Policial

Adolescente é acusado de abusar de sobrinho de 3 anos

Um adolescente de 14 anos foi acusado de ter abusado sexualmente do sobrinho, de apenas três anos, na residência em que vive no Jardim Amanda, em Hortolândia. De acordo com a mãe da criança, uma vendedora de 25 anos, o menino havia reclamado de dores nas partes íntimas e indicou para a genitora que o tio havia “mexido” em seu ânus.

De acordo com a Polícia Militar, por volta das 16h de quinta-feira, funcionários do Hospital Municipal Mário Covas acionaram os policiais afirmando que uma criança havia sido vítima de estupro.

mario-covas-hospital

Já no local, os policiais foram informados pela mãe do menino que, durante a tarde, a criança haveria reclamado de dores na região do ânus. Preocupada com a situação, a genitora perguntou ao menino se alguém teria feito algo com ele.

De imediato, a criança teria revelado à mãe que o tio, um adolescente de 14 anos, teria mexido em seu ânus. O menor mora com a família na mesma residência que a criança e é irmão da mãe da vítima. Ele será investigado pela Polícia Civil.

Assustada, a vendedora levou o filho até o Hospital, onde a criança passou por atendimento médico e exames médicos. Entretanto, o hospital não confirmou que houve penetração.

A criança foi encaminhada para cuidados no CAISM (Centro de Atendimento Integrado à Saúde da Mulher) da Unicamp (Universidade de Campinas). A vítima passará por exames periciais no IML (Instituto Médico Legal), em Americana.

O caso foi registrado como estupro de vulnerável e será investigado através de inquérito policial no 2º Distrito Policial da cidade. A Polícia Civil não informou quais seriam as atitudes tomadas com o menor, acusado do estupro.

O crime também será acompanhado por membros do Conselho Tutelar de Hortolândia. A reportagem tentou contato com os responsáveis, mas ninguém foi encontrado.

DADOS

De janeiro a julho de 2014, a cidade de Hortolândia registrou 45 ocorrências de estupro, ultrapassando o mesmo período de 2013, que fechou o com 41 crimes sexuais.

Os dados apresentados foram retirados do site da SSP (Secretaria de Segurança Pública) e estão na contramão das outras cidades, que vêm apresentando queda. Em Sumaré, de janeiro a julho foram registradas 9 ocorrência. No mesmo período de 2013, eram 57 casos.

Para mais notícias, eventos e empregos, siga-nos no Google News (clique aqui) e fique informado

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98