Connect with us

Notícias

Carro e moto colidem em cruzamento e uma pessoa fica ferida, em Hortolândia

Publicado

em

Um acidente entre um carro e uma motocicleta deixou uma pessoa ferida, na tarde desta sexta-feira (17), em Hortolândia. Segundo a Polícia Militar, por volta das 9h, os veículos colidiram no cruzamento das Ruas 17 com a Rua 01 do Jardim Terras de Santa Maria. Os dois condutores disseram que, cruzaram as vias, causando a colisão. Perícia vai apurar a real causa do acidente.

O GMAU ( Grupamento Motorizado de Atendimento de Urgência) foi acionado chegando rapidamente, prestando os primeiros atendimentos ao motociclista morador da cidade de São Paulo de 38 anos. Em seguida chegou a viatura do SAMU, que removeu a vítima ao UPA Nova Hortolândia, sem maiores gravidades, apenas com escoriações nas pernas.

A motorista do carro modelo Corsa, prestou todo atendimento à vítima ficando no local  até a remoção da vítima para Unidade de Saúde.

O carro foi removido por Guincho pelo fato do pára choque, parabrisa e radiador terem ficado danificados. A condutora do veículo  não precisou não teve ferimentos.

Por Cézar Henrique

Policial

Chuva arrasta motoboy no São Bento

Publicado

em

sirene policia

Na tarde dessa quarta-feira (27), devido a forte chuva que atingiu Hortolândia, um motoboy foi levado pela enxurrada perto de uma represa localizado no São Bento.

O motoboy tentou passar pela correnteza que se formava pelo local, mas a moto entrou em pane e o mesmo foi arrastado pela enxurrada.

O Corpo de Bombeiro localizou o motoboy em estado gravíssimo e foi encaminhado para o Hospital Mário Covas

Continue Lendo

Nossa Cidade

Censo habitacional em condomínios resultará em ações da Prefeitura para atender crescimento populacional

Publicado

em

HortolandiaPredios

Ajuste no Plano Diretor de Hortolândia possibilitará implantar mais equipamentos públicos, como escolas, unidades de saúde e áreas de lazer
 
Construir uma cidade sustentável, com equipamentos públicos que atendam de forma satisfatória seus moradores. Este é um dos critérios para um município ser considerado cidade inteligente. Com foco neste objetivo, a Prefeitura de Hortolândia iniciou a aplicação de uma pesquisa junto aos empreendimentos habitacionais particulares, implantados em diversos bairros da cidade.

Com base neste censo habitacional, a Administração Municipal terá um diagnóstico da densidade populacional das áreas de condomínios, para que novos serviços públicos sejam implantados para atender esta demanda, como escolas, unidades de saúde e áreas de lazer.
 
De acordo com o secretário adjunto de Planejamento Urbano, Eduardo Marchetti, o censo habitacional nas áreas de condomínios deve ser concluído ainda neste ano. “A apuração inclui informações sobre quantidade de pessoas por residência, idade, se estes moradores têm plano de saúde ou se utilizam a rede pública de saúde, se frequentam escola, se trabalham no município, entre outros dados importantes para o planejamento de ações para atender o crescimento populacional. Com base nestas informações, vamos readequar o Plano Diretor de Hortolândia, estabelecendo novas metas para serem executadas a médio prazo, em cerca de 5 anos”, destacou Marchetti.
 
De acordo com a Secretaria de Planejamento Urbano e Gestão Estratégica, a ação atende as recomendações do Projeto Andus (Apoio à Agenda Nacional de Desenvolvimento Urbano Sustentável). Hortolândia é uma das seis cidades brasileiras participantes do projeto Andus de cooperação entre o governo federal brasileiro e a Alemanha, por meio da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH (Agência de cooperação técnica alemã). A parceria proporciona transferência tecnológica, capacitação de servidores e ferramentas para a implementação do Plano Diretor em Hortolândia, de modo a tornar o município cidade modelo de sustentabilidade.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura repassa recursos para entidades assistenciais do município

Publicado

em

inclusão

Entidades atendem cerca de 900 pessoas em situação de vulnerabilidade social

A pandemia do Coronavírus tem deixado muitas pessoas em situação de vulnerabilidade social. Em Hortolândia, essas pessoas são atendidas por entidades assistenciais, parceiras da Prefeitura. Para ajudá-las a manter suas atividades, a Administração Municipal irá subvencionar 12 organizações sociais do município.

Nesta segunda-feira (25/10), representantes das 12 entidades se reuniram com a Prefeitura para a assinatura dos contratos. O encontrou contou com a presença do secretário de Inclusão e Desenvolvimento Social, Francisco Raimundo da Silva, e do CMAS (Conselho Municipal de Assistência Social).

De acordo com a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, essa subvenção é o repasse anual que a Prefeitura realiza para entidades assistenciais da cidade. Os recursos são provenientes do próprio município. O órgão definiu as entidades que vão receber os recursos.

Segundo a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, as entidades têm o prazo de quatro meses para utilizar os recursos. Posteriormente, devem fazer a prestação de contas para a Prefeitura. As 12 entidades atendem cerca de 900 pessoas em vulnerabilidade social.

Confira abaixo as 12 entidades contempladas com os recursos:

– Instituto Esperançar

– ASBAFE (Associação Batista Fruto da Esperança)

– ABPV (Associação Beneficente Pedra Viva – Centro de Treinamento Integral Moriah)

– Associação dos Patrulheiros e Guarda Mirim de Hortolândia

– Associação Instituto das Irmãs Missionárias da Imaculada Rainha da Paz (Casa Betânia da Paz)

– Associação Casa da Criança Feliz

– CCSP (Centro Comunitário São Pedro)

– Contato Obras Sociais e Educacionais

– IESEHR (Instituto Educacional de Assistência Social dos Evangélicos de Hortolândia e Região)

– Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais Central Brasileira (Núcleo de Crianças “Vinde a Mim”)

– SAH (Sociedade Amigos de Hortolândia)– CCART (Centro de Convivência, Aprendizagem, Reabilitação e Trabalho)

Continue Lendo

Populares