Em Hortolândia, dois programas municipais voltados à cidadania, ao bem-estar e à qualidade de vida realizam, a partir de agora, uma série de ações interligadas. Na noite desta quinta-feira (06/06), a Prefeitura lançou a ação Educativa do Programa Educação Integral/ Viva Mais, Pais e Comunidade, na Emef Dayla Cristina de Souza Amorim, no Jd. Santiago. Segundo a Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, o objetivo é envolver a comunidade, por meio de um ciclo de roda de conversas que enfatizam, de forma dinâmica e interativa, as 12 diretrizes do Programa Viva Mais (veja abaixo).

O primeiro encontro abordou o tema “Educação como ferramenta de pertencimento” e reuniu 76 pessoas, dentre elas pais, responsáveis, profissionais da Educação e um representante da Câmara Municipal. Eles participaram de dinâmica sobre a educação dos filhos e responderam perguntas como: “Por que sim? Por que não? Que monstros existem?” Entre os monstros do tempo atual surgiram a internet, a televisão, o celular e as drogas.

Os presentes receberam uma cartilha da ação “Comunidade Escolar/Pais” com a listagem das 21 escolas participantes da Educação Integral, as estações de vivência das quais as crianças participam, o que e como aprendem e o que ensinam aos adultos, bem como sugestões de como acompanhar a vida escolar e auxiliar no processo de ensino-aprendizagem dos pequenos. Ao final da dinâmica, receberam certificado de participação.

Outra atividade integrada são as oficinas rotativas com a dupla sertaneja local, Camilla e Ludmilla, realizadas dentro do projeto “E aí, vamos sonhar?”, que também aborda a diretriz da “Educação como ferramenta de pertencimento”. Para a secretária de Educação, Ciência e Tecnologia, Sandra Fagundes Freire, as novas atividades propostas enriquecem ainda mais as ações no âmbito da Educação Integral. “Todas essas atividades têm o objetivo de demonstrar o quanto que a educação integral é dinâmica e diversificada. Ela sempre procura extrapolar os muros da escola, envolvendo a comunidade e as crianças com seus talentos, com seus sonhos, com sua vontade de aprender e sempre demonstrando para a criança que a escola é um centro de produção cultural na comunidade e que estudar pode ser muito divertido e nos faz ser cidadãos diferenciados”, afirma ela.

Educação Integral

Criado pelo governo Angelo Perugini, em 2011, o Programa de Educação Integral foi retomado em 2017. A iniciativa oferece a alunos do Ensino Fundamental a oportunidade de participar de atividades culturais, esportivas, artísticas, de lazer e cidadania, no horário oposto ao do ensino regular, desenvolvendo-se em diferentes dimensões. Para isso, a Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia promove nas escolas participantes estações de vivência em quatro áreas: linguagens artísticas; recreação e lazer; protagonismo juvenil; e orientação de estudos. Atualmente, há 21 escolas participantes do programa, que beneficia 3.500 estudantes municipais.

Viva Mais

O “Programa Viva Mais” tem como objetivo principal promover a melhoria e elevação da qualidade de vida e longevidade da população de Hortolândia, de forma intersetorial por meio da integração de todas as secretarias municipais e sociedade como um todo, levando a execução de ações e projetos em consonância com os fundamentos e pilares do programa.

Sua missão é transformar em ações concretas todos os fundamentos e diretrizes do programa para proporcionar uma vida saudável aos munícipes, atuando com parceria e comprometimento de todos os órgãos da Administração Pública Municipal.

O objetivo é transformar Hortolândia, num horizonte de dez anos, em cidade inteligente e saudável, com pessoas centenárias, felizes, interativas, com excelência na qualidade de vida.

Confira as diretrizes do programa Viva Mais:

1.Educação como ferramenta de pertencimento

2.Atividade Física, Cultural e Lazer

3.Habitação / Moradia Digna

4.Estrutura Familiar e Amizade

5.Alimentação Saudável / Segurança Alimentar

6.Qualidade do Sono

7.Abstinência de Substâncias Nocivas

8.Fé e Confiança

9.Cultura da Paz

10.Segurança

11.Zelo pelo Meio Ambiente

12.Trabalho Prazeroso

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia