Policial

Disparo em condomínio de Hortolândia leva a prisão por porte ilegal de arma

De acordo com o Boletim de Ocorrência, um grave incidente ocorreu na noite de sábado (06) em um condomínio de casas, localizado no Bairro Jardim Santa Rita de Cássia, em Hortolândia/SP. O indiciado pelo crime, foi preso em flagrante delito por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, conforme previsto no Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826/03, Art. 16).

A ocorrência teve início com uma discussão entre o visitante e o morador, momento em que o visitante efetuou um disparo de arma de fogo contra o morador. A arma, uma pistola da marca Taurus, calibre 9MM, foi encontrada no console do automóvel de Ivan, juntamente com 11 munições do mesmo calibre. O indiciado declarou possuir apenas o registro da arma, afirmando que a portava para sua defesa pessoal.

O confronto escalou após uma mensagem via WhatsApp do morador com o indiciado, pedindo um encontro para discussão. Durante o encontro, após uma troca de agressões verbais, o indiciado disparou contra a vítima, atingindo-o no estômago. A mãe da vítima também foi atingida no braço esquerdo durante o incidente.

O vítima moradora da residência foi socorrido em estado grave e encaminhado ao Hospital Samaritano, onde permanece na Unidade de Terapia Intensiva. A mãe da vítima foi levada ao Hospital Unimed de Sumaré-SP, recebendo cuidados médicos por ferimentos no braço.

A Polícia Científica, representada pelo Perito Thiago e o Fotógrafo Mario, foi acionada. Diante das evidências e testemunhos, a autoridade policial determinou a prisão em flagrante do atirador, que agora se encontra à disposição da Justiça.

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98