Connect with us

Cursos

Centro Paula Souza já oferece cursos com currículo do Novo Ensino Médio

Publicado

em

etec-hortolandia

Mudanças vêm ocorrendo desde 2018 e relatos nas escolas técnicas mostram alunos e professores entusiasmados e revendo seus papéis

Quem conhece ou estuda no Centro Paula Souza (CPS) já sabe que em 2018 a instituição implantou mudanças no currículo para oferecer a opção do Novo Ensino Médio. Com a homologação do Currículo Paulista, que traz as orientações para a implementação das novas diretrizes em todo o Estado, o CPS iniciou os ajustes finais para adaptar seus cursos à nova modalidade de ensino.

A instituição é uma das pioneiras no novo modelo nacional, que prevê cursos que contemplem a Base Nacional Curricular Comum (BNCC), com 1,8 mil horas, e um dos cinco itinerários formativos, que devem somar 1,2 mil horas. As trilhas de aprendizagem previstas na lei 13.417/17 são Linguagens e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e suas Tecnologias, Ciências Humanas e Sociais Aplicadas e Formação Técnica e Profissional. Cada rede de ensino tem certa liberdade para trabalhar sobre essas diretrizes. O Estado de São Paulo foi o primeiro a aprovar as orientações para suas escolas.

“É uma experiência que nós já tivemos nos anos 1960, 1970, quando tínhamos o curso de magistério, o curso científico”, explica o coordenador dos Ensinos Médio e Técnico do CPS, Almério Melquíades Araújo. “A ideia de flexibilizar e de diversificar a oferta é boa, atende interesses diferentes.”

O CPS já vem se adaptando às mudanças desde 2018. Naquele ano, a instituição passou a oferecer o itinerário formativo voltado à formação técnica e profissional. No ano seguinte, começou a oferta de mais três possibilidades de cursos: ênfase em Ciências Biológicas, Agrárias e da Saúde; ênfase em Ciências Exatas e Engenharias e ênfase em Linguagens, Ciências Humanas e Sociais.

Em 2020, em todo o Estado, já são 135 Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) com turmas em aulas já adaptadas ao Novo Ensino Médio, totalizando 25.339 estudantes nessas modalidades.

A maioria dos cursos oferecidos pelo Paula Souza já têm as três mil horas previstas em lei. Outros ainda vão sofrer acréscimos para atingir a meta de carga horária. “Nós vamos fazer esse incremento a partir dos seguintes eixos estruturantes: alfabetização científica, processos criativos, intervenção social e atitude empreendedora”, conta a diretora de Capacitação Técnica e Pedagógica do CPS, Lucília Guerra.

Mudança de rotina

Nas escolas que já oferecem os cursos adaptados, os relatos são animadores. “Eu recebia telefonemas de pais querendo saber o que estava acontecendo, porque seus filhos passavam muito mais tempo na escola, não queriam voltar para casa”, conta a diretora da Etec Prof. Armando José Farinazzo, de Fernandópolis, Valdete Aparecida Zanini Magalhães. “Sou fã desse novo formato.”

Os estudantes fazem 60% do Ensino Médio com o estudo tradicional de disciplinas e 40% por meio da realização de projetos interdisciplinares, cujos temas são escolhidos pelos próprios alunos.

A professora de língua portuguesa e espanhol da Etec Professora Helcy Moreira Martins Aguiar, de Cafelândia, leciona para uma turma que escolheu o Ensino Médio com ênfase em Linguagens, Ciências Humanas e Sociais. Ela destaca que o formato do curso abre mais espaço para os jovens se expressarem, não ficando apenas tão focados no estudo convencional das matérias. “Eles se abrem e, às vezes, falam na escola o que não conseguem falar em casa. É um espaço muito importante”, afirma.

Interessada em “questionar o mundo e obter respostas”, a jovem Eduarda Pereira Tavares, de 16 anos, decidiu cursar o Médio com ênfase em Linguagens, Ciências Humanas e Sociais na Etec Albert Einstein, na capital, já pensando em fazer a faculdade de Jornalismo daqui a alguns anos.

Ela e os colegas ainda têm um pouco de receio com as mudanças curriculares, temem que a opção por uma área possa significar perda de conteúdo em outras, cobradas no vestibular. Mesmo assim, ela está satisfeita. “Eu amo esse curso, era exatamente o que eu estava buscando.”

Acompanhamento estreito

Para garantir que os cursos tenham a qualidade que é característica da instituição, o planejamento é constante e os professores passam por capacitações periódicas. “O acompanhamento do Centro Paula Souza é bem estreito”, resume a diretora da Etec Albert Einstein, Silvia Petri Dalla Nora. “Esse curso foi uma boa surpresa.”

O diretor da Etec de Cafelândia, Antonio Carlos Ottoboni de Oliveira, também está satisfeito com a implementação da nova modalidade e destaca a mudança na forma de ensinar e aprender. “Não faz mais sentido termos um professor à frente e alunos passivos, decorando coisas”, diz. “Agora, o professor é um guia e o estudante tem muito mais responsabilidade sobre seu aprendizado.”

Cursos

CPAT oferece 5.300 vagas para cursos de qualificação em diversas áreas

Publicado

em

Curso

A Secretaria de Trabalho de Renda, por meio do Centro Público de Apoio ao Trabalhador de Campinas (CPAT), está oferecendo 5300 vagas para cursos de qualificação profissional. Os cursos são feitos em parceria com o Sebrae, Senai, Senac, Embelleze, DG Cursos, Microlins, Faculdade Anhanguera e Softex.

Confira as opções:

Sebrae/Senai/Senac (on-line)

Faça fotos e vídeos incríveis

Vagas: 50

Início: 16 de agosto

Técnico em gestão de oficinas

Vagas: 16

Início: 23 de agosto

Planejamento em tempos de crise (live Descomplique)

Vagas: 50

Data: 23 de agosto

Palestra: como a tecnologia vai mudar as empresas

Vagas: 50

Início: 31 de agosto

Técnicas de vendas (live Descomplique)

Vagas: 100

Data: 31 de agosto

Transforme seguidores em compradores

Vagas: 50

Início: 13 de setembro

Entenda seu cliente e venda mais

Vagas: 30

Início: 19 de agosto

Venda on-line agora mesmo

Vagas: 50

Início: 27 de setembro

Todas as informações sobre o conteúdo dos cursos, horários, local das aulas e inscrição estão no site https://www.sympla.com.br/trabalhoerendacampinas.

Senai (presencial)

Eletricista instalador residencial

Vagas: 24

Carga horária: 160 horas

Início: 15 de agosto

Requisitos – é necessário ter

– 18 anos;

– quarta série do ensino fundamental;

– disponibilidade para participar de encontros presenciais obrigatórios, atividades práticas e avaliativas.

Documentos – Cópias do RG, CPF, comprovante de endereço e escolaridade.

As inscrições devem ser feitas presencialmente no Senai Roberto Mange

Endereço: rua Pastor Cícero Canuto de Lima, 71, São Bernardo. Campinas, SP.

O curso será realizado no Sindivarejista de segunda a quinta-feira, das 8h às 12h. Endereço: rua General Osório, 883. Centro. Campinas, SP.

Programação do curso:

Identificar princípios elétricos

Identificar a energia e suas formas

Identificar grandezas elétricas

Identificar as leis e diretrizes de eletricidade

Medir tensão, resistência e corrente elétrica, utilizando instrumentos específicos

Identificar os sistemas de fornecimentos e distribuição de energia elétrica

Identificar os princípios de organização do trabalho, qualidade e meio ambiente

Identificar as normas técnicas e regulamentadoras

Interpretar projetos elétricos de baixa tensão residenciais

Dimensionar condutores e dispositivos de segurança de redes elétricas

Elaborar cronograma das etapas de serviço

Elaborar orçamento

Interpretar projetos elétricos de baixa tensão residenciais

Instalar dispositivos e componentes elétricos e eletroeletrônicos de iluminação empregados em instalações elétricas de baixa tensão residenciais

Montar circuitos auxiliares segundo projeto

Montar quadros de distribuição, considerando as características do projeto normalizado

Manusear instrumentos e ferramentas típicas da área de instalações elétricas de baixa tensão residenciais

Utilizar equipamentos de proteção individual

Descartar materiais de acordo com normas ambientais

Transportar materiais, considerando normas de segurança, de saúde e recomendações do fabricante

Locar as instalações elétricas a serem executadas

Realizar manutenção em instalações elétricas residenciais

Desenvolver consciência prevencionista em relação a saúde, segurança e meio ambiente;

Trabalhar em equipe;

Demonstrar atenção a detalhes;

Demonstrar organização;

Demonstrar visão sistêmica;

Demonstrar raciocínio analítico;

Demonstrar responsabilidade.

Embelleze (presencial)

Manicure

Vagas: 40

Data: 18 de agosto

Maquiagem

Vagas: 40

Data: 18 de agosto

Escovista

Vagas: 40

Data: 18 de agosto

Todas as informações sobre o conteúdo dos cursos, horários, local das aulas e inscrição estão no site https://www.sympla.com.br/trabalhoerendacampinas.

DG Cursos (presencial)

Cursos de sinais vitais

Vagas: 30

Data: 23 de agosto

Alimentação sonda enteral e cuidados com estomas

Vagas: 30

Data: 24 de agosto

Todas as informações sobre o conteúdo dos cursos, horários, local das aulas e inscrição estão no site https://www.sympla.com.br/trabalhoerendacampinas.

Microlins

São 200 vagas para cada um dos seguintes cursos, todos presenciais:

Farmacologia

Digitação

Atendimento pré-hospitalar

Inglês

Saúde coletiva

Tecnologia da informação

Desenvolvimento profissional

As inscrições devem ser feitas presencialmente na Microlins

Endereço: rua Onze de Agosto, 54. Centro. Campinas, SP.

Horário: de segunda a sexta-feira das 10h às 18h e aos sábados das 10h às 13h.

Apresentar RG, CPF e comprovante de endereço

As datas e horários dos cursos serão informados pela Microlins no momento da inscrição.

Faculdade Anhanguera (on-line)

A Faculdade Anhanguera oferece 2800 vagas para cursos on-line nas áreas de negócios, design e artes, educação, tecnologia, Direito, desenvolvimento pessoal, saúde e meio ambiente. A relação de cursos disponíveis para cada eixo estão no link de inscrição. São 400 vagas abertas para cada eixo.

Eixo Desenvolvimento Pessoal

Eixo Negócios

Eixo Design e Artes

Eixo Educação

Eixo Tecnologia

Eixo Direito

Eixo Saúde e Meio Ambiente

Atenção! Após fazer a inscrição, os interessados devem aguardar um e-mail da Faculdade Anhanguera. O código gerado pela Sympla não é o mesmo do curso.

Todas as informações sobre o conteúdo dos cursos e inscrição estão no site https://www.sympla.com.br/trabalhoerendacampinas.

Softex/Up Skill (on-line)

A Softex/UP Skill, organização social de fomento à transformação digital no Brasil, tem 500 vagas para diversas trilhas em programação de computadores. Os cursos são 100% on-line e gratuitos. Os cursos, realizados na plataforma de e-learning Workover Academy, atendem diversos níveis de conhecimentos, desde um conteúdo básico até as linguagens de programação mais sofisticadas. Ao término de uma jornada de cursos o aluno estará preparado para concorrer a vagas de emprego oferecidos por empresas que inclusive poderão estar disponíveis na própria plataforma.

Jornadas

Business Intelligence (12 cursos)

Cloud Computing – Provedores (7 cursos)

Criando Games (12 cursos)

Data Science (5 cursos)

Atendimento ao cliente balcão (4 cursos)

Desenvolvimento back-end Node.JS (15 cursos)

Desenvolvimento back-end PHP (22 cursos)

Desenvolvimento back-end Python (19 cursos)

Desenvolvimento back-end Ruby (18 cursos)

Desenvolvimento pessoal (3 cursos)

Desenvolvimento back-end Java (20 cursos)

Desenvolvimento e testes (10 cursos)

Desenvolvimento front end (20 cursos)

Desenvolvimento mobile Android (13 cursos)

Desenvolvimento mobile IOS (10 cursos)

DevOps containers (6 cursos)

DevOps infraestrutura (8 cursos)

Internet das coisas (5 cursos)

Machine Learning (5 cursos)

Primeiros passos programador (5 cursos)

Primeiros passos usuário (6 cursos)

Redes Neurais (4 cursos)

Segurança da informação (5 cursos)

Televendas / call center / help desk (5 cursos)

UX/UI (6 cursos)

Webdesign (6 cursos)

Inscrições podem ser feitas no site https://workover.com.br/pmcps.

Continue Lendo

Cursos

50 mil vagas em cursos de qualificação profissional, confira:

Publicado

em

Curso

A Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico está com 50 mil vagas abertas para cursos de qualificação online profissional do Via Rápida.

As inscrições devem ser feitas no site www.cursosviarapida.sp.gov.br 

Com duração de 80 horas, os cursos de qualificação são nas áreas de gestão, idiomas e tecnologia da informação.

Para participar é necessário ser residente do estado de São Paulo e ter 16 anos ou mais. Após realizarem a inscrição, os interessados já podem iniciar o curso. O certificado será entregue aos alunos com ao menos 75% de presença nas aulas.

Os cursos de qualificação são uma ótima oportunidade para que jovens ampliem suas competências e estejam mais bem preparados para o mercado de trabalho.

Veja os cursos disponíveis:

Gestão Administrativa;

Planejamento Empresarial;

Espanhol Básico;

Finanças na Empresa;

Espanhol para recepção;

Auxiliar de controle, produção e estoque;

Gestão de pessoas;

Organização de eventos;

Lógica de programação;

Banco de dados;

Desenvolvimento web;

Desenvolvimento mobile.

Continue Lendo

Cursos

Mais de 750 vagas para jovens de 16 a 25 anos no Instituto Coca-Cola

Publicado

em

coca-cola

O Instituto Coca-Cola abriu nesta segunda-feira, dia 4 de julho, um curso gratuito e 100% digital, do Coletivo Online https://bit.ly/COLETIVOJARDIMLILIZA20221. As aulas são voltadas a jovens de 16 a 25 anos que moram em comunidades urbanas de baixa renda, já concluíram ou estão cursando o Ensino Médio e estão à procura de qualificação para conseguir oportunidades de emprego. São ao todo 765 vagas disponíveis. A iniciativa conta com o apoio da Secretaria Municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos de Campinas.

O formato do programa permite que o jovem faça o curso de qualquer lugar, a qualquer momento, através de seu WhatsApp, aplicativo amplamente utilizado por jovens que podem ter problemas de conectividade.

Segundo Vandecleya Moro, secretária municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos, a iniciativa é uma forma de promover a autonomia dos jovens socialmente vulneráveis. “Essa qualificação certamente contribui para oferecer novas oportunidades”, afirmou.

O conteúdo do Coletivo Online conta com 11 videoaulas curtas e objetivas, focadas em temas do mundo do trabalho, elaboração de um plano de vida, planejamento financeiro, construção de currículo e como se preparar para entrevistas e processos seletivos. Os participantes terão até quatro semanas para assistir às videoaulas e fazer as atividades práticas.

Ao final do curso, poderão receber um certificado de conclusão e se cadastrar nas comunidades de vagas do programa, podendo se candidatar aos processos seletivos de uma rede de parceiros de mais de 400 empregadores. O whatsapp do Coletivo Online é (19) 99460-6828.

Atuação

A iniciativa faz parte da Plataforma Coletivo Jovem, que tem como foco a empregabilidade de jovens de 16 a 25 anos, em situação de vulnerabilidade social. Desde o início de sua implementação, em 2009, a Plataforma, nos formatos presencial e online, já impactou mais de 300 mil jovens em comunidades brasileiras espalhadas por todos os 26 estados do país mais o Distrito Federal, chegando a 1.857 municípios.

Do total de beneficiados, mais de 80 mil tiveram acesso ao mercado de trabalho. A aceleração de iniciativas digitais está conectada ao compromisso do Instituto Coca-Cola Brasil de impactar milhões de jovens na temática de inclusão produtiva como uma das alavancas de transformação e crescimento econômico para o país.

Sobre o Instituto Coca-Cola Brasil

O Instituto Coca-Cola Brasil (ICCB) é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) que, há 23 anos, tem como missão a transformação social em larga escala por meio da articulação de parceiros e da capilaridade do Sistema Coca-Cola Brasil.

Reconhecido por sua tecnologia social e capacidade de escala, assumiu o compromisso público de, até 2030, impactar milhões de jovens através do empoderamento econômico, incluindo intencionalmente as perspectivas de equidade de gênero e raça. Até hoje, o ICCB já beneficiou 518 mil pessoas.

Continue Lendo

Noticias

Populares