18 de maio de 2024
Policial

Idoso estaria vivo antes de chegar ao banco no RJ, afirmam testemunhas

Idoso

A polícia segue investigando o caso do idoso que teria sido levado, já morto, pela sua sobrinha, a um banco no Rio de Janeiro, com a intenção de pegar um empréstimo de R$ 17 mil.

Em depoimento, um mototaxista revelou à polícia que o homem ainda estaria respirando e até demonstrava força nas mãos quando foi retirado de sua residência. Já o motorista de aplicativo também confirmou alguns detalhes, como do idoso segurar na maçaneta da porta do veículo.

Relembre o caso do idoso que chegou ao banco, supostamente sem vida, levado por sua sobrinha

Na última terça-feira (16), uma mulher levou seu tio, já idoso, ao banco para pegarem um empréstimo. Porém, os funcionários do banco notaram a situação e acionaram a polícia. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) constatou o óbito momentos depois.

A mulher segue sob custódia e enfrenta acusações de vilipêndio de cadáver e furto.

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98