Nossa Cidade

Abertas inscrições para novos cursos profissionalizantes do Via Rápida Emprego em Hortolândia

curso

Estão abertas as inscrições para mais seis cursos de qualificação profissional, promovidos pelo Via Rápida Emprego, órgão da Secretaria e Desenvolvimento Econômico do Governo do Estado: “Porteiro e Controlador de Acesso”, “Recepção e Atendimento”, “Assistente Administrativo”, “Assistente Contábil, de Crédito e Cobrança”, “Assistente de Recursos Humanos” e “Informática Básica”. Interessados podem se inscrever, até o dia 30 deste mês, acessando o site do programa: http://www.viarapida.sp.gov.br/. A iniciativa tem o apoio da Prefeitura de Hortolândia.

Segundo a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, em cada formação, há 40 vagas disponíveis, 20 para o período da manhã e 20 para o da noite, com aulas previstas para começar no dia 14 de abril. Todos os cursos serão realizados de maneira remota. Outras informações sobre confirmação de matrícula e similares devem ser obtidas junto ao Via Rápida Emprego.

Para se inscrever, é necessário fazer login ou, se for o primeiro acesso, se cadastrar. A partir daí, basta seguir as instruções disponíveis no portal. De acordo com o site do programa, a novidade é que, agora, os cursos contam com uma bolsa-auxílio de R$ 210,00, disponibilizada pelo Governo de São Paulo (veja abaixo). 

Além destes, agora em março, o Via Rápida Emprego abriu vagas para dois outros cursos no município: “Ajudante de cozinha” e “Almoxarife e estoquista”. Para estes, as inscrições se encerraram no último domingo (14/03).

De acordo com secretário de Inclusão e Desenvolvimento Social, Francisco Raimundo da Silva, durante a pandemia, a equipe da Secretaria de Inclusão se esforça para ofertar todas as possibilidades de enriquecimento pessoal e profissional às pessoas, praticando a resiliência. “O otimismo é o perfume da vida. Por isso, trabalhamos com um novo olhar para esta Secretaria, um olhar emancipatório e, assim, abrimos portas para que as pessoas tenham a oportunidade de abrir novos caminhos. Sabemos de todas as dificuldades e os impactos que o Coronavírus trouxe para a vida das pessoas. Permanecemos empenhados, buscando oportunidades no universo de possibilidades para as famílias da nossa querida Hortolândia”, afirma o secretário.

Sobre o benefício de bolsa-auxílio

De acordo com informações publicadas no site do programa, para ter direito ao bolsa-auxílio, o candidato precisa estar matriculado em cursos do Via Rápida, ser alfabetizado e domiciliado no Estado de São Paulo e ter 16 anos ou mais, estar desempregado e atender aos critérios do curso em que está matriculado. Neste caso específico, segundo a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, é preciso ser morador de Hortolândia.

O candidato selecionado receberá no e-mail convocação para o início do curso. Iniciado a formação, após 10 dias de aulas, cumpridos todos os requisitos da turma em que está inscrito, o aluno está apto a receber o auxílio, segundo informações disponíveis no site do programa. Outras informações sobre o benefício podem ser obtidas no link: http://www.viarapida.sp.gov.br/bolsa-auxilio.

Confira a ementa dos cursos:

“Porteiro e Controlador de Acesso” (60 horas/aula) – “capacitar o aluno para recepcionar e orientar pessoas em portarias, zelando pela segurança pessoal e patrimonial e atuando em condomínios, residenciais e comerciais e empresas públicas e privadas.”

“Recepção e Atendimento” (80 horas/aula) – “capacitar o aluno para orientar o público, prestando-lhe serviços de atendimento ou realizando coleta de informações, intermediando relações entre clientes e prestadores de serviços.”

“Assistente Administrativo” (60 horas/aulas) – “capacitar o aluno para realizar atividades de rotinas administrativas, organização de documentos e apoio logístico no ambiente de trabalho da empresa, de acordo com normas e procedimentos técnicos de qualidade.”

“Assistente Contábil, de crédito e cobrança” (80 horas/aula) – “capacitar o aluno para preparar os documentos necessários à análise de crédito, usando procedimentos cadastrais e noções de análise da capacidade de pagamento dos clientes e executar processos de cobranças de inadimplentes, amigáveis ou judiciais.”

“Assistente de Recursos Humanos” (60 horas/aula) – “capacitar o aluno para executar serviços de apoio nas áreas de recursos humanos.”

“Informática Básica” (100 horas/aula) – “capacitar o aluno para conhecimentos básicos de informática e desenvolver habilidades na aplicação correta do sistema operacional Windows e dos programas que compõem o pacote Office. Esse profissional poderá atuar em diversas áreas seja na indústria ou no comércio.”

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98