violência domestica

Os policiais militares foram acionados na tarde de domingo (10), por uma ocorrência de medida protetiva que não foi cumprida, na Rua Assis Brasil, no Jardim Amanda, em Hortolândia (SP).

A vítima de 18 anos relatou que teve um relacionamento por quatro meses com o autor de 21 anos, e que após uma briga o mesmo pegou o celular e não queria devolver, sendo assim ligou para a polícia pela medida protetiva.

O autor não podia se aproximar há menos de 300 metros da vítima, no entanto depois da decisão judicial ambos voltaram a se relacionar.

Após os dois apresentarem as versões, foi dada a voz de prisão em flagrante pela Lei n° 11.340/06 (Lei Maria da Penha), uma vez que desobedeceu a ordem de medida protetiva. Foi recolhido para Cadeia de Sumaré, até a audiência de custódia. O aparelho celular foi devolvido para vítima.

Por: Giovanna Grignoli