A pandemia do Coronavírus tem provocado o aumento de casos de abuso sexual e violência doméstica contra crianças e adolescentes. Para sensibilizar e estimular a população a denunciar tais crimes, a Prefeitura de Hortolândia realizou uma ação no CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) Novo Ângulo, nesta sexta-feira (16/04). Funcionários da unidade e moradores colocaram um varal no lado de fora, onde foram pendurados kits com material explicativo sobre abuso sexual e violência doméstica, além de folha de sulfite e lápis de cor para as crianças.

De acordo com a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, esta ação faz parte do projeto “Vamos proteger nossas crianças”, iniciado em fevereiro deste ano. Em função da pandemia, o projeto tem realizado ações de conscientização sobre o tema nas redes sociais. Ainda de acordo com a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, varais também serão colocados nos demais CRASs do município e em outras unidades da Prefeitura, tais como UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e CCMI (Centro de Convivência da Melhor Idade) Remanso Campineiro.

Conforme os artigos 4º do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e 227 da Constituição Federal de 1988, é dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança e ao adolescente, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária. O ECA ainda garante que crianças e adolescentes devem ser protegidos de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão.

De acordo com a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, as principais violações de direitos contra crianças e adolescentes são exploração econômica (trabalho infantil), negligência, abandono e violências física, sexual-psicológica e institucional.

“Este assunto, que espontaneamente desperta repulsa e emoções intensas, merece atenção para que seja realizado um trabalho de conscientização para que a população ajude a Prefeitura no combate deste tipo de violência. Assim, vamos zelar pela vida de crianças e adolescentes. Infelizmente, a violência contra crianças e adolescentes, que prejudica o desenvolvimento deles, é um fato mais frequente do que as pessoas imaginam. Por isso, todas as formas de conscientização e prevenção são necessárias”, destaca o secretário de Inclusão e Desenvolvimento Social, Francisco Raimundo da Silva.

Em caso de suspeita ou conhecimento de algum ato de violência contra criança ou adolescente, a população pode fazer denúncias por meio dos números 100 ou 180, que funcionam 24 horas todos os dias. O atendimento e o acolhimentos dos CRASs é feito de acordo com os protocolos sanitários que incluem uso obrigatório de máscara, distanciamento para evitar aglomeração.

Confira abaixo os telefones de contato dos CRASs e do Conselho Tutelar: 

–  Conselho Tutelar: 3865-3287 / 3897-2513

– CRAS Amanda: 3909-3642 / 3909-2140 / 99976-1602

– CRAS Central: 3865-1133 / 3897-2519 / 99817-0620

– CRAS Novo Ângulo: 3845-7629 / 3809-1945 / 99910-9085

– CRAS Primavera: 3909-2292 / 3909-0627/ 999761874

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia