Connect with us

Nossa Cidade

Formação auxilia servidores a identificar e prevenir atos suicidas

Publicado

em

Servidores municipais de Hortolândia participam, até maio deste ano, do “Treinamento Sentinela”, formação que visa preparar agentes públicos para identificar e acolher pessoas com comportamento suicida. A capacitação, promovida pelo ProEx (Programa de Extensão) da PUC-Campinas (Pontifícia Universidade Católica), é voltada a servidores da Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social e busca ainda promover uma reflexão sobre o tema, minimizando os preconceitos que permeiam a temática que envolve o comportamento suicida e o próprio suicídio.

Dados da OPAS (Organização Panamericana de Saúde), entidade vinculada à OMS (Organização Mundial da Saúde), mostram o preocupante cenário que envolve o suicídio, atualmente. Segundo a entidade, esta é a segunda principal causa de morte entre jovens com idade entre 15 e 29 anos. Além disso, cerca de 800 mil pessoas morrem por suicídio todos os anos (veja abaixo).

O primeiro encontro de estudos aconteceu nesta sexta-feira (09/04) e reuniu 26 participantes, dentre eles, servidores da Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, lotados no CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) Novo Ângulo e CREAS (Centro de Referência Especializada de Assistência Social); trabalhadores da Saúde, vinculados ao CAPS (Centro de Atenção Psicossocial); do Governo, integrantes do CRAM (Centro de Referência e Atendimento à Mulher) “Debora Regina Leme dos Santos”; bem como professores de escolas estaduais sediadas no município. 

A primeira aula do Treinamento foi ministrada pela Profª Tatiana Slonczewski, da PUC-Campinas, doutora em Psicologia, e pelas extensionistas Isabel Grillo e Juliana Vital, alunas do último ano do curso de Psicologia. Por meio de slides, elas apresentaram a definição do comportamento suicida e a epidemiologia do suicídio. Após explicações, foi realizado um amplo debate sobre o tema.

Em razão da pandemia do Coronavírus, o treinamento ocorre de maneira remota, pela internet, via Googlemeet. Os encontros acontecem às sextas-feiras, durante os meses de abril e maio.

“O comportamento suicida, conforme comprovam os dados da OMS (Organização Mundial da Saúde), tem aumentado a cada dia e a pandemia do Coronavírus está colaborando para o aumento destes casos. Para cada indivíduo que comete este ato, ao menos cinco ou seis pessoas próximas ao falecido sofrem consequências emocionais, sociais e econômicas. Precisamos preparar nossas equipes para acolher, apoiar e conhecer os sinais de alerta de suicídio para ajudar a preveni-lo”, orientou o secretário de Inclusão e Desenvolvimento Social, Francisco Raimundo da Silva.

Confira os dados sobre suicídio apresentados pela OPAS/OMS:

•Cerca de 800 mil pessoas morrem por suicídio todos os anos.

•Para cada suicídio, há muito mais pessoas que tentam o suicídio a cada ano. A tentativa prévia é o fator de risco mais importante para o suicídio na população em geral.

•O suicídio é a segunda principal causa de morte entre jovens com idade entre 15 e 29 anos.

•79% dos suicídios no mundo ocorrem em países de baixa e média renda.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Nossa Cidade

Prefeitura orienta população a fazer o descarte correto de resíduos para evitar acúmulo de lixo em lagoas

Publicado

em

Grade de proteção instalada pela Prefeitura no Observatório Ambiental Parque Escola impediu que resíduos contaminassem a lagoa do local

Com o início da temporada de chuvas, Hortolândia voltou a registrar um problema ambiental, causado pelo descarte irregular de resíduos. Em virtude das chuvas registradas na cidade, neste domingo (17/10) e nesta segunda-feira (18/10), houve acúmulo de lixo e materiais recicláveis na borda da lagoa do Observatório Ambiental Parque Escola (antigo Creape), localizado na rua Bolívia, 290, Jardim Santa Clara do Lago.

O material não se espalhou porque a Prefeitura instalou uma grade de proteção na borda com o objetivo de impedir que resíduos ultrapassem a barreira e contaminem a lagoa. A Prefeitura fez a instalação da grade em fevereiro deste ano. Nesta segunda-feira, estava prevista a retirada dos resíduos presos na grade, ação pelas Secretarias de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e de Serviços Urbanos. No mês passado, a Prefeitura reabriu o Observatório Ambiental Parque Escola, que recebeu diversas melhorias e benfeitorias para que a população possa desfrutar de momentos lazer.

De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, o acúmulo de lixo nas bordas da lagoa acontece porque a população faz o descarte irregular de resíduos e materiais recicláveis, tais como garrafas PET e plástico, em vias públicas. Esse material é arrastado pela chuva, cai na rede subterrânea de águas fluviais e se acumula em diferentes pontos da cidade. Além disso, o descarte irregular de resíduos também pode causar o entupimento da rede de esgoto. 

A Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável reforça a orientação para que a população também faça sua parte e colabore para manter a cidade limpa e evitar esses problemas. Os moradores devem fazer o descarte correto de resíduos e materiais reaproveitáveis nos 11 PEVs (Pontos de Entrega Voluntária de entulho e outros materiais recicláveis) disponíveis na cidade. Em breve, a Prefeitura inaugurará mais dois PEVs. A lista dos PEVs está disponível no site da Prefeitura, por meio deste LINK.

ESGOTO

Outra ação importante que a Prefeitura realiza para manter a limpeza da lagoa do Observatório Ambiental Parque Escola é fazer a fiscalização para coibir o lançamento de esgoto irregular no local. “Nossa equipe de fiscalização está percorrendo as empresas e os comércios da região para verificar as ligações de esgoto. Já a equipe da Secretaria de Serviços Urbanos verifica as ligações das residências para identificar e resolver o problema. Mas infelizmente, por falta de responsabilidade e sensibilização de empreendimentos do entorno, a lagoa acaba sendo afetada. Depende de todos, não só do poder público, para resolvermos esse problema. É necessário que cada um faça sua parte e faça a eliminação dos dejetos na rede de esgoto de forma forma adequada”, alerta a secretária de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável , Eliane Nascimento Oliveira. 

ITINERANTE

Para conscientizar a população sobre a importância de fazer o descarte correto de resíduos, a Prefeitura de Hortolândia realiza o trabalho de educação ambiental itinerante em diferentes regiões da cidade. No sábado (16/10), uma equipe da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável orientou e distribui material explicativo para a população no Parque Socioambiental Chico Mendes, na região central. Na abordagem, os agentes municipais também conversaram com as pessoas sobre a importância de se evitar queimadas e, também, sobre guarda responsável de animais. 

Ainda na ação, dois agentes fantasiados realizaram encenações lúdicas e interagiram com as crianças. O coordenador do Núcleo de Educação Ambiental, Ricardo Zanoni, destacou a receptividade do público infantil. “As crianças se sensibilizaram muito com a questão da guarda responsável de animais. Outro ponto positivo que percebemos foi a pouca quantidade de lixo no parque. É a questão do exemplo. Quando as pessoas vão a um lugar que está limpo, isso as estimula para que não joguem lixo no local”, elogiou Zanoni. De acordo com o coordenador, nas próximas semanas a ação será realizada no Parque Remanso das Águas, Lago da Fé e na praça do Novo Ângulo.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Adolescentes com comorbidades já podem antecipar a 2ª dose contra a COVID-19 a partir desta segunda-feira (18/10)

Publicado

em

A antecipação da 2ª dose também é realizada para o público adulto

Se você é adolescente com comorbidade e já recebeu a 1ª dose da vacina da Pfizer contra a COVID-19 precisa completar sua imunização. A partir desta segunda-feira (18/10), a Prefeitura de Hortolândia antecipa a 2ª dose da vacina para esse público. A antecipação é realizada de acordo com a nova determinação do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde que reduziu o intervalo de 12 para 8 semanas (equivalente a 2 meses, ou 56 dias). A antecipação da 2ª dose a partir desta segunda-feira também é feita para o público adulto que recebeu a 1ª dose da Pfizer.

Para receber a 2ª dose não é necessário fazer agendamento. Basta ir ao local onde recebeu a 1ª dose, levar documento com foto, CPF (Cadastro de Pessoa Física) e o comprovante da 1ª dose. Já os adolescentes com comorbidades devem ir acompanhados de pai, mãe ou responsável. O adolescente também pode receber a 2ª dose desacompanhado. Para isso, ele deve levar o termo de autorização assinado por pai, mãe ou responsável. O termo está disponível nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) ou pode ser baixado no site da Prefeitura, no link para o agendamento.

A Secretaria de Saúde reforça a solicitação às pessoas que ainda não receberam a 2ª dose para que compareçam ao local onde receberam a 1ª dose para completarem a imunização. De acordo com dados da Secretaria de Saúde, 18.189 pessoas estão faltantes com a 2ª dose na cidade. A Secretaria de Saúde salienta às pessoas que é importante completar a imunização para que o município atinja mais rapidamente 100% da população protegida contra a COVID-19 e, assim, agilizar o processo da retomada das atividades presenciais. No sábado, a Prefeitura realizou vacinação contra a COVID-19. De acordo com a Secretaria de Saúde, foram vacinadas 1.456 pessoas, entre 1ª e 2ª doses. 

1ª DOSE

Para receber a 1ª dose, é necessário realizar o agendamento no site da Prefeitura de Hortolândia, por meio deste LINK. No agendamento é indicado o local onde a pessoa deve se dirigir para ser imunizado, levando documento com foto, CPF (Cadastro de Pessoa Física), comprovante de endereço e comprovante do agendamento. Crianças e adolescentes com idade entre 12 e 17 anos devem ir acompanhados de pai, mãe ou responsável no dia da vacinação. Os menores também podem receber a 1ª desacompanhados, desde que levem o termo de autorização assinado por pai, mãe ou responsável. 

3ª DOSE

A vacinação da 3ª dose é oferecida atualmente em Hortolândia para idosos com idade de 60 anos ou mais e pacientes imunossuprimidos. A imunização é feita exclusivamente no CCMI (Centro de Convivência da Melhor Idade) do Remanso Campineiro. É preciso fazer agendamento no site da Prefeitura. 

A Secretaria de Saúde reforça a orientação que os idosos podem receber a 3ª dose somente seis meses após a 2ª dose. No dia da vacinação, os idosos devem levar os comprovantes de vacinação da 1ª e 2ª doses. Caso o idoso tenha sido vacinado com a 1ª ou a 2ª dose fora de Hortolândia, ele deverá apresentar comprovante de residência deste ano e CPF. 

A Secretaria de Saúde ainda salienta que a 3ª dose continua a ser aplicada para imunossuprimidos com idade a partir de 12 anos e profissionais da rede particular de saúde. Esses públicos também devem fazer o agendamento para a 3ª dose no site da Prefeitura. Os imunossuprimidos devem seguir o intervalo de 28 dias entre a 2ª dose e a 3ª dose. No dia da vacinação, os imunossuprimidos devem levar o comprovante da 2ª dose, CPF e comprovante da doença. Já os profissionais da rede particular de saúde devem apresentar algum documento que comprove sua atuação na área.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Terminais da EMTU em Hortolândia e Campinas recebem esta semana o Circuito de Saúde

Publicado

em

Passageiros poderão realizar testes de glicemia e aferir a pressão arterial

O Circuito Campinas de Saúde, parceria entre a EMTU e o Instituto SAUTEC, levará ações de saúde aos passageiros do Terminal Hortolândia nesta terça-feira (19) e ao Terminal Metropolitano Magalhães Teixeira, na próxima sexta-feira (22).

A primeira ação do Circuito na região aconteceu em Americana no dia 09/10, quando foram realizadas 346 aferições de pressão e 231 testes de glicemia.

A iniciativa visa orientar os passageiros sobre prevenção de doenças como diabetes e hipertensão, além de alertar para a importância do diagnóstico precoce em pacientes assintomáticos. Profissionais e estudantes do Instituto SAUTEC vão realizar aferição de pressão arterial e testes de glicemia, esclarecendo também as dúvidas da população e distribuindo materiais informativos sobre as patologias.

Instituto SAUTEC – Escola de cursos na área da saúde, o Sistema de Ensino da SAUTEC une processos de aprendizagem com os mais atuais recursos pedagógicos e tecnológicos.

EMTU – Vinculada à Secretaria dos Transportes Metropolitanos, a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU) é controlada pelo Governo de São Paulo. Fiscaliza e regulamenta o transporte metropolitano de baixa e média capacidade nas cinco regiões metropolitanas do Estado: São Paulo, Campinas, Sorocaba, Baixada Santista e Vale do Paraíba / Litoral Norte. Juntas, as áreas somam 134 municípios.

Serviço

Data: 19/10

Horário: 08h30h às 15h

Local: Terminal Hortolândia

Endereço: Avenida Santana, s/n – Parque Ortolândia – Hortolândia .

Data: 22/10

Horário: 08h30h às 15h

Local: Terminal Prefeito Magalhães Teixeira – Campinas

Endereço: R. Dr. Ricardo, 233 – Centro, Campinas

Continue Lendo

Noticias

Publicidade

Youtube

 

PONTE DA ESPERANÇA

Populares