Esportes

Natação PCD de Hortolândia conquista 14 medalhas no segundo dia de competição

Emocionados, atletas com deficiência visual se destacam nos Jogos Regionais e conquistam sete medalhas de ouro, cinco pratas e duas bronzes

Equipe natação PCD - Jogos Regionais Itatiba

Emoção, superação e amor ao esporte definem o sentimento dos atletas hortolandenses, com deficiência visual, que subiram ao pódio nos 57º Jogos Regionais de Itatiba. Os atletas da natação PCD (Pessoa com Deficiência) conquistaram para a cidade sete medalhas de ouro, cinco pratas e duas bronzes, na primeira etapa da competição, que começou nesta quinta-feira (4/7) e vai até o dia 13 de julho.

“Quando eu entro na piscina parece que estou em outro mundo. É uma sensação de superação e amor ao esporte. Estou muito feliz em conquistar o primeiro lugar em uma competição tão difícil como esta”, disse emocionado o nadador Ivanício Sodré, 34 anos, que subiu no mais alto do pódio, na classe S11 (classificação visual do atleta), nos 400 metros livre, foi prata nos 100 metros peito, e bronze nos 100 metros borboleta.

Já Caroline Guerreiro, que disputa na classe S7, e foi campeã nos 100 metros livre, ficou com a prata nos 100 metros livre e bronze nos 50, afirma que a felicidade é tão grande que não dá para explicar. “É uma alegria muito grande vencer em primeiro lugar e representar bem a cidade. Estou até sem fala por causa da emoção”, declara Caroline.

O técnico do time, Edvaldo Bueno Oliveira, confessa que os nadadores estão atingindo as expectativas. “Os atletas estão correspondendo com o que nós esperávamos. No ano passado, com uma equipe menor, conseguimos quatro medalhas. Este ano, queremos alcançar 14 medalhas durante a competição. Para isso, treinamos muito”, disse Edvaldo, ao afirmar que os treinos dos atletas acontecem três vezes por semana, duas horas por dia. “É muita garra e vontade dos atletas. As medalhas valorizarm nosso trabalho”, completa o técnico.

As outras medalhas ficaram para os atletas: Bruno Rodrigues, classe S13 (classificação visual do atleta), ouro na categoria 100 metros livre e nos 50 metros livre; Alexandre Debis, classe S13, ouro nos 100 metros costa, 100 metros peito e 400 metros livre; Tiago Silveira, classe S12, foi prata nos 100 metros livre, S12 e bronze nos 100 metros costa; Diego, classe S13, prata nos 50 metros livre.

Força de vontade

O nadador hortolandense Ivanício Sodré perdeu a visão cinco anos atrás e encontrou na natação o amor pelo esporte. “Eu pratico natação já faz quatro anos. Conquistei muitos títulos como por exemplo: vice-campeão brasileiro, fiquei em quarto lugar no mundial, campeão no ano passado da ARN (Associação Regional de Natação)”, comenta o atleta.

Ivanício tem uma inspiração que faz ele multiplicar as braçadas na piscina. “Quando entro na piscina, o primeiro pensamento é nadar para meus filhos. Penso neles a todo momento. É uma inspiração”, afirma o nadador.

Hortolândia começou a disputar a natação PCD em 2011 e, de lá para cá, os atletas alcançaram vários pódios. “É importante estas conquistas para mostrar para as pessoas que não são deficientes que qualquer pessoa pode chegar onde quer, só depende dela mesmo. A fé e a alegria são fundamentais para conquistar melhorias para nossa vida”, declara Ivanício.

Fonte: Assessoria de Comunicação / Prefeitura de Hortolândia

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98