Vai acontecer netes domingo(30) em Campinas(SP) a 19ª Parada do Orgulho LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros) com concentração, a partir das 12h, no Largo do Rosário.

Quatro trios elétricos desfilam pelas principais vias do Centro, a partir das 15h. O itinerário da Parada LGBT segue pelas vias Francisco Glicério, Dr. Moraes Salles (pista interna), Irmã Serafina (pista interna), Anchieta (pista interna) e Benjamin Constant, retornando à Francisco Glicério e ao Largo do Rosário, onde haverá diversos shows artísticos.

A organização estima a participação de 10 mil pessoas. A previsão é que o evento seja encerrado totalmente por volta das 22h.

TRÂNSITO

A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) vai realizar uma operação especial de trânsito e transporte durante a realização do evento.

As ações operacionais programadas pela Emdec começam na madrugada de domingo, com reserva de vagas em trechos das vias Dr. Campos Sales, General Osório, Barão de Jaguara e Francisco Glicério, nas imediações do Largo do Rosário. A partir das 12h, os trios elétricos ficarão estacionados na Avenida Francisco Glicério.

A partir das 13h, dependendo do número de participantes, ocorre o bloqueio da Avenida Francisco Glicério, entre as vias General Osório e Dr. Campos Sales, interdição que prossegue até o final do evento. Havendo necessidade, também ocorre o bloqueio temporário da Dr. Campos Sales, a partir do cruzamento com a Rua José Paulino. Ao longo do desfile dos trios elétricos, haverá bloqueios momentâneos em trechos de diversas vias no entorno do Largo do Rosário.

Transporte

A realização da Parada LGBT impacta o itinerário de 27 linhas de ônibus que circulam na região do evento, a partir das 13h até o final do evento. As linhas afetadas são: 253; 265; 271; 273; 342; 344; 345; 346; 349; 353; 355; 359; 360; 360.1; 366; 369; 375; 380; 381; 382; 383; 385; 386; 391; 392; 395; e 397.

Cerca de 20 agentes da Mobilidade Urbana da Emdec estarão em campo, para realizar as intervenções viárias necessárias e monitorar os pontos de ônibus afetados pelas alterações. Os profissionais acompanham a evolução do desfile até o encerramento. Também atuam na operação equipes semafóricas e operadores da Divisão de Controle Operacional, que prestam apoio remoto ao evento.