16 de junho de 2024
Eventos

Veículos pré-guerra são um dos destaques do 1º dia do EBAA 2024

carro-pre-guerra

Os primeiros veículos de combate blindados foram desenvolvidos nos primeiros anos do século XX como modelos de carros comuns, de quatro rodas, como o Rolls Royce, revestidos por uma couraça de metal e armados com metralhadoras. É possível ver de perto alguns desses modelos, fabricados até 1941, no 9º Encontro Brasileiro de Autos Antigos (EBAA), maior encontro de

Além de toda infraestrutura já conhecida, a nona edição do EBAA também terá a tradicional premiação dos modelos que mais se destacarem no evento. “Teremos a tão esperada batalha dos construtores, além da premiação do brilho perfeito, leilões, sem contar a presença de lendas do automobilismo nacional, shows e apresentações variadas, além da maior feira de peças, antiguidades e artigos para restauração da América Latina”, diz Junior Abonante, um dos organizadores do evento.

30 anos sem Ayrton Senna

A lancha Pole Position, que pertenceu ao piloto Ayrton Senna, chama a atenção de quem visita o evento. Senna adquiriu a embarcação do estaleiro Cobra em 1986 para a prática de esportes aquáticos. Para isso, personalizou itens a seu gosto, sendo o principal o motor mais potente. A lancha foi usada pelo piloto até o fim de sua vida (1994) e agora pertence ao empresário Danilo Iakimoff, que preservou a configuração da época e se declara um grande fã de Senna.

“Todo o barco é original da época do Senna, inclusive as marcas de arranhões e desgaste de uso. O estofamento e o apito que servia como buzina estão do jeito que ele deixou e é emocionante imaginar cada detalhe que foi tocado, como o volante e o apito”, afirma.

O Pole Position tem 19 pés e um motor de 225 cavalos, mais que o dobro da potência do item de série (90 cavalos). “Como ele praticava esqui aquático, precisava de velocidade para acelerar”, detalha Danilo. O barco pode ser visto no Instagram de Danilo, @ayrtonsennaboat.

No espaço reservado para receber modelos icônicos do Mustang, fabricados entre 1964 e 1994, o movimento é constante. “O Mustang já nasceu com uma proposta diferenciada de se associar a um estilo de vida mais livre e esportivo e o cinema ajudou a popularizar esse aspiracional. Por conta disso, o Mustang é um dos carros mais desejados e existem muitos modelos clássicos no Brasil. Para os proprietários, é uma grande oportunidade de exibir os modelos e fazer networking com outros expositores. Para o público, é a chance de ver de perto alguns dos carros mais famosos do cinema”, disse Junior Abonantecoorganizador do EBAA e proprietário da Relicário Autos Antigos, empresa responsável pela realização do encontro.

O primeiro modelo do Fusca 1600S fabricado no Brasil também está entre as atrações do EBAA. O colecionador Eduardo Agostini Almeida, membro do Clube do Bizorrão, conta que entre 1974 e 1975 foram produzidas 5.675 unidades e eles receberam a numeração respectiva nos chassis. Hoje, estimamos que cerca de 500 modelos do Bizorrão ainda estão circulando e, por isso, celebrar o Jubileu de Ouro é uma oportunidade única para os amantes não só do Fusca, mas de carros antigos em geral.”

O Fusca esportivo foi lançado em 1974 e recebeu adereços exclusivos, motor de 1600 cilindradas de dupla carburação e uma série de melhorias que aumentaram o seu desempenho em comparação aos modelos de linha. Voltado ao público jovem, a publicidade da época chamava o carro de “Bizorrão”, em referência ao Fusca “Besouro” tradicional. A partir de 1975, o esportivo foi descontinuado e o motor 1600 passou a fazer parte da produção do Fusca.

Serviço

9ª Edição do Encontro de Autos Antigos (EBAA)

Local: Praça Adhemar de Barros, Águas de Lindóia (SP)

Data e horário: até 2 de junho, das 8h às 19h

Público: gratuito para visitantes em geral (não precisa de cadastro)

Inscrições: o cadastro de expositores de veículos, veículos à venda ou para quem quer participar da programação social sem levar veículo,  deve ser feito no local 

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98