18 de maio de 2024
Nossa Cidade

Convênio com estado para instalacao do Corpo de Bombeiros está fechado

Informação foi passada pelo secretário de Segurança, Marcelo Borges, durante Audiência Pública na Câmara

Audiência segurança

Foi firmado entre a Prefeitura e o Governo do Estado de São Paulo novo convênio para a implantação do Corpo de Bombeiros na cidade de Hortolândia. A novidade foi passada pelo secretário de Segurança, Marcelo Borges, durante a Audiência Pública de Segurança realizada na Câmara Municipal de Hortolândia, na segunda-feira (17 de junho).

Borges informou aos presentes que foi feito um novo convênio com a Secretaria de Segurança Pública do Estado, durante reunião realizada no dia 11 de junho em São Paulo. As informações foram passadas após questionamento feito pela professora Vanessa Teixeira Vidal durante a Audiência Pública. No convênio ficou acertado que inicialmente será locada uma área para a instalação dos Bombeiros e depois doado um terreno de 1,6 mil metros quadrados ao Estado para a construção do Posto dos Bombeiros. “Pedimos inclusive a ajuda dos vereadores para aprovarem com rapidez esta doação. O terreno inicialmente será próximo a sede da Guarda. Também conseguimos que o Estado custeie a construção em 90%, sendo que o Município entrará com contrapartida de 10%”, explicou.

O secretário ainda comentou que no novo convênio o Estado ainda entrará com o efetivo, aquisição de viaturas e boa parte dos custeios. Muito diferente do convênio firmado em 2009, onde boa parte dos custos e aquisições ficaria por conta da Prefeitura. “Com esse novo convênio, Hortolândia só tem a ganhar”.

Ainda será realizada uma reunião na sexta-feira (21 de junho) no Corpo de Bombeiros de Campinas para definição da parte técnica, segundo Borges, e as informações serão levadas diretamente à Secretaria de Segurança Pública para a instalação do Posto da cidade.

A informação dada pelo secretário vem de encontro com reivindicação da população e de vereadores de vários mandatos. Muitos parlamentares, ao longo de 12 anos, reivindicaram do Estado e do governo municipal a instalação do Corpo de Bombeiros. “Muitos vereadores pediram explicações e vestiram a camisa sobre esse assunto durante muitos anos. A vinda do Bombeiro ajudará, além da população, as indústrias, que hoje pagam preços exorbitantes para as seguradoras. Nossa cidade só será beneficiada com esta ação”, comentou o presidente da Câmara, Paulo Pereira Filho, o Paulão (PPL).

Audiência Pública

Muitas discussões foram feitas durante a Audiência na Câmara. A população e os vereadores reivindicaram melhorias para a cidade buscando o aumento da segurança. Falou-se sobre Ronda Escolar, Operação Delegada, tráfico de drogas, som alto em carros, entre outros assuntos.

Um dos destaques foi o pedido para investir na educação dos jovens e para palestras com dicas de segurança e sobre drogas. “As pessoas precisam aprender sobre dicas de segurança, principalmente os jovens, que não conhecem os bandidos. Poderiam ser feitas palestras nas escolas e isso poderia diminuir o número de assaltos. A Polícia Militar, a Civil e a Guarda Municipal poderiam ir às escolas e aos grupos sociais ministrar palestras”, comentou o técnico em eletricidade José Raimundo.

Mudanças

Todas as situações apontadas durante a audiência foram anotadas pelas autoridades presentes e serão analisadas e estudadas para que medidas sejam tomadas. O tenente-coronel Antônio Bueno de Oliveira Neto, comandante do 48º Batalhão da Polícia Militar do Interior comentou que para reforçar o policiamento na região serão utilizadas motos. “Estamos recebendo nove motos para reforço policial, para patrulhamento em Hortolândia e Região. E estamos anotando todas as reivindicações para podermos estudar os casos e tomar providências. Temos que investir na parceria entre as Polícias Militar, Civil e a Guarda Municipal para resolver as situações, e estamos fazendo isso”, explicou.

Ainda estiveram presentes no evento os vereadores Adailton Sá (PV), Ananias José Barbosa (PSDB), Clemilda Pereira, a Mida (PT), Edimilson Marcelo Afonso, o Zaca (PSB), Edivaldo Souza Araújo (PSB), Edvan Campos Albuquerque, o Ceará (PMDB), Gervásio Batista Pozza (PT), João Pereira da Silva, o Prof. João Pereira (PR), e Marcos Antonio Panício, o Mercadão (PT). Também compareceram ao evento o delegado titular de Hortolâdia, Luís Antonio Loureiro Nista, o presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de Hortolândia, Luís Leite de Camargo, o capitão Eurípedes Mota Furtado, comandante da 3ª Companhia da PM de Hortolândia, o 1º tenente Guilherme Augusto Cravero, subcomandante da 3ª Companhia, o capitão Valdir Silva Pereira, comandante da 4ª Companhia da PM de Hortolândia, o comandante da Guarda Municipal, Márcio Luiz do Prado, o delegado do 1º Distrito Policial de Hortolândia, Fernando Bueno de Castro, e o delegado do 2º Distrito Policial da cidade, Diego Bini.

Fonte: Câmara Municipal de Hortolândia

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98