contra a COVID-19 para que doe alimentos não-perecíveis que compõem a cesta básica.

As doações podem ser entregues nos seguintes locais: 

1.Loja Center Panos, R. Luiz Camilo de Camargo, 640, centro. 

2.Funsol – Rua Benedito Francisco de Faria, 467, Remanso Campineiro

3.Policia Militar 4º Batalhão – Remanso Campineiro   

4.Parque Irmã Dorothy Stang – Rua Maria Benedito Firmino, 415, Jd. N. Sra. de Fátima 

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Artigo anteriorPais e responsáveis devem aguardar chamado da escola para retirar kit de alimentação escolar
Próximo artigoKranium ComVida! A partir do próximo domingo, mais 26 artistas se reúnem para murais de graffiti