Connect with us

Brasil

Cartórios de São Paulo registram maior número de divórcios desde 2007

Publicado

em

O estado de São Paulo teve um número recorde de divórcios em 2021, com 18.323 dissoluções de casamento. O número é o maior da série histórica iniciada em 2007. Os dados são do Colégio Notarial do Brasil – Seção São Paulo (CNB/SP), associação que representa os cartórios de notas. Em relação a 2020, houve crescimento de 5%.

Na avaliação da associação, o registro do aumento de casos se deve ao lançamento da plataforma digital e-Notariado, que proporciona um caminho mais rápido de procedimentos para quem quer se divorciar. O sistema foi lançado em meio à pandemia da covid-19, em junho de 2020.

O presidente da CNB/SP, Daniel Paes Almeida, disse, em nota, que a simplificação do processo trouxe celeridade ao procedimento, o qual “pode ser realizado até mesmo no mesmo dia”. Ele não descarta, como um fator que contribuiu para as dissoluções, o fato de que a pandemia “mudou a rotina de convivência dos casais”.

Na divisão por cidades, Santos, no litoral paulista, teve um dos maiores aumentos (27%), passando de 304 escrituras lavradas para 387. Em seguida, está Mogi das Cruzes, com alta de 18%, de 177 divórcios para 208.

Em termos gerais, quando a contagem começou a ser feita, em 2007, eram contabilizadas 4.066 dissoluções de casamento por ano no estado. O número aumentou gradualmente com um salto em 2010, quando passou de 4.468 para 9.377. Houve outro salto no ano seguinte, em 2011, com um total de 13.988. Depois de um período de relativa estabilização, o número voltou a crescer em 2019.

Divórcio online

O CNB/SP lembra que para fazer o divórcio online é necessário que o casal esteja em comum acordo com a decisão e não tenha pendências judiciais com filhos menores ou incapazes. O processo é totalmente digital. O casal comparece a uma videoconferência conduzida pelo tabelião, portando um certificado digital emitido de forma gratuita por um Cartório de Notas.

Os serviços da plataforma também funcionam em celulares. Além disso, as escrituras online não têm custo extra para quem opta por essa modalidade.

fonte ebc

Brasil

Mega-sena acumula e prêmio vai para R$ 65 milhões

Publicado

em

Por

mega-sena

A Mega-sena acumulou e deve pagar mais de R$ 65 milhões no próximo concurso. No sorteio deste sábado(21), ninguém acertou as seis dezenas que foram: 20 34 38 40 49 54.

Já a quinta teve 72 apostas ganhadoras, onde cada uma leva o prêmio de pouco mais de R$ 74 mil. A quadra teve 5.242 acertos com prêmio de R$ 1.462,39.

O próximo concurso, que deve pagar o prêmio de mais de R$ 65 milhões, acontece na quarta-feira(25).

Continue Lendo

Brasil

Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio acumulado em R$ 53 milhões

Publicado

em

Por

mega sena

Apostas podem ser feitas até as 19h

As seis dezenas do concurso 2.483 serão sorteadas, a partir das 20h, no Espaço da Sorte, localizado na Avenida Paulista, nº 750, na cidade de São Paulo.

A Mega-Sena sorteia neste sábado (21) um prêmio acumulado em R$ 53 milhões. As seis dezenas do concurso 2.483 serão sorteadas, a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço da Sorte, localizado na Avenida Paulista, nº 750, na cidade de São Paulo.

O sorteio terá transmissão ao vivo pelas redes sociais das Loterias Caixa, no Facebook e no YouTube.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa, em todo o país ou pela internet. A aposta simples, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50.

De acordo com a Caixa, caso apenas um apostador ganhe o prêmio da faixa principal e aplique todo o valor na poupança, receberá R$ 332,7 mil de rendimento no primeiro mês.

Fonte: Agência Brasil

Continue Lendo

Brasil

Elon Musk está no Brasil e anuncia lançamento da rede Starlink para monitorar a Amazônia

Publicado

em

Por

O bilionário Elon Musk chegou ao Brasil na manhã desta sexta-feira(20) para encontro com o presidente Jair Bolsonaro e outros empresários.

Musk publicou em seu Twitter que está “superanimado por estar no Brasil para o lançamento da Starlink em 19 mil escolas não conectadas em áreas rurais e também para o monitoramento ambiental da Amazônia”

Continue Lendo

Populares