Neste sábado, dia 27 de março, no segundo dia da operação com barreiras sanitárias em Campinas, os agentes de segurança abordaram 317 veículos. A Guarda Municipal, a Emdec e a Polícia Civil participaram da ação, que teve início às 8 horas.

Foram fiscalizados três pontos: a Rodovia Heitor Penteado, a Avenida Mackenzie e a Avenida Guilherme Campos. As barreiras têm a finalidade de conter a circulação de pessoas de fora da cidade, sobretudo da capital do estado e da Grande São Paulo. Os feriados prolongados nesta região são uma das principais motivações.

Os pontos de bloqueio sanitário serão itinerantes e realizados ao longo do dia. Não serão divulgados previamente detalhes, como pontos onde serão realizados, horários e efetivo, para que o elemento surpresa seja mantido.

Quem for parado na barreira será questionado se o deslocamento é mesmo essencial e orientado a evitar transitar. A finalidade é desestimular que as pessoas saiam de casa e ao mesmo tempo conscientizá-las.

Neste primeiro momento, não haverá penalidades. Profissionais do serviço essencial, como os da saúde, serão liberados com apresentação da identificação funcional.