12 de julho de 2024
Campinas

Temporal deixa um morto em campinas

Foto ilustrativa
Foto ilustrativa

Um motociclista de 31 anos é a 1a vítima fatal da chuvarada deste ano na região. Ele morreu após bater numa árvore caída na pista por causa do temporal da noite de anteontem, em Paulínia.
O acidente rolou às 22h40, na Av. Constant Pavan, no bairro Betel, perto da Estrada da Rhodia, que liga a cidade a Campinas. Segundo a Prefeitura, havia sinalização dos galhos com faixa de isolamento. O trecho, porém, estava escuro porque o tronco derrubou também um poste de energia elétrica. Segundo a Defesa Civil de Paulínia, no toró foram registradas 35 quedas de árvores.
O mecânico José Donizetti Rodrigues, 31 anos, morador em Campinas, voltava do trampo quando passou no local sem luz. Ele não enxergou a árvore que travava a pista e bateu a Honda XR 250 nos galhos. O rapaz foi ocorrido pelo Corpo de Bombeiros ao Hospital Municipal de Paulínia, mas morreu devido a uma fratura no pescoço. O enterro será realizado num município perto da cidade natal da vítima, em Botelhos (MG).

Campinas tem chuva de quedas de árvores

O temporal em Campinas ontem e 3a-feira deixou rastro de destruição. Segundo a Defesa Civil, nos 2 dias a cidade teve 35 quedas de árvores, a maioria no distrito de Barão Geraldo. Houve alagamentos no Taquaral, Barão Geraldo e Centro. Os ventos que atingiram a cidade alcançaram uma velocidade de 86,9km/h anteontem e 64km/h na noite de ontem.
Vários pontos estavam sem energia elétrica após 20 horas do 1o toró. O caso mais grave foi de uma padaria na Av. Princesa d’Oeste, que ficou sem luz por 12 horas e perdeu tudo. O preju foi de R$ 30 mil.
FONTE: Jornal Já



Para mais notícias, eventos e empregos, siga-nos no Google News (clique aqui) e fique informado

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98