Duas mulheres estão à disposição da Justiça

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa que duas mulheres foram detidas na penitenciária “Odete de Campos Leite Critter”, Hortolândia II, durante o procedimento de revista, no sábado, 29. Agentes penitenciários impediram a entrada de mais de 200 gramas de drogas na unidade prisional.

A primeira apreensão ocorreu quando a companheira de um detento, de 22 anos, passou pelo scanner corporal e agentes penitenciários perceberam, por meio das imagens, que havia irregularidades com a suspeita. Ao ser questionada, no início ela negou que estivesse com ilícitos, mas depois acabou confessando. O material apreendido com ela foi 62 gramas de cocaína e 42 gramas de maconha, que estavam nas partes íntimas.

Logo após, a irmã de um sentenciado, de 23 anos, foi detida com 99 gramas de cocaína, também escondidos nas partes íntimas. A princípio ela também negou que estivesse com algo proibido, mas após passar novamente pelo scanner acabou confessando que pretendia entregar a droga ao irmão.

As duas mulheres foram encaminhadas ao plantão policial, juntamente com os entorpecentes e permanecem à disposição da Justiça. Os encarcerados foram isolados, preventivamente para procedimento disciplinar.

A SAP informa que as pessoas as quais são flagradas tentando entrar nas unidades prisionais com materiais proibidos são suspensos do rol de visitas, temporariamente.