Funcionários em conjunto com a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios, Telégrafos e Similares (Fentect) anunciou que pretendem entrar em greve a partir das 22h desta quarta-feira (31/07/2019).

Os trabalhadores reivindicam reajuste no valor dos salários e afirma ainda que está lutando “pela manutenção de todos os direitos conquistados ao longo de décadas”.

Segundo a categoria a intenção é fazer uma paralisação por tempo indeterminado, e a decisão já foi comunicada ao atual presidente dos Correios, Floriano Peixoto.

No entanto, o vice-presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro Renato de Lacerda Paiva, convocou uma reunião de emergência entre as partes para a quarta à tarde, na tentativa de firmar um acordo entre a empresa e os funcionários.

Artigo anteriorEm 10 anos o Brasil pode liderar produção global de petróleo, diz ANP
Próximo artigoGrupo premiado do Rio faz espetáculo ao ar livre de graça no fim de semana