Connect with us

Policial

Cabeleireira furta casa do sogro e acaba presa por formação de quadrilha

Publicado

em

acusados-de-roubo-jd-sto-antonio

A cabeleireira P. A. R., de 23 anos, foi presa por formação de quadrilha e furto qualificado após, na companhia de três comparsas, furtar a casa do sogro, o mecânico J. S., de 45 anos, no Jardim terras de Santo Antônio, em Hortolândia. Com a quadrilha, a Guarda Civil Municipal ainda apreendeu um revólver calibre 32 e diversas munições, incluindo de uso restrito.

Segundo a GCM, por volta das 9h, a vítima acionou os guardas informando que sua residência havia sido furtada. O mecânico foi alertado pelos vizinhos, que ainda passou para a GCM a informação de que a quadrilha estava em um Kadett.

Após acionar a GCM, o mecânico passou a procurar o veículo dos criminosos, localizando-o na Rodovia Jornalista Francisco Aguirre Proença, SP 101. Logo em seguida, a GCM apareceu e conseguiu deter a quadrilha.

Um adolescente de 16 anos que estava no carro tentou fugir, mas acabou detido. No veículo também estava a cabeleireira, a autônoma E. L. C., de 28 anos, e o operador de produção E. C. Q., de 19 anos, que dirigia o veículo.

Os guardas realizaram uma bsuca no veículo, encontrando um revólver calibre 32, uma sacola com diversas munições, incluindo duas cápsulas deflagradas calibre 38, duas calibre 36, uma cápsula intacta calibre 765, quatro cápsulas calibre 45 e 34 de calibre 32, além de dois coldres.

A vítima reconheceu os produtos que estavam no carro, sendo acessórios, perfumes, ferramentas e materiais de cabelo como sendo de sua propriedade

Os envolvidos receberam voz de prisão em flagrante por furto qualificado e formação de quadrilha, sendo encaminhado para o 1º Distrito Policial de Hortolândia. Após o registro da ocorrência, o operador foi levado para a Cadeia Pública de Sumaré e as mulheres para a Cadeia Feminina de Santa Bárbara d’Oeste. O menor foi apreendido e encaminhado para a Fundação Casa.

Policial

Polícia prende trio em Sumaré por golpes de falsos leilões virtuais

Publicado

em

Na manhã de quinta-feira (14), a Polícia Civil capturou três homens, dois de 20 e um de 54 anos, que integram um núcleo criminoso responsável por aplicar golpes virtuais em todo o Estado de São Paulo. Eles foram encontrados no município de Sumaré.

Os trabalhos foram realizados por agentes da Delegacia de Polícia de Pirapozinho que após cerca de um ano de investigação, apoiada em análises de documentos, oitivas, entre outros métodos investigativos e de inteligência, conseguiram identificar o grupo.

De acordo com o apurado, os suspeitos aplicavam golpes por meio de sites bem elaborados de falsos leilões virtuais. Após registro de uma vítima pirapozense, as equipes locais iniciaram as investigações e conseguiram identificar a localização de alguns suspeitos.

Diante das provas colhidas, foram requisitados mandados de prisão e de busca e apreensão. A solicitação foi prontamente deferida pelo Poder Judiciário, sendo que as atividades para cumprimento das ordens foram desenvolvidas nas cidades de Sumaré e Paulínia.

“A ação foi deflagrada com o objetivo de desmantelar o núcleo criminoso virtual, identificar demais vítimas, responsabilizar os criminosos e reaver os montantes financeiros obtidos através dos golpes”, explicou o delegado Rafael Guerreiro Galvão.

Ao todo, foram empenhados mais de 20 policiais civis do Departamento de Polícia Judiciária do Interior 8 (Deinter 8), responsável por toda a região de Presidente Prudente, e da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) de Campinas.

Como resultado, os três alvos foram capturados e tiveram seus respectivos celulares apreendidos. Os aparelhos foram apreendidos para análise e auxiliarão as próximas etapas da investigação.

Continue Lendo

Policial

Policia prende em Hortolândia um homem e apreende dois menores por roubo de carro

Publicado

em

Na noite de quinta-feira (14), após ser irradiado via COPOM que pela cidade de Monte Mor havia acabado de ocorrer o roubo do veículo Cruze, por três indivíduos, sendo um deles armado de pistola e que na fuga os infratores acabaram abandonando o veículo – GM/Corsa que havia sido utilizado na ação criminosa, pesquisado pelo COPOM tal veículo constou ser produto de roubo por Campinas no dia 04/10/2021.

Equipe que já estava em patrulhamento devido ao atendimento de ocorrência de averiguação de dois indivíduos em atitude suspeita pelo bairro Terras de Santo Antônio, na qual transitavam com uma motocicleta sem placa, momento em que ao encerrar a ocorrência devido a não constatação do fato narrado, iniciamos um patrulhamento com vistas ao veículo supracitado que acabara de ser subtraído, foi quando pela rua Pedrina Oliveira cunha, equipe avistou três indivíduos em atitude suspeita, apresentando uma inquietação anormal ao visualizar a viatura, de imediato foi realizado abordagem policial e em busca pessoal localizou um simulacro de pistola na cintura do indivíduo e com os dois menores nada de ilícito foi localizado, em ato contínuo foi dada voz de prisão em flagrante ao indivíduo e os menores infratores apreendidos, foi realizado o uso de algemas devido ao receio de fuga, com o apoio de várias viaturas foram localizados os veículos GM/Cruze e GM/Corsa abandonado no local do roubo em Monte Mor, posteriormente foi realizado contato com as vítimas para informá-las referente a localização e a importância do comparecimento ao plantão policial para o reconhecimento dos possíveis autores do ilícito.

Diante dos fatos os infratores, veículos e o simulacro de pistola foram apresentados no plantão policial de Hortolândia, onde por lá foi realizado o reconhecimento por parte das vítimas e não restou qualquer tipo de dúvidas que foram os três indivíduos os autores dos roubos, ciente do ocorrido o delegado de plantão elaborou o BOPC de roubo, associação criminosa e corrupção de menores permanecendo à disposição da justiça.

Continue Lendo

Policial

PF prende em Campinas um envolvido no assalto a bancos em Araçatuba

Publicado

em

A Polícia Federal prendeu hoje (14) sete pessoas suspeitas de participação no assalto ocorrido na cidade de Araçatuba, no interior do estado, em agosto. Segundo o órgão, as buscas continuam para a captura de um oitavo suspeito.

Na operação de hoje, a Polícia Federal também cumpriu 24 mandados de busca e apreensão no estado de São Paulo, sendo seis na capital, um em Campinas, um em Águas de Santa Bárbara, três em Mairiporã, três em Osasco, cinco em Guarulhos, dois em Cotia, um em Itapecerica da Serra e dois em Itapevi.

A ação envolveu mais de 100 policiais federais e contou com o apoio da Polícia Militar de São Paulo e do Batalhão de Ações Especiais da Polícia Militar (Baep) de Campinas.

Até o momento, segundo a Polícia Federal, 15 pessoas envolvidas no crime já foram presas e 51 mandados de buscas e apreensões já foram cumpridos desde o assalto. “A Polícia Federal segue empenhada na identificação completa da organização criminosa e seguindo todas as linhas de investigação possíveis”, diz o órgão, em nota.

O assalto

Na madrugada do dia 30 de agosto, um grupo atacou com explosivos duas agências bancárias – uma do Banco do Brasil e outra da Caixa Econômica Federal – em Araçatuba, no interior paulista. Os ladrões também espalharam explosivos por diversos pontos da cidade.

Na fuga, houve troca de tiros com a polícia e reféns foram usados como escudo, colocados sobre o capô dos carros da quadrilha. Na ação, três pessoas morreram e pelo menos outras três ficaram feridas.

fonte ebc

Continue Lendo

Populares